book cover of 

The Host 

 (Host Trilogy, book 1)

by

Stephenie MeyerMother Of Book's! Que livro CHATO!!! Simplesmente ABANDONEI!!!

É um fato que não gosto de Stephenie Meyer... Um outro fato ainda maior é o meu desgosto pela série Crepúsculo, que estuprou e deturpou todo o sentido vampiresco literário.

Para não falarem que eu não dei uma chance a autora, resolvi ler A Hospedeira. O enredo parecia interessante, eu só me sentia desconfortável com a quantidade de páginas, mas continuei assim mesmo.

Li umas cem páginas, prendendo os olhos com palitos para não cair nos braços de Morfeu e desisti de ler... É uma enrolação sem fim cem páginas e a história era a mesma coisa, não mudava. 

Deixando o livro de lado durante MESES, há algumas semanas atrás decidi dar uma outra olhada, mas não foi... Não consegui ler mais de dez páginas sem cochilar.

Apesar da trama ser interessante, Meyer escreve de forma cansativa, repetitiva e sem emoção. É como se ela apenas estivesse escrevendo uma estória sem por a alma de escritora nas linhas escritas, mas claro essa é minha opinião.
Realmente abandonei o livro, acho que se o autor não conseguiu me prender logo nas primeiras páginas, não merece mais a minha atenção... Seja lá ele quem for, seja ele Austen, Shakeaspeare ou Stephenie Meyer não leio. Não sou obrigada a ler e gostar de algo que não me chamou atenção apenas pelo fato do autor ser estrelinha na lista de Best Sellers. 

Na minha opinião, as pessoas tem de entender que só porque um livro está na lista dos mais vendidos, não quer dizer que ele seja ótimo. Só quer dizer que teve muita gente burra, enchendo bola de escritor mediocre apenas para se mostrar intelectual e badalado leitor dos mais vendidos.

Não leio um livro ou autor porque é modinha, na verdade acho que leitores que fazem isso, deviam ter vergonha de se chamarem leitores. Leitor para mim é aquele que devora um livro com mais de trinta anos de edição e descobre nele um tesouro.

Muitos podem achar que meu blog não está bombando, porque não sorteio romances TOP LIST ou devem achar que os livros que leio e posto são antiquados e já lidos por todo mundo.

Só peço que entendam, não vivo de modinha, leio o que gosto, quando quero e dou sim a pior critica possível. Não vou ficar enchendo bola de autor que não gosto simplesmente por ele estar nos mais vendidos. Para ele ganhar minha aceitação ele precisa mais do que ta no topo da lista, ele precisa me encantar com a magia literária.


A HospedeiraNosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

5 Comentários

  1. Olá :-)
    Eu li The Host e, apesar da enrolação (realmente) e de todos os horrores pelos quais a protagonista passa, da metade para o final eu passei a gostar. É muito raro eu não ler um livro até o fim, mesmo não gostando. O prêmio é que depois posso destruir ele nas críticas, hehehehe. Concordo com você sobre ler livros de modinha. A maior parte dos livros que leio não recebem resenhas em nenhum blog nacional e, a maior parte dos livros de resenhas de blogs eu acabo odiando :-) Um bom blog, com criticas legais de livros fora deste circulo vicioso de parcerias é Romances Fantásticos.
    Bj, Aris, Mistério das Letras.

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito do livro. Achei original, diferente, ficção científica misturada com romance. uma abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. eu gostei do livro "A hospedeira". não conseguir para de ler.
    Concordo com você e acho muito legal que poste livros considerados "demodê". Esses livros são mais facéis de achar em bibliotecas. Fã do seu blog a meses.
    um grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Eu estou lendo esse livro, e concordo com você em cada ponto e vírgula. Stephenie Meyer escreve com a propriedade de quem não tem a menor ideia do que quer dizer, o que quer contar, se quer prender o leitor ou apenas encher páginas e mais páginas de baboseiras. O livro realmente não desenlança, a sensação que se tem é a de que a autora deseja sufocar o leitor com as chatices da maria mijona Mélanie, que ama o homem que deseja matá-a (falando nisso, toda hora ela inventa isso de que acha que vai morrer e nunca morre, não há perigo real fora da cabeça oca dela). Acho que a Stephenie deve ser sadomasoquista, porque as personagens dela apanham dos homens e ficam cada vez mais apaixonadas (aff...). Vou terminar de ler ou mudo meu nome, mas a senhora Meyer é difícil de engolir, porque sempre entala na garganta. Essa semana eu li que ela pretende voltar a escrever sobe vampiros, que planejou abordar outros personagens em mais livrs à lá Crepúsculo. Veremos.

    ResponderExcluir
  5. Concordo que às vezes Stephenie enrola demais a história e moi mais que o necessário, além disso aprecio seu modo de expor sua opinião de forma tão aberta, contudo seria muito interessante está aberta às novas mudanças, entende? Pois ela fez com que os vampiros de Crepúsculo saíssem daquela mesmisse toda. Eu li e gostei muito de A Hospedeira, apesar de o começo não ser tão atrativo depois de um certo tempo ele fica bem legal.

    ResponderExcluir