Série Lobas Selvagens - Conto UM
 Richard começou a respirar mais rápido e forte, fazendo o beijo se aprofundar e exigir ainda mais dela. De maneira inconsciente, Alexis contorceu-se contra o corpo rígido, atormentada pela frustração crescente. O corpo dela estava em chamas. As sensações muito novas mexiam com cada fibra de seu ser. 
Respeite a Lei:
LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. 
(Clique no Link e Conheça a Lei dos Direitos Autorais)

♥ ♥ ♥

Os dias até o baile onde o noivado seria anunciado passaram rapidamente. Alexis encontrava-se com Richard nos eventos, mas tomavam o cuidado de ficarem perto de seus amigos. Afinal, ficarem sozinhos já havia se revelado ser demasiado explosivo e perigoso. 

Lorde e lady Alvord ficaram mais que encantados em anunciar o noivado do Marquês de Delicious e lady Alexis. Todos receberam a notíca com alegria e nenhuma surpresa dado ao comportamento possessivo de lorde Delicious em relação á efusiva e estonteante lady. Naquela noite tudo parecia reluzir. Eles receberam os cumprimentos dos amigos e conhecidos, dançaram, e viram -se em uma animada roda, composta pelas amigas de Alexis e amigos que Richard, alegremente apresentou ás moças. 

Em um determinado momento Alexis sussurrou : 

_ Richard, preciso falar com você. 

_ Acho que não é uma boa idéia. 
_ Você está com medo? 

_Não estou não. Temo por você. Ah, Alexis eu já expliquei. Não sei ficar a sós com você e manter minhas mãos longe de seu corpo tentador. 

_ Mas é importante! 

Ele respirou fundo, e assentindo disse: 

_ Está bem querida. 

Dirigiram-se para um lugar mais reservado do jardim, onde havia um banco. Ela sentou-se e bateu a mão, pedindo que ele sentasse ao seu lado. 

_ Richard, estou muito feliz com nosso noivado. Mas querido,acho bobagem você manter-se afastado de mim! 

 _ Já lhe falei querida! Não é seguro. 

_ Mas sinto sua falta!. 

Ele fitou aqueles olhos brilhantes e estendeu a mão para acariciá-la no rosto. 

_ Eu também carinho. Mas, temo que teremos de nos manter afastados até o nosso casamento! 

_ Afastados? Perdeu o juízo? 

_ Não preciosa, perderei o juízo se ficar assim, perto de você e não poder tocá-la. 

_ Não quero me afastar de você até o casamento! E para demonstrar, enlaçou-o pelo pescoço e puxou para beijá-lo. Ela foi moldando seus lábios nos dele com incrível prazer. _ Sinto falta de seus beijos, querido._ gemeu contra boca de Richard.

_ Quando quiser, é só pedir. 

E logo, Richard começou a respirar mais rápido e forte, fazendo o beijo se aprofundar e exigir ainda mais dela. De maneira inconsciente, Alexis contorceu-se contra o corpo rígido, atormentada pela frustração crescente. O corpo dela estava em chamas. As sensações muito novas mexiam com cada fibra de seu ser. 

E ela estava adorando o contato com aquele corpo musculoso e resistente. Uma das mãos dele foi até o pescoço dela, enquanto a outra desceu até lhe apalpar a cintura. E logo ela estava no colo de Richard. 

O coração de Alexis batia a toda velocidade. Ele estava sugando toda sua lucidez, porque cautela, bem, ela nunca teve! A língua dela acariciava a dele, enquanto os dedos dele exploravam a textura dos cabelos de Alexis. Seus dedos desceram, roçando o pescoço esguio dela, hesitando uma fração de segundos, antes de continuarem, chegando a curva suave dos seios. Ela lhe parecia tão macia, tão incrivelmente gostosa de apertar contra si. E ai ele esqueceu completamente que tinha pensado em agir como um cavalheiro e manter as mãos longe dela. 

A boca de Richard passou para o lado do pescoço dela, e aquele hálito quente e mentolado e sensual aqueceu -lhe a orelha enquanto sua língua a confundia e deliciava. Ele foi beijando o pescoço ate´chegar aos seios e, Alexis não encontrou forças para impedi-lo. Sentia-se como se flutuasse nos seus braços , totalmente segura e protegida. 

_ Alexis, minha preciosa, você é tão deliciosa..._ sussurrou Richard, a voz rouca de desejo._ Tão macia, feita para o amor. _ Sua língua circundava o mamilo de um dos seios dela, enquanto a outra mão acariciava o outro seio... 

Alexis contorcia-se nos braços dele, tentando evitar aquela deliciosa tortura, mas ao mesmo tempo agarrava-se aos ombros dele, numa súplica muda para que ele não parasse. 

