book cover of 

Lord Yates and the Yankee 

by

Joy ReedBem, esse é bem controverso. Vi muitas criticas negativas e não acho que seja para tanto. Não é um livro ruim. Já li algumas atrocidades que chegam a ser grotescas quanto a ele, mas como opinião é opinião vou dar a minha.

Ao contrário dos livros regenciais que estamos acostumados a ler, cheios de futilidades, bailes, chás, sarais e um bando de nobre à toa comendo e bebendo temos uma coisa nova. 

Constance é uma jovem americana, que não liga para a nobreza e para suas futilidades e é contra a monarquia inglesa e seus metodos de governo e principalmente contra os nobres que vivem em suas mansões e em seus bailes e não se dignam a olhar pelos menos favorecidos que moram por muita das vezes na calçada de suas mansões no centro de Londres. Constance é a favor da República e a defende de unhas e dentes... Diferente das jovens nobres que estamos acostumadas a encontra nos livros regênciai, Constance é como eu, como você. 

Uma moça simples com seus ideias, comum... sem grande beleza com um grande amor pelos livros e pela política. Quando ela desembarca em Londres ao lado de seu pai escritor mal pode conter seu desprezo pela aristocracia e pelo belo lorde Yates, tipico mocinho nobre, cafageste e libertino. 

Ele é tudo que ela acha errado e como uma boa moça de opinião ela não deixa os desaforos dele virem sem uma boa resposta. E enquanto ela vai conhecendo a realidade da nobreza... ele vai se encantando com a dama cheia de opinião e toma como meta conquistar o coração daquela atrevida... só não esperava ele mesmo tomar jeito diante das verdades ditas por ela e ainda pior, não esperava perder o coração para aquela bela ianque.

Esse é mais um daqueles livros que tem bastante bate-boca, já vou avisando, talvez seja por isso que houve muita critica negativa, mas como eu analiso o outro lado da moeda e me apronfundo mais do que apenas no romance. Indico para aqueles que sabem fazer uma analise completa e mais ampla desde os romances aos motivos morais e psicológicos de cada uma das personagens, assim como o contexto histórico.

Gif

Batalha de AmorBatalha de Amor
Clássicos Históricos - Ed: 290
Nova Cultural

KENT, INGLATERRA, SÉCULO XIX 

UM PAR INADEQUADO? OU UM CASAL PERFEITO? 

Lorde Vincente Yates irritou-se. Embora nascido em berço de ouro, o velo conde não se considerava um libertino. E não o agradaram os comentários mordazes sobre a aristocracia inglesa feitos por Constance Locke, uma americana pretensiosa. Além do mais, a atrevida mulher ainda teve a petulância de cair na gargalhada enquanto discutiam. Que jovem exasperante! Orgulhosa! Puritana! E, sem dúvida, a mulher mais inebriante que já conhecera... Cada gota do sangue americano de Constance fervia ao pensar na aristocracia inglesa. Mesmo assim, lorde Yates a agradava muito. Inteligente, cortês e... engraçado. Ela a fazia rir e a divertia profundamente, porém Constance não podia aceitar a corte de Vincent: era uma mulher comprometida! Mas o que dizer a seu coração? 

Deixe um comentário