ED. 242
Clássicos Históricos Especial
Nova Cultural


O poder de uma paixão

Mesmo sem nunca ter visto o pai, um vice-rei viking, Erica MacQuarie sempre se orgulhou dele e sonhava conhecê-lo. A oportunidade surge quando Torin, um guerreiro escandinavo e emissário de Ragnar, aporta na Escócia, enviado com a missão de localizar seu filho "Eric". Ao descobrir que o filho do vice-rei viking é na verdade uma filha, Torin prepara-se para levá-la até Ragnar. Porém um grupo de membros do clã, chefiados pelo tio de Erica e sedentos por vingança, o fazem prisioneiro. A última esperança de Torin é que a bela Erica possa ajudá-lo a escapar. Torin não pode imaginar os perigos que os aguardam... nem o desejo implacável que os conduzirá a uma grandiosa revelação!

PALAVRA DE VICIADA:

Esse é o primeiro livro da Série OS VIKINGS e é um livro surpreendentemente MARAVILHOSO! Os três livros são uma seqüência a trama você só mata no ultimo livros, mas cada um tem uma intriga diferente interligada a principal que une os três.

O QUE ROLA:

Entre os vikings Torin é tido como um proscrito e o único que não o trata como tal é Ragnar o vice rei de seu povo. Que logo lhe conta uma história surpreendente sobre seus três amores e seus três filhos. Ragnar cuida de Tarin como a um filho e quer de todas as formas encontrar um meio de limpar o nome do rapaz. Ragnar está muito doente e sem herdeiros precisa encontrar seus três filhos e Torin é o escolhido para encontrar os rapazes.
De viagem para a Escócia Torin desembarca para buscar “Eric” o primogênito de Ragnar e se espanta ao encontrar uma bela ruiva em seu caminho. E a maior surpresa de Torin foi descobrir que a bela e irritante Erica era a pessoa que estava procurando.
Erica sente muito orgulho de sua descendência viking e se irrita ao ser desmentida pelo belo viking Torin. Agora ela tem de provar ao belo cabeça dura quem é ela. E a viagem para a Escandinávia é uma boa chance para provar a ele quem é. Mas o mau está ao derredor deles e um forte amor cresce entre eles... desafios os cercam e o desejo os toma de forma alucinante... a batalha tem inicio...


Deixe um comentário