_ Fique quietinha querida._ sussurrou Richard prendendo-lhe o mamilo entre os lábios. 

Quando começou a sugá-lo, e sua língua a roçar a pele sensível da extremidade do bico do seio, Alexis pensou que fosse enlouquecer de tanto prazer. 

_ Quero você Alexis! Agora! Oh Deus!, preciso ter você agora!

_ Acho que estou morrendo! - gemeu nossa despudorada e lasciva lady._ Aliás, morrer não. Se eu morrer não poderei desfrutar!Oh delicía!!!!!!!!!!!! 

_ Alexis!!!!!!! Lorde Delicious!!!!!? Onde estão?????????? 

_ Oh céus! È Dannielle! Oh, Richard, o que faremos? 

_ Meu Deus Alexis, acho que teremos de apresar o casamento, ou então nossa lua-de-mel será antes de proferirmos os votos! 

_ Apressar o casamento é? Adorei essa idéia 

_ Ah, minha querida loba selvagem! Quando nos casarmos vou levá-la para minha propriedade no campo... _ E ficaremos durante uma semana trancados no quarto? 

_ Por Deus mulher, perdeu o juízo? Assim vão dizer que sou um bruto selvagem e você ficará muitos dias sem poder andar. 

_ Sabe Richard, perdi completamente o juízo e você é o culpado. Aliás você faz juz ao seu nome. 

_ O que tem meu nome? 

_ Delicious... Você é mesmo uma delicia e eu ainda nem terminei de provar. 

_ Você me diverte minha querida. Agora venha, deixe- me ajudá-la com suas roupas. Sua amiga se aproxima. 

Richard ajudou Alexis a se recompor, mas ela continuava com aparência suspeita: lábios vermelhos e inchados, descabelada e com o vestido amarfanhado.Saíram do jardim em direção Dannielle. 

_ Te falei que você levava jeito para o estudo da biologia, Alexis?kkk

_ O quê? indagou nosso frustrado lorde.

_ Nada querido. A Dannielle gosta de brincar.

_ Não tanto quanto você amiga. Mas tudo bem.

_ Do que vocês estão falando afinal?

_ Biologia milorde. Sabe? O estudo do corpo humanos e suas funções, dos sentidos.... sensações... por exemplo, o paladar para degustar... o tato para apalpar, quero dizer, sentir....

_ Milady pretende estudar Medicina? perguntou o já confuso e horrorizado lorde.

_ Milorde sabe que não é permitido as mulheres tal tipo de instrução. È apenas um...

_ Uma brincadeira querido, já falei, - interrompeu Alexis sabendo aonde aquelas conversas de Dannielle iriam terminar._ Ela brinca com isso a todo momento.

_ A única que estava brincando aqui era você. E parece que a brincadeira foi muito boa. - Retrucou a enigmática Dannielle.

Alexis engasgou com esse comentário não muito discreto de sua amiga, e lorde Delicious tentou disfarçar o sorriso forçando uma tosse.

_ Dannielle, o que houve, que você veio nos procurar?

_ Ah é, com toda essa... diversão_ falou olhando para o desconfiado casal_ Ee explanação sobre... degustar e apalpar acabei esquecendo. Lorde Delicious sua mãe acabou de chegar e está a sua procura.

_ Oh Senhor! Esqueci de minha mãe!

_ Parece que não anda coma cabeça nos lugares corretos, hein milorde?

 _ O quê?

_ Nada importante. Só estava divagando. Apressaram -se a chegar ao salão, onde lady Rosalyn Monforth, Marquesa de Delicious se encontrava acompanhada de sua inseparável amiga, lady Rosa Winthrop.

♥ ♥ ♥

_ Querido, querido, querido, venha dar um beijo em sua mamãe!

_ Olá mamãe. Como vai?

_ Estou ótima! respondeu lady Delicious e sussurrou para filho_ Que história é essa de noivado e casamento? Você nem se deu ao trabalho de avisar sua pobre mãezinha. Fiquei sabendo por lady Fountaine, aquela fofoqueira maliciosa. Imagine, meu filho noivo e a fofoqueira-mor é quem me dar as noticías. Irias esperar quando eu fosse tataravó para me avisar?

_ Oh mamãe, pelo amor de Deus! A senhora estava na Escócia! E sabe como é nosso sistema de correios!Lady Winthrop, como vai?

_ Estou ótima Richard! Meus cumprimentos pelo noivado. Ah, que romântico! Um casamento no auge da temporada! com certeza foi amor á primeira vista! Eu sempre soube que um rapaz preciosos e espetaculoso como você irias encontrar sua alma gêmea! _ Rosa Winthrop você é uma romântica incorrigível!

