Nenhuma Razão Para Partir

Enfim terminei o meu primeiro livro de 2013. Graças aos céus não estou aqui querendo bater metas de leitura ou ficar falando quando milhões de livros eu já li durante essa semana. Gosto de ler pausadamente, meditar nas informações, nos diálogos e no que o autor queria com aquilo, por isso demorei um certo tempo para terminar de ler Nenhuma Razão para Partir.

Seth Cameron selecionou alguns blogs para que pudesse difundir o seu trabalho no meio literário e agradeço a ele por ter escolhido o meu no mar de opções que ele tem por ai na internet. Ele já publicou anteriormente uma série de contos que intitulou Histórias de Mulheres e resolveu dar uma mudada no estilo escrevendo agora um romance.

Confesso que no inicio o achei um tanto repetitivo e isso acabou fazendo protelar a leitura do livro. Gostei da forma como ele escreve, o linguajar mais apurado te dá um prazer maior em continuar lendo. Infelizmente, pouco sei sobre o autor (vou tentar uma entrevista) e mais infelizmente ainda o livro que vou resenhar nas linhas abaixo é de tiragem reduzida e pessoal e não se encontra a venda.

Gostei realmente do livro, apesar de achar que as tais repetições pudessem ter sido evitadas. Gostei de poder entrar na mente de James, um homem completamente inseguro consigo e cheio de medo das convenções sociais. Hanna, é a avó de James, uma mulher realmente muito sábia e ouso dizer que cometi o sacrilégio de marcar alguns de seus conselhos a lápis para poder meditar posteriormente.

Tudo começa quando James é afastado do time de basquete por uma séria contusão e sai da faculdade de direito. Ele não quer seguir as tradições da família; não quer ser militar; muito menos um advogado como seu pai. Por conta desses medos, seus pais o enviam para o Brasil, para passar alguns meses com a avó materna.

No Brasil, James conhece Abbygail, uma jovem norte americana como ele. Há interesse de ambas as partes, porém o passado negro de Abby afasta os dois e James decide levar a vida como era antes.

Decidido a fazer medicina, ele acaba encontrando na profissão um motivo para esquecer o passado e tentar tocar o futuro como um solteirão convicto. É então que começa a segunda fase de sua vida, já um quarentão ele conhece Maria, e se apaixona por ela. Maria é uma jovem decidida, que não tem medo do que as pessoas possam achar sobre seu relacionamento com James.

Ambos se entregam a esse amor, e James enfim se vê feliz e seguro de que as coisas em sua vida poderiam melhorar, ao menos pensava assim até que Abbygail ressurge das cinzas destruindo todos os sonhos do belo casal. 

Todos estão contra ele e as mentiras que Abbygail conta acaba por afastar James de seus amigos e da mulher que ele ama. Novamente sozinho seus fantasmas voltam a persegui-lo e apenas as sábias palavras de sua avó poderiam fazê-lo entender que o amor está além de nossos medos ou convenções pessoais.

Pela breve resenha dá para notar que o enredo se trata de um drama pessoal. Um homem de meia idade resignado em viver sozinho que encontra o grande amor de sua vida em uma jovem com a metade da sua idade e é levado pelas convenções e hipocrisia social a rever se aquele relacionamento poderia dar certo ou não. 

O livro é bom, realmente Seth escreveu muito bem, mas acho que algumas coisas poderiam ter sido retiradas e que o reencontro do casal poderia ter sido mais trabalhado. 

O reencontro do casal é emocionante, mas eu fiquei com aquela cara de 'é só isso?'. Sei lá, achei que para o tamanho dos medos de James e para todo aquele dramalhão que ele arruma o livro inteiro o autor poderia ter feito algo a mais no reencontro dos dois. 

Fora isso é um bom livro e me levou a repensar muitos dos meus próprios medos em relação aos relacionamentos e a entender, de certa forma, os medos masculinos sobre o amor.

Mais uma vez agradeço ao Seth por ter me presenteado com seu livro e ao contrário da minha ideia inicial, que era de sorteá-lo, vou guardá-lo para mim, pois é um livro que merece outra leitura.



Nenhuma Razão Para Partir
♥ Nenhuma Razão para Partir ♥

Após estrear com o livro de contos para mulheres, desta vez Seth Cameron nos conta uma história de amor. Ambientada nos Estados Unidos e Brasil, Nenhuma Razão Para Partir trata dos encontros e desencontros na vida de James Knight,um médico novaiorquino de sucesso que conheceu o amos somente uma única vez num passado distante enquanto viveu no Brasil. Depois de conhecer Maria uma jovem antropóloga, ele precisará escolher entre ser feliz novamente ou respeitar a ditadura das convenções sociais. 

Um Comentário

  1. Adorei este título. Não conhecia o livro e me interessei pela história. Vou anotar a dica.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir