(Este livro não é recomendado para menores de 16 anos)
♥ Ligeiramente Pecaminosos ♥
Ed: 01  - Arqueiro
Sinopse:
Em meio à Batalha de Waterloo, lorde Alleyne Bedwyn é ferido e dado como morto pela família. Ao acordar, ele se vê no quarto de um bordel sem lembrar quem é ou como foi parar ali. Sua única certeza é que deseja conquistar o coração do anjo que cuida dele todo dia. Contudo, assim como ele, Rachel York não é quem parece. Depois de enfrentar uma situação difícil, que a levou a viver numa casa de pecados, agora a bela e inteligente jovem precisa recuperar seu dinheiro e as economias das amigas prostitutas, roubados por um falso clérigo. E o belo soldado de quem vem cuidando parece perfeito para se passar por seu marido e ajudá-la em seus planos. Porém, apesar de ter perdido a memória, Alleyne não perdeu nada de sua sedução. De volta a Londres, os dois se envolvem em um escândalo pecaminoso e, a cada beijo, esquecem que seu relacionamento é apenas uma farsa e ficam mais perto de se entregar à paixão.


"Ele - um homem sem dinheiro, sem posses, sem identidade -
estava fadado a viajar para a  Inglaterra com uma jovem esposa de mentira,
cercado por um séquito composto por um valete ex-militar com
aparência de pirata e quatro prostitutas exuberantes se passando por
serviçais e damas. E partiriam com a missão de enganar um homem
absolutamente respeitável para conseguir tirar dele uma fortuna em joias."
pág 103



DIVERTIDO!


E chegamos ao penúltimo volume da série os Bedwyns. Apesar de não vir com a mesma força dos livros anteriores este tem um descortinar um pouco mais lento e menos reviravoltas. Ao meu ver, não há nada de surpreendente em seu enredo, mas ele compensa nos levando a boas gargalhadas e alguns momentos realmente encantadores.

Alleyne sempre foi um dos meus Bedwyns preferidos, mas isso não é muito difícil de acontecer já que dos seis irmãos ele, Ranulf e Morgan são os que tem o melhor humor e um jeitão mais encantador e menos presunçoso. Eles são fáceis de amar, então quando no volume anterior Alleyne é dado como morto e toda a família sofre sua perda, nós sabemos que não é bem assim que vai acontecer e já ficamos ansiosos para saber o que vai acontecer no volume dedicado apenas a ele e cá estamos nós.

Alleyne foi enviado até a batalha de Waterloo com uma mensagem para o Gen. Wellington. A batalha está em seu auge, tiros e morte por todos os lados. Franceses e ingleses tombados lado a lado em batalha e o jovem nobre é apresentado aos horrores nada heroicos de uma guerra. Atingido por um tiro na perna e montado sobre um cavalo assustado, ele acaba sendo jogado de cima da sela e bate a cabeça.

Enquanto a batalha está acontecendo, em um bordel, quatro prostitutas recebem a noticia de que o belo reverendo, noivo de Rachel, as havia roubado. Sem saber como reaver as economias de uma vida, elas acolhem a jovem dama, até que elas resolvam esse problema e voltem para a Inglaterra. 

"- Quem teria imaginado que minha ida à floresta para encontrar bens valiosos
me levaria a você?" - pág. 270

Uma delas tem então a bela ideia de ir pilhar os mortos no campo de batalha, indo três delas até o local em busca de riquezas das quais não terão coragem de coletar. Em meio a tanta dor e morte, separada das amigas, Rachel encontra, mais afastado, no interior da floresta, um jovem desacordado e completamente nu jogado no chão. Sem saber ao certo o porque, ela leva a mão até o corpo do jovem e descobre que ele ainda está vivo e se põe a gritar por ajuda.

A ajuda que necessita vem na figura de um sargento, que além de conseguir uma carroça para levar seu 'marido' também a ajuda a encontrar um cirurgião capaz de retirar a bala alojada na coxa do jovem desconhecido. 

