Helloooo, people! Tudo certinho?

Sim, sim... eu sei, eu sei... to sumida! E é por isso que a primeira postagem desse mês já começa com um pedido de desculpas a vocês que me acompanham e aos meus parceiros, editoras e autores que acreditam no meu trabalho.

Abril foi um mês tumultuado para mim, estressante seria a melhor forma de descrever o mês que passou. Tive muitos problemas pessoais, muitas dores de cabeça e grandes decisões tiveram de ser tomadas para que minha sanidade mental conseguisse ficar firme e forte e eu pudesse voltar novamente ao meu eixo de estabilidade.

Parte desse desequilíbrio surgiu no trabalho. Pequenas coisas que vão minando nossa sanidade, nos fazendo mal, nos consumindo. Não gosto muito de falar sobre isso, porque não gosto de usar isso como muleta ou drama para que as pessoas tenham pena, mas já comentei alguma vezes esporádicas sobre o fato de eu ter tido depressão quando era adolescente - depressão essa que teve como fator determinante de melhora e quase cura a minha paixão pelos livros.

Onde eu quero chegar com isso? Pois bem, abril somado há seis anos de trabalho e um ano e meio de instabilidades dentro do trabalho (muitas mudanças de chefe, muitos lugares para trabalhar e nenhum efetivamente concreto) começaram a me fazer mal. Entretanto desta vez ler não estava mais me ajudando, eu simplesmente não queria mais sair de casa, tudo me cansava, os dias pareciam infindáveis e a infelicidade imperava na minha vida. Lá estava minha velha amiga Depressão batendo a porta.

Eu simplesmente não queria trabalhar, não queria ler, muito menos publicar no blog, os vídeos que eram para estar no ar no mês passado nem foram gravados e etc. Sabendo disso tudo, sabendo de todo esse mal que tudo estava me fazendo tomei grandes decisões baseadas no fato de que se quero que as coisas mudem, eu preciso começar a mudar algumas coisas e algumas delas estão relacionadas ao blog.

Não... não vou parar de ler, nem deixar o blog de lado. Ao contrário, vou aproveitar a mudança de maré, o novo ciclo que se inicia na minha vida e vou manter vocês sempre por dentro de tudo. 2016 foi um ano conturbado para mim e para o blog, vocês sabem que eu administro isso aqui sozinha e nesse ano que passou calhou do blog passar em muitas parcerias e não consegui dar conta de todas e acabei perdendo algumas no decorrer do ano, mas sei que a falha é minha mesmo e agora, mais madura e mais certa das minhas capacidades tentarei apenas parcerias que sejam realmente relevantes.

Infelizmente, perdemos a parceria da Editora Arqueiro esse ano, mas não tem problema eu tenho ainda muitos livros deles que recebi em parceria para ler e resenhar, ao contrário de muita gente que perdeu a parceria e lamenta não mais receber livros deles, eu entendi isso como um sinal para que eu coloque minha vida nos eixos antes de me dedicar a tantas coisas ao mesmo tempo.

O grupo Companhia das Letras está com parceria indireta conosco, eles me enviarão livros esporádicos durante o ano caso não passe na nova seleção que farão em junho. Este ano me inscrevi no grupo Galera Record, também não passei, mas também estou com parceria indireta deles. Então, não foram perdas muito grandes.

Temos tanto trabalho a fazer com a Editora PL, a Ler Editorial, a Pedrazul, a Gutemberg, Évora e Planeta de Livros que teremos bastante coisas para falar durante o ano ainda. Sem falar nos autores nacionais que ainda tenho para ler e os que ainda vão firmar parceria conosco... Então, não temos motivo para choro nem desespero.

A vida segue, e agora segue serena... em paz e saudável! É sempre bom puxar o freio da vida às vezes, para que possamos trabalhar com mais clareza e mais sabedoria do momento da desaceleração em diante.

Espero que todos compreendam o meu sumiço e aceitem minhas desculpas... Já estamos de volta a ativa!

Deixe um comentário