(Os melhores de 2009 - Versão melhorada)
PALAVRA DE VICIADA: 

Eu gostei bastante, apesar das criticas negativas que vi sobre ele. Mais uma prova de que gosto não se discute. 

Confesso que no quesito ROMANCE ficou a desejar e que o livro ficou muito grande e um pouco enrolado em certas partes, deixando o leitor um tanto estafado da leitura... mas valeu cada página lida! A autora lidou com um humor delicioso que por muita das vezes era o que te prendia na estória cansativa.

Imagine dois trambiqueiros mentirosos da pior espécie. Um viajante do tempo covarde e uma jovem mentirosa louca por vingança contra o próprio pai... Imaginou? Então já deu para imaginar as boas gargalhadas que dei lendo esse belo anjo escocês...

Anjo Negro é o segundo livro de uma série escrita por Lois Greiman chamada de Men of the Mist e é composta por mais dois outros livros já editados pela Nova Cultural. São eles:

  • Enigma de uma Paixão – que tem como mocinho o Celta Melancólico ou Celta Negro.
  • A Dama de Branco – que tem como mocinho o Lobo Irlandês. 
Após a Morte do pai, Keelan jura a mãe, uma bruxa, que vingará a morte dele e ela desesperada diante da obstinação do filho lança-lhe um feitiço para que ele durma por séculos até que seja a sua hora de despertar e vingar a morte de muitas outras pessoas. 

Descendente direto do Celta Negro, Keelan é o que chamamos de deslocado da família. Do bendito sangue celta ele não herdara nada de excepcional, mas quando desperta descobre que seu dom é ficar por aí tendo sonhos premonitórios e esse dom nem se comparava com o de seus antepassados fortes, corajosos e inteligentes. 

Já que estava de volta ao mundo mortal decidiu procurar pelo descendente do homem que matara seu pai e pegar o dinheiro que lhe pertencia... Só não esperava que nessa empreitada ele teria de fazer muitas coisas e uma das quais fazia com uma facilidade surpreendente: MENTIR... 

Ao chegar na mansão do homem que ele terá de roubar Keelan é espancado e tratado por uma bela jovem, sem saber que se trata da filha de seu maior inimigo... Agora... Juntos e com o tesouro nas mãos eles terão que vencer o desejo crescente e fugir do inimigo que está ao seu encalço. 

Durante a fuga eles tem de contar a verdade um ao outro nesse ínterim... Teriam coragem? Ou continuariam vivendo aquela mentira criada por ambos para a própria proteção do parceiro amado? 



Anjo Negro - Lois Greiman
Classicos Historicos Especial -  Ed: 322 
 Nova Cultural

Escócia, 1653

Um tesouro mais valioso que ouro.

Keelan despertou de um sono profundo numa outra era, em outro lugar, e ainda assombrado pelos demônios do passado. Determinado a recuperar o tesouro que causou a ruína de sua família, ele chega ao magnífico cenário do interior da Escócia, e fica conhecendo uma jovem encantadora, que desperta uma paixão ardente em seu coração... A misteriosa chegada do guerreiro escocês quase faz com que Charity abandone seus planos, mas ela já representou por tempo demais o papel de criadinha dedicada para desistir a esta altura dos acontecimentos e permitir que outra pessoa se apodere do tesouro, mesmo sendo Keelan uma tentação tão grande quanto o tesouro em si. No entanto, quando os dois são forçados a fugir, Charity descobre que o escocês é mais irresistível do que ela imaginou a princípio, e que negar o desejo entre ambos é impossível... pois uma gloriosa promessa de amor espera por ela nos braços fortes e nos beijos sensuais de Keelan...

Um Comentário

  1. já garimpei muito sebo por aí, já fiz e desfiz de coleções atrás destes livros e tenho a dizer que eles são muito melhores do que ficar enxergando a realidade cruel a nossa volta, o homem que sonhamos não existem mais e ainda por cima os atuais deixam muito a desejar. como se já não bastasse isto as pessoas ficam assistindo a certos filmes treinarem seu celebro a aceitar com naturalidade a violência, " Walking dead "que o diga, como alguém pode gostar daquilo ?
    é certo que a televisão e o cinema produz para a maioria, mas que é um lixo é .. Não é a toa que as drogas estão aí destruindo mais vidas a torto e a direito. Está faltando romance, agora tudo é sexo e/ou violência e enquanto isso os valores vão mudando e o amor entre nós sendo trocado por sexo e/ou violência. Ao ser esbarrado na rua você espera um " desculpe-me", mas o que acontece é um olhar irado e vc espera que nada seja dito mesmo.

    ResponderExcluir