Eu nem sabia que o filme era baseado em um livro de mesmo título, mas vale a pena conferir.

Becky sempre foi uma menina prática, que se vestia de maneira modesta e sem exageros. Seu maior sonho era ter aquele cartão mágico... o cartão de creditos. Quando ela cresce se torna uma consumista incorrigivel e só descobre que está afundando em dívidas quando é demitida de seu emprego em uma conhecida revista de moda.

Decidida a mudar seu jeito consumista ela encontra um emprego em uma editora de economia e se torna a Garota do Echarpe Verde, uma reposter que escreve uma coluna feminina sobre consumo moderado em lojas.

Se não bastassem os encontros com os consumistas anonimos, seus delírios de consumo ela se vê irremediavelmente apaixonada pelo editor chefe da revista em que trabalha. Só que os dois não poderiam ser mais opostos... Ele um economista muito econômico e ela uma consumista doente ao ponto de ficar louca em uma liquidação... Mas apenas o amor que sente pelo belo economista será sua cura contra o consumismo.

Repleto de humor é impossível não se envolver a até se identificar com Becky em seus delírios de consumo. Eu me identifiquei muito com ela, mas não sou louca por Gucci e Pierre Cardin, sou louca por livros, não posso ver um que me bate aquele desejo de comprar... ai,ai..

Com um elenco não muito conhecido o filme garante boas risadas.

O LIVRO:



O FILME:


Sinopse

Aos 25 anos, Rebecca Bloomwood (Isla Fisher), ou Becky Bloom, consegue um emprego trabalhando como jornalista econômica em Nova York. Ela mora com a melhor amiga, Suze (Krysten Ritter), e tem compulsão por comprar, tanto que seu salário nunca é suficiente no fim do mês. Enquanto ela se esforça para conseguir pagar suas dívidas, acaba atraindo a atenção de um colega de redação.

Deixe um comentário