Não Disponivel para Download.

Paixão Selvagem - ED. 309
Clássicos Históricos Especial
Nova Cultural

1º Livro – TRILOGIA OS VIKINGS

Irlanda e Inglaterra, 910

Ilha do desejo

Mirana é uma mulher mais astuta que muitos homens, e leal a seus princípios. Entretanto, sua vida muda drasticamente no dia em que um guerreiro viking e seus homens invadem Clontarf, uma fortaleza na costa leste da Irlanda, e a leva como refém, para ser usada como garantia contra seu irmão, a quem desejam matar. Feroz e selvagem como o Mar do Norte durante o inverno, Rorik é o lorde de Hawkfell, uma ilha ao largo da costa leste da Inglaterra. No entanto, no momento em que leva sua prisioneira para casa, parece que tudo começa a fugir ao controle. E o maior dos problemas que tem de enfrentar não é a sede de vingança de seu povo, que deseja o sangue da refém, nem a ameaça de um assassino à solta, mas sim a atração irresistível e o desejo ardente que sente por Mirana...


PALAVRA DE VICIADA...
Gente eu gostei muito... sabe tem um tema denso que lembra um pouco AMOR E VINGANÇA, mas é muito melhor porque você não fica o tempo todo com raiva do mocinho...só em alguns momentos...

O QUE ROLA:

Rorik quer vingar a morte da esposa e de seus filhos gêmeos só não esperava encontrar uma mulher no comando do castelo, muito menos ser pego em uma emboscada e acabar ferido. Mirana cuida do jovem e belo viking que ela salvou dos guardas de seu castelo e não entendia o por que de tamanha hostilidade da parte dele. Claro que seu meio irmão não era flor que se cheirasse, mas era irmão dela e ela não acredita que ele possa ser assim tão cruel ao ponto de alguém querer vingança.
Já curado do ferimento Rorik é ajudado indiretamente por MIrana e a leva como refém. Mirana sofre todo o tipo de humilhação possível dele e quando discutem ela sempre leva a melhor elevando a ira dele ao ponto de chicoteá-la em publico. Ao chegar na ilha as mulheres estão dando uma lição aos maridos por estarem dormindo com a escrava e logo e unem para ajudar MIrana que esta amarrada ao pé da cama de Rorik.
Rorik a despreza por ser irmã de Einar, mas não pode negar que ela mexe com seus sentidos como a anos não acontecia. E após uma fuga de MIrana e da escrava ele decide ir atrás dela. Ele sabe dos planos maléficos do irmão dela e não pode deixá-la nas mãos dele. E assim que consegue resgata-la ele a pede em casamento. E ela aceita, pois era um belo jovem e másculo viking ou um velho decrépito e barrigudo. Claro que a noite de núpcias não é la essas coisa pra ela e Rorik se recrimina por não poder se conter e lhe proporcionar prazer e para piorar ainda mais a situação os pais dele aparecem com a prima que é apaixonada por ele e a vida de Mirana começa a correr perigo.
Agora ele a admira e sabe que não pode culpá-la pelos crimes do irmão, mas quando enfim a vida deles pode voltar a normalidade. Mirana é raptada pelos homens do irmão e levada de volta para Clontarf com a ajuda da prima do marido que é levada como escrava.
Bem o livro começa exatamente ai...quando ela retorna e realmente vê o irmão como é...cara vocês vão ficar chocados com as atitudes do irmão dela... ela fala para ele que já é casada e que o casamento já fora consumado e sabe o que o facínora quer fazer? Ele mesmo quer ver se ela é virgem ou não. Vocês entenderam o que eu quis dizer? E o pior de tudo vai ser quando vocês virem quem é a amante preferida dele... nossa fiquei chocada o cara é um animal. E para piorar ainda mais a situação o cachorro vendeu ela para o rei da Irlanda e era enganado por um vidente que não tem nada de velho e sim é um belo e atraente egípcio. Caraça... sabe um livro que quando você acha que vai parar ali? Não muda por completo, não é um livro que fica parado e esta em constante mudança...sem contar que teu core fica na mão cada vez que você pensa que eles vão poder viver em paz aparece um problema... adorei...Minha nossa voces precisam ver a agonia que ela passa achando que ele não ia atrás dela e sim da prima,,, nossa é de cortar o coração as coisas que ela passa...



A parte que eu achei linda de morrer é quando depois de capturar o irmão dela ele a leva para uma praia linda e ela pergunta se os pais dele a aceitariam como nora e ele responde:

- Quando eu me preparava para a viajem, meu pai e Merrik insistiram em vir comigo, mas eu não quis que eles me acompanhassem. Eles estavam preocupados com Sira enquanto eu só pensava em você. Disse a eles que você era minha esposa, a senhora da Ilha Hawkfell e que a amava. Proemti mandar Sira para a Noruega, caso a encontrasse. Não posso afirmar o que meus pais sentem por você. Quando partiram, vi dor e amargura nos olhos deles. Sei que, com o tempo eles, compreenderão o que você representa para mim, para nosso povo, e a amarão, da mesma forma que amarão nossos filhos. Mas agora querida quero acariciá-la, quero me unir a você. Vou ensinar-lhe os caminhos do amor.



Ele diz isso, pois como já disse antes, ele era muito afoito e só pensava nele. Tem uma parte que ele a força e fica morrendo de remorso depois e nem consegue olhar no rosto dela por dias se sentindo um animal... eu gostei por isso por que ao mesmo tempo que ele age com ela de forma vil a consciência dele o recrimina fazendo com que ele se alto flagele.
Muito bom mesmo...estou louca para ler o outro da serie agora.


Deixe um comentário