_ Fazer o que, querida? O amor me fascina! Além do mais, sou assim! E o ar da Escócia me inspira! Vejo tudo mais brilhante! Mais bonito! Tenho mais disposição para as coisas...

_ Percebo que os ares da Escócia lhe fizeram muito bem milady! Acaso é recomendado também me casos de enfermidades?

_ Não seja patético Richard! Os ares da Escócia que nos inspira são os escoceses fortões, com aquele sotaque arrastado! Ai como desejava ver um trajando um kilt!

_ Mamãe! Comporte-se!

_ Ora, ora, meu querido, sou sua mãe, mas também sou mulher e... tenho certas necessidades, sabe?... Richard arregalou os olhos diante das palavras chocantes de sua mãe. E a marquesa continuou como se ele não fizesse nada. _ ... Sou jovem, bonita e saudável...

_ Não disse palavras em contrário a isso_ mencionou Richard, mas a marquesa continuou implacável em seu discurso.

_ ... E se quiser, posso muito bem ser uma femme fatale! Deixe só eu encontra um escocês do meu agrado!

_ Contanto que você não se engrace pelo meu Wolf_ sussurrou lady Winthrop.

_ O MacKenzie, hein? Sabia que você estava frequentando demais aquela montanha.

_ Só ia cavalgar!

_ Ele te agrada hein amiga?

_ Na verdade, ele está me cortejando

_ Que maravilha! Estou feliz querida!

_ Serei convidado para as bodas lady Winthrop?

_ Logicamente Richard. Permitirei que me conduza pela nave nupcial, até meu futuro marido.

_ Sim, sim, sim. Entendemos. E quero que me apresente ao irmão dele, aquele tipão. Não são como esses lordes cheio de rapapés.Mas, vamos ao que interessa: Onde está sua noiva? Vamos, nos apresente.

_ Claro, deixe-me buscá-la.

Richard afastou-se a passos largos para ir buscar sua noiva, que ficou com as amigas na sala das damas tentando melhorara aparência. Quando retornaram ele fez as devidas apresentações. Lady Delicious sussurrou para o filho:

_Querido, fale a verdade pra sua mamãe: Ela está grávida?

_ Claro que não. - responde Richard, engasgando e muito ofendido por sua mãe sugerir tal coisa.

_ Oh, não falei?_ devaneou lady Winthrop_ È um casamento por amor! Dá pra ver no brilho desses belos olhos! Ai que romantico!

_ Então você conquistou meu biscoitinho, hein danada?

_ Mamãe, pelo amor de Deus! Esse apelido infame que a senhora insiste para me iritar não! Alexis e lady Winthrop riram.

Lady Delicious era muito expansiva e divertida.

_ Está bem desmancha prazeres. Richard, você esta muito rabugento hoje. Mas, diga-me queridinha_ falou a marquesa voltando-se para sua futura nora._ Será uma boa esposa para o meu amado menino?

_ Certamente milady.

_ Fico aliviada. Meu querido menino carece de alegria e leveza. Sabe como são essas coisas de ser o herdeiro de um título nobiliárquico. Desde pequeno foi treinado para assumir o título de Marquês de Delicious, e Deus sabe que meu falecido marido, que descanse em paz, não lhe dava sossego. Meu garotinho cresceu muito solitário.

_ Mamãe...

_ O que posso fazer querido? Seu pai era muito enfadonho, felizmente ele se amimava completamente quando a questão era providenciar a descendencia. E como era animado. E apesar dos pesares, foi um delicia o modo como ele me fez concebê-lo. ainda me lembro daquele dia em que...

_ Oh Senhor, preciso de uma bebida_ gemeu Richard, enquanto Alexis e lady Winthrop riam até chorar. _ Ah, cale-se e deixe de frescura Richard. Até parece que você é um monje. - a marquesa voltou-se novamente para Alexis. - Por isso querida, é preciso uma mulher forte e carinhosa que ame e tome conta de meu precioso tesouro. Mas você está um tanto quanto amarfanhada, querida _sussurrou a marquesa._ Sim, acho que cuidará muito bem de meu filho e sou capaz de jurar que já andou cuidando, kkkkkk

Alexis corou de vergonha e Richard engasgou.

_ Acho que agora entendi o motivo do mal humor dele, kkkkk, oh Rosa, minha querida ,isso é puro desejo reprimido.

_ Com licença._Richard falou entredentes enquanto afastava sua noiva de sua carinhosa e escandalosa mãe.

_ Rosallyn, as vezes você me assusta. Você deixou seu filho envergonhado diante da noiva.

_ Báh! Aposto como se eles pudessem, esqueciam dos votos e pulavam logo para a lua-de-mel. E não me recrimine, você sabe muito bem como é. E se não souber, aquele seu escocês vai te mostrar, kkk. Venha querida, acabei de ver a condessa de Dale. Vamos cumprimentar nossa querida menina.

