ED. 378
Classicos Históricos - até seculo XIX
Nova Cultural

Londres, 1853

Qual a utilidade de um marido?

Elizabeth Dunaway acredita que a partir do momento que uma mulher independente se casa, o marido toma as rédeas de sua vida. Por esse motivo, está determinada a jamais entrar em uma igreja para se casar. Mas, quando um infeliz incidente a joga na prisão, não lhe resta outra alternativa senão aceitar um casamento de conveniência com o insuportável... embora irresistível, Ross Carrington.

Ross está acostumado a lidar com os escândalos alheios. Entretanto, nunca pensou que suas investigações sobre o desaparecimento de três jovens o levaria ao notório clube de senhoras... ou a se casar com a deslumbrante Elizabeth. Poucos homens apreciariam ter uma esposa tão temperamental, mas essa faceta da personalidade de Elizabeth, intriga e seduz Ross. Agora tem apenas de convencer sua rebelde esposa de que ela pode alcançar a liberdade, rendendo-se ao seu amor e paixão.

PALAVRA DE VICIADA:

Bem, no vou tecer demais.
O livro é o típico amor a primeira vista, sem muitas grandes declarações de amor, mas a falta de um pouco de romantismo é balanceada com um nível de humor surpreendente. Eu recomendo.

O QUE ROLA:

Ross acaba de chegar a Londres após seis meses afastado e a primeira coisa que ele vê é uma passeata de mulheres. E pelo que ele lê nos cartazes elas querem o direito de votar, dentre outras coisas, mas nada do que vira lhe chamou tanta atenção quando a bela ruiva que parecia comandar as mulheres arruaceiras. Ross não contava com o fato de que a Scotland Yard fosse prender cada uma das damas revolucionárias, muito menos que livraria a cara de cada uma delas até mesmo da voluntariosa Elizabeth.
Elizabeth pedira um repórter, mas não esperava ver em sua cela o homem mais bonito e irritante de Londres a sua frente. Elizabeth tem muitos segredos e o fato de Ross começar a investigar uma serie de raptos a leva a temer que fosse descoberta.
Presa novamente Elixzabeth não tem outra alternativa a não ser aceitar o pedido de casamento de Ross. Só que com o casamento ele tomaria tudo que era seu por direito e descobriria que o Abigail Adans tinha muitos segredos e todos eles ligados aos recentes raptos, fraudes bancarias, e muito mais.

O que eu achei legal no livro que o Ross é o cara mais tranqüilo que eu já vi. Ele casa com ela e não quer nada dela, tanto que quase lá no final ele transfere todos os bens dela para ela. Ela aprende a ser um pouco mais racional e larga um pouco das palhaçadas que ela fazia, amadurece. Ela descobre que nem tudo que ela faz tem cabimento e começa a aceitar algumas coisas que ele diz.
Ri aos montes na parte em que ela é presa na segunda vez ela é presa por Fraude Bancaria, Circulação de Material Ilícito e Perturbação da Ordem Publica e o Ross aparece dizendo que é o marido dela. Na verdade ri do inicio ao fim do livro. Risadas garantidas para quem gosta. E um romance que para hot só faltou botar fogo na pólvora.


Gentlemen Rogues

1. The Pleasure of Her Kiss (2003)
2. A Scandal to Remember (2004)
3. Marry the Man Today (2005)

Deixe um comentário