Ulima Chance de Amor - Ed: 146
Clássicos Históricos
Nova Cultural

Marcados pelo pasado, eles temiam o futuro... e o amor!

Território de Montana, 1866.

Libby Hodges precisava recomeçar sua vida, longe do passado e em paz com o segredo que carregava. No ´território de Montana ela teria essa chance como a esposa de Jacob Stone e tanbém como ,ãe de uma menininha. O anuncio de jornal era claro: ele precisava de uma esposa! Libby esperava encontrar um marido compreensivo, sereno, não o homem amargurado e resistente a uma nova ligação afeitiva. Libby podia ler, nos olhos cinzentos e meigos, uma suplica desesperada pelo carinho com que ambos sonhavam. Mas como poderia conquistar o coração de um homem que havia jurado jamais entregá-lo outra vez? Ou contar ao futuro marido que estava gravida do filho de outro homem?

PALAVRA DE VICIADA:

Bem, tenho de admitir que essa foi a melhor leitura em três dias... Sem arroubos exagerados, confesso não ter uma trama intricada da forma como gosto, mas as personagens são inteligentes, batalhadoras... Recomendo como leitura agua com açucar de final de semana. Passa o tempo bem e algumas partes até podem te arrancar lagrimas: um exemplo a primeira noite em que eles se amam e ele chora junto com ela a união perfeita dos corpos... Lindo!! Eu confesso que me juntei a eles... ai,ai,ai,ia;...

O QUE ROLA:

Jacob está viuvo a exatos seis anos. Fugindo do local onde perdeu a mulher ele e a filha vão para Montana, só que Emma está crescendo e necessita de uma presença feminina em sua casa. Decido a encontrar uma mulher honesta que aceitasse um casamento de conveniencia ele coloca um anuncio no jornal e passa seis meses se correspondendo com Elizabeth, uma mulher de carater que lhe parece ideal para ser mãe de Emma. Escondendo que o casamento seria de conveniencia ele decide receber Libby em sua vida...
O maior sonho de Libby era ter uma família. Criada pelos tios teve uma vida dura, pobre e solitária. E quando lê a anuncio no jornal decide responder... era tão simples e só precisava se casar, mesmo não sendo convencional teria uma família e quem sabe um pouco de amor. Após ser iludida pelo chefe, Libby decide seguir para Montana sem saber que estava gravida.
Ao ver Jacob e sua bela filhinha ela logo se vê presa aquele lugar e aquelas duas pessoas tão necessitadas de sua atenção e carinho, mas não pdoeria enganar Jacob, um homem honesto de olhar triste e bondoso, talvez ela estivesse gravida e não era correto fazê-lo assumir um filho que nao era dele. Sua verdade poderia afastá-lo, mas já estava acostumada viver infeliz, finais felizes não eram para ela já devia ter aceitado esse fato...
Ela estava gravida e mesmo querendo vê-la como uma mulher leviana Jacob não consegue. Ela recusa qualquer ajuda sua e trabalha dia a pôs dia para se manter na cidade até ter dinheiro suficiente para partir de sua vida como ele queria... mas ele queria mesmo que ela fosse embora? Só que enquanto os dias vão passando tudo que ele queria evitar vem a tona. Emma se apegou a Libby e ele estava certo de que jamais amara alguém como a estava amando. Ela era uma ótima amiga, amante fogosa e a mulher da sua vida para tê-la para semrpe ao seu lado ele teria de vencer os proprios medos e impedi-la de deixar a sua vida e o sua coração...

3 Comentários

  1. adorei! e devo dizer que li por indicaçaõ daqui do blog!

    ResponderExcluir
  2. ALEXIS

    Fico feliz que tenha lido por minha indicação esse é um bom livro... eu gostei bastante deste livrinho...

    volte sempre

    Um beijo enorme

    ResponderExcluir