(Os Melhores de 2009 - Revisado)

Eu simplesmente achei esse livro SENSACIONAL sem falar Hot. É um livro controverso, pois há quem o ame e há quem o abomine. Eu sou daqueles que gostaram.

Gostei da intriga, do romance. E sim indicaria o livro de olhos fechados, mas isso dependeria do estilo da pessoa.

O marido de Nicole precisa de um herdeiro e como ele não consumou o casamento querer um herdeiro seria algo bem difícil...  a menos que... Nicole passasse a noite com outro homem.

Com essa idéia em mente ele escolhe a dedo Charles de Cressy para que seja o homem a fecundar sua esposa.
Charles sempre fora apaixonado por Nicole e aquela ordem de seu senhor foi uma forma de poder tocar fundo o coração de sua senhora. Após uma noite de amor eles fazem juras de amor... bem, pelo menos eles achavam que viveriam felizes aquele amor. Até que um decreto real leva Charles para a Terra Santa.

Grávida, Nicole espera pelo regresso de Charles. Três anos se passam até que seu amado retorne e depois de inúmeras discussões com marido e o temor de que seu filho escondido seja ferido na contenda ela acaba revelando que Charles estava de volta com um decreto real para tomar Mordeaux e tudo que nele tinha.

Sentindo-se traído, por ser emboscado, Charles mata o marido de Nicole e a obriga a se casar com ele. Descobrindo, então, que a mulher que ele ama não merece seu amor. Nicole tem segredos que Charles não ficara feliz em saber.

Amava-o com todas as fibras de seu ser, mas não podia deixa-lo acreditar que o menino loiro que eles geraram seja filho de seu primeiro marido. Não suportaria vê-lo matar o próprio filho sem acreditar em sua palavra.

Como viver aquele grande amor se os segredos encobrem a felicidade de ambos? Como Nicole provará que é digna da confiança do amado? Seria o amor capaz de vencer os obstáculos e ser o vencedor nesse jogo de segredos e intrigas?

A trama é um tanto intrincada. Muitas pessoas que leem o livro não gostam exatamente pelo fato de Nicole entregar Charles e manter a mentira, mas eu a entendo de certa forma. Ambos morenos com um bebê loiro, com certeza seria um problema, já que na época não existia o estudo da genética. Então eu entendo de certa forma a atitude materna de Nicole, que não pensa em si ou em seu amor, pensa apenas no filho.

O livro é bom. Às vezes dá vontade de bater no Charles, mas a forma como Nikki Donovan fecha a trama é interessante. Eu gostei e indico sim.



Um Soberano Poderoso 
ED. 307 
Clássicos Históricos 
Nova Cultural 

Inglaterra, 1189 

Um homem e uma mulher tentados pelo desejo e arrasados pela traição! 

O poder os uniu. Um decreto do rei os separou. Mas a única noite de intenso prazer que haviam partilhado com lady Nicole não saiu a cabeça de Charles de Cressy. Por três anos esperou para voltar ao Castelo Mordeaux e toma-la como sua para sempre. Ao retornar, é atacado pela guarda de Mordeaux, e todos os sinais apontam para uma traição por parte de Nicole. Agora Charles está dividido entre o desejo e a desconfiança. Porque, apesar de a vitória na batalha lhe ter arantido lady Nicole, ele não tem mais certeza de conhecer a mulher com quem sonhou partilhar a cama... e a vida.

2 Comentários

  1. Pelo enredo acho que vou gostar também.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já vi 3x esse livro... gosto bastante, não consigo entender o porque de tanta gente detestar ele... rsrs

      Excluir