De volta ao bordel, o sargento, que também havia perdido um olho na batalha e fora aposentado por isso, descobre que a moça não é casada com o enfermo, mas ainda assim decidi ficar e ajudá-las. Enquanto discutem como farão para reaver o dinheiro que precisam para voltar para casa e largar a prostituição, Rachel cuida de Alleyne, sem saber ao certo quem é ele. A única certeza que tem é que ele é da nobreza e que mesmo ferido ainda é um belo rapaz.

Quando enfim, Alleyne desperta no bordel não faz a menor ideia de quem é, não sabe seu nome, não sabe nem ao menos o que estava fazendo no campo de batalha. Enquanto vai se recuperando e se encantando cada dia mais com a beleza de Rachel, ele busca lembrar suas origens, mas tudo isso é em vão.

"- Se nunca ficou apavorado, senhor, nunca vai descobrir do que é feito
e o que é capaz de fazer. Nunca vai se tornar um homem melhor. 
Talvez seja isso que o senhor vá descobrir... E quando enfim lembrar quem é, 
talvez se dê conta de que se transformou num homem melhor do que jamais foi." - pág 85

Rachel é sobrinha de um barão e tem uma fortuna em joias como herança de sua mãe nas mãos dele. Ela sabe que se conseguir por a mão nas joias da família, poderá ajudar suas amigas a largarem a vida de prostituição e conseguirem abrir a pensão que tanto desejam. Ela se sente culpada por ter apresentado o salafrário do reverendo ladrão para elas e deseja fortemente arrumar um jeito de compensar isso.

É quando Alleyne lhes dá a ideia de fingir um casamento falso e tentar resgatar as tais joias que poderiam salvar a todas. Obviamente, ele teme reencontrar o seu passado e ser incapaz de corresponder as expectativas de sua misteriosa família. Entretanto, seu maior medo mesmo se encontra nos sentimentos que vem nutrindo por Rachel. Um amor proibido para ambos, pois ele não sabe nem ao menos se é casado.

De volta a Inglaterra, tentar conquistar a confiança do tio de Rachel será um pouco complicado já que tudo o que conheciam do homem até então é muito equivocado e levar a mentira a diante fica cada dia mais difícil, assim como manter o crescente paixão que envolve o jovem casal a cada dia longe de seus corações.

Bem, o desenrolar é o esperado desde o inicio. O que diferencia toda a trama são as loucuras das amigas de Rachel, assim como o bom humor característico do Alleyne e todas as trapalhadas que vão acontecendo no decorrer do livro. Ao meu ver o livro seria muito melhor se a Rachel não fosse exageradamente chata em determinadas partes do livro. No inicio ela é bem legal, mas quando chega na casa do tio dela se torna muito insuportável e acho que essa parte foi a que me fez não gostar tanto do livro quando os anteriores. 

Como disse o livro tem uma pegada mais humorística, o que torna tudo uma excelente comédia romântica com seus momentos românticos na hora certa. Resumindo, se você já começou a ler a série, vai ler esse livro de qualquer forma, tenho certeza. Mas se você ainda não conhece e deseja encarar a leitura, te indico cair de cabeça em cada um dos volumes.

:: RESENHAS DOS VOLUMES ANTERIORES ::

1 -  Ligeiramente Casados
5 - Ligeiramente Pecaminosos
6 - Ligeiramente Perigosos - lançamento abril de 2017 

book cover of 

Slightly Sinful 

Wook.pt - Ligeiramente Indecente

22 Comentários

  1. Olá!
    Mary balogh entrou para minha lista de autoras queridinhas. Essa série toda, é divertidíssima e ainda com toque sensual entre as personagens.
    Tudo muito bem construído, os cenários, os diálogos, as personagens.
    E realmente , como vc destaca, o humor muito presente.
    ótima resenha
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Uma coisa que me chama muito a atenção nesta série é o bom humor que as resenhistas dizem ter, mas não sei porque as tramas não me fisgam.
    Agora espero que o útimo livro te surpreenda muito o////

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a série, mas costumo gostar bastante de livros do gênero, gostei de saber que tem uma pegada de humor, adoro rir lendo.

    ResponderExcluir
  4. Ola lindona eu li esse livro e amei a escrita da autora, impecável e na medida certa, com ótimos diálogos, regada a um bom humor contagiante, adorei a protagonista e nosso lindo mocinho sem memória foi encantador, esse foi o primeiro livro que li da autora e gostei muito. Capa maravilhosa. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  5. Essa série me ganhou totalmente. Lembro que tive um estranhamento no início do primeiro livro, mas esse sentimento passou e eu sou totalmente encantada pela escrita da Mary Balogh, pelos Bedwyns. Também queria saber mais sobre Alleyne. E agora estou naquela contagem regressiva para ver como é que vai ficar a vida do Wulfric, porque ele foi o personagem que mais me surpreendeu ao longo de todos os livros. Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Olá ! eu adoro livros de época, inclusive, já tive vontade de ler está serie. Mas ultimamente, estou, meio decepcionada. Com a linguagem que está sendo usada nestas series. É muitas partes hots, a ultima serie que comecei a ler foi "As quatro Estações do Amor". Gostei muito do primeiro livro, mas abandonei o segundo, pois faltava história, e sobrava lenga, lenga... Se eu estiver enganada a respeito desta serie, me fala para eu ler tbm bjs.

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Nossa eu estou lendo muitas resenhas relacionado a essa série ultimamente, não sei porque viu? Kkk. Eu particularmente não tenho muita vontade de ler essa série mas que tem uma proposta interessante isso tem sim. Adores saber que o livro tem essa pitada humorística. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oii!

    Eu não li esse livro ainda, na realidade estou acompanhando muitas resenhas sobre essa obra e isso aumente a curiosidade em conhecer a escrita da autora.
    Eu gostei bastante de saber que tem uma pegada mais pro humor. Espero conseguir ler em breve <3

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá linda,

    Eu li os dois primeiros e sou apaixonada por Ligeiramente Maliciosos, porque foi o mais engraçado e hilário dos dois que li e esse me pareceu bem mais convidativo por ser uma comédia romântica.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Eu só cheguei a ler os três primeiros, mas comprei o quarto livro há poucos dias. Espero poder lê-lo antes do lançamento do sexto, e, claro ler o quinto também. A escrita da Mary é incrível, né? E é impossível não se apaixonar pelos personagens que ela cria. Sem contar que os livros são divertidos, e eu fico muito feliz em saber que este o é :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Amo romances de época e por isso tenho muita vontade de ler essa série, ainda mais por sempre ouvir muitos elogios a autora. Acho a premissa desse volume muito boa e mesmo sem ter lido já acho os personagens extremamente interessantes, principalmente a protagonista. Sem falar que um livro com diversos momentos de bom humor sempre me ganham haha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oláaaa, eu li esse livro, sou apaixonada na série toda e eu fiquei com bastante expectativas pra esse livro, mas me decepcionei um pouco, não sei porque, mas ele não me prendeu tanto quanto os outros. Agora estou ansiosa pra pra o do proximo irmão <3

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  13. Ai ai meu coração...
    Eu sou completamente doida para ler essa série, mas a oportunidade ainda não apareceu!
    Gosto muito do gênero e pela sua resenha já percebi que vou amar!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  14. Não sou fã de romances de época, um com uma protagonista que acaba se tornando insuportável então, não me arriscaria a ler, mesmo que normalmente eu me sinta bem atraída por enredos com perda de memória. Pena que não curtiu tanto esse livro quanto os anteriores da série, mas pelo menos ele tem essa pegada humorística, que acho algo bem legal.

    ResponderExcluir
  15. Esta é uma série que não chama muito a minha atenção, talvez por não ser grande fã de romances de época.
    Mas fiquei interessada, não ao ponto de sair correndo para a livraria, mas disposta a conhecer mais a fundo esta história ainda este ano. Pronto, entrou para a meta heejehe

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Não sou fã de romances de época, mas admito que o trabalho da editora com seus livros está impecável, com capas lindas e histórias apaixonantes! Vou passar a dica para minhas amigas fãs do gênero. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  17. Essa série realmente está fazendo muito sucesso e eu acho as capas