Assim que se afastaram, Alexis gargalhou. Richard estava contrariado com sua mãe e com os eventos anteriores a conversa com ela, mas não pôde evitar acompanhar sua noiva nas risadas. Ainda bem quem as damas tinham seus acesórios, qeu poderiam ser muito bem usados em uma emergência. Ela usou o leque para abafar suas risadas e evitar chamar demasiada atenção. Já passara por situações constrangedores demais para uma noite.


_ O que é tão engraçado? perguntou Izidora.

_ Nada. Vamos beber algo para nos refrescar.- convocou Alexis. E dirigiram-se para a mesa onde ficavam as bebidas.

♥ ♥ ♥

Os preparativos para o iminente casamento estavam a todo o vapor! E Alexis á beira do colapso com os infinitos detalhes!

_ Oh, Deus! tudo o quero é me casar! Por que tenho de me preocupar com essas coisas?

_ Oh, minha querida, essas coisas são necessárias._consolou Izidora.

_ Afinal, não é todo o dia que um marquês se casa!

_ Verdade, é preciso que tudo ocorra de forma perfeita. _ Aparteou lady Annalise de Knigth, condessa de Pleasure e amiga íntima da marquesa mãe. _ Fico só imaginando quando meu querido Graydon resolver se casar.. _Ainda solteiro o Gray, hein?- maliciou lady Delicious.

_ Mas Rosallyn, você sabe como é meu filho, sempre concentrado em suas pesquisas e projetos. As vezes se esquece que é um lorde.

 _ Tenho pena da dama que ele escolher.

_ Eu estou encantada com todo esse clima de romance...._ lady Rosa Winthrop suspirou!_ Tão romântico! Tão romântico!....

_ Queridinha, não se esqueça que madamme Dubock virá mais tarde para tirar as medias do vestido, _ avisou a marquesa mãe.

_ Oh céus, não terá fim este suplício? gemeu Alexis.

_ Mas vai valer a pena cada sacrificio minha querida_ consolou lady Knigth._ Imagine a cara espantada do Richard quando a avistar esplendorosa avançando em sua direção!

_ Eu acho que a Alexis está apressadinha para começar a lua-de-mel! - alfinetou Dannielle.

_ Ai queridinha, pelo que a Rosallyn aqui me falou, ela já teve um gostinho das delícias que lhe esperam! - as mulheres riram uma mortificada Alexis queria cavar um buraco no chão e se enterrar! Não podia acreditar que a marquesa tenha especulado sobre aquilo com lady Knigth! Mas, era bem feito pra ela! como pôde ser tão descuidada e andar pelos cantos se atracando com o delicioso noivo?

_ Não fique envergonhada querida. Rosally e eu somo amigas há muitos anos e não temos segredos. Prometo que o que falarmos aqui, morre aqui.

 _ Alexis amiga, você conseguiu uma dupla de peso para te apoiar!- exclamou Mandy.

Elas gargalharam descontraindo o ambiente constrangedor, e em seguida veio o chá. Momentos depois o mordomo veio anunciar a chegada de lady Raíssa Skasgard, duquesa de Northman.

_Oh querida, que bom que você pôde vir!Precisava de sua ajuda e criatividade apra um evento dessa magnitude! A marquesa mãe aproximou-se da jovem duquesa com as duas mãos estendidas, um sinal de caloroso afeto.

_ Imagine se poderia recusar ajuda nessa ocasião! Estou á sua inteira disposição!

_Venha, deixe-me apresentá-la as meninas! Feitas as apresentações, aquele grupo feminino deu início a uma animada conversa, mencionando detalhes, acrescentando pessoas a lista de convidados....

_ Lady Rosallyn, lady Alexis... faço questão de recepcionar o casamento em minha casa de campo! Alex concorda com a idéia! Aliás a idéia foi inteiramente dele, visto que considera muitíssimo! Poderemos hospedar os convidados, que serão entretidos de várias maneiras após a saída dos noivos!

_ Acho a sugestão excelente! E você queridinha? O que acha?

_ Eu adoraria lady Northman.

_Oh, por favor, me chame de Raíssa!

_ Aproveitando, Alexis quero que me chame de Rosallyn! Afinal agora somos da mesma família! E abraçou afetuosamente nossa efusiva e ansiosa lady.

Passaram uma tarde agradável, que foi sucedida por inúmeras outras. Lady Raíssa tornou-se imprescindível em suas observações e sugestões. Tudo estava pronto para o momentoso dia e os noivos foram devidamente afastados um do outro e vigiados constantemente, inclusive á noite! Afinal.... nunca se poderia saber..

Um conto de:




Continua...
Postado por:

Um Comentário