book cover of 

Moonlight on Water 

 (Haven, book 2)

by

Jo Ann FergusonCom toda certeza esse foi a minha maior decepção com Jo Ann Ferguson, na época esse foi o meu primeiro livro dela e ai que ódio! Hoje já leio muitos livros dela, já tive outras decepções, mas não deixo de ler essa autora.

Se não bastasse Luar do Amantes é o segundo livro da trilogia chamanda, originalmente de Haven, o nome da cidade em que se passa as três estórias.Os outros livros são:
  1. (Twice Blessed) editado como Segredos do Coração na série Clássicos Históricos - Ed 288;
  2. E After the Storm que não foi traduzido nem editado no Brasil.
Bem... O livro tinha tudo para ser fofo, mas essa coisa de uma estória que se passa em um único lugar, com as mesmas 4 ou 5 pessoas, em uma trama trabalhada ou um drama realmente convincente não me agrada.

Wyatt atraca um barco velho caindo aos pedaços no cais de Haven, sem um puto de um tostão no bolso e tem idéias de reformar a tranqueira que ele chama de barco até uma bela menininha ruiva aparecer por lá seguida de uma mãe adotiva não muito afim de fazer amizade. 

Rachel por outro lado é solteira, sozinha e cria Kitty. As pessoas da pequena cidade já tem muito o que falar dela e com a amizade com Wyatt não vai ajudar muito, mas ela é incapaz de proibir Kitty de se envolver com os novos amigos, seu medo é perder o coração para o jovem forasteiro.

A estória é basicamente essa, ele chega, a menina entra no barco, eles brigam e vc fica mais de duzentas páginas enfiada dentro de um barco com as mesmas pessoas sempre. Com umas picuinhas bestas que a Rachel inventa sobre honra e esse blá blá blá... Céus!Ela já é falada na cidade! Enfim... Esse só durou tempo o suficiente para eu ler e já foi dessa para melhor.


Luar dos Amantes Luar dos Amantes
Clássicos Históricos - Ed: 291
Nova Cultural

Estados Unidos, 1876 

Ele segue as estrelas... E ela, o coração! 

Quando Wyatt Colton atracou seu barco no cais da vila de Haven, em Indiana, esperava ficar ali apenas até consertar a embarcação. nada poderia ser mais simples do que isso... mas uma garotinha chamada Kitty se sentiu cativada por ele e pelo barco. Rachel Browning, a mãe adotiva da menina, ia toda hora buscá-la no Ohio Star, o que não deixava Wyatt nem um pouco aborrecido. Pelo contrário. Em pouco tempo, mais do que fazer os reparos na embarcação, ele queria seduzir a bela Rachel! Mas sabia que a proposta de torná-la sua amante não seria suficiente para Rachel, e el não era homem de assumir longos compromissos, família e um endereço fixo... 


Deixe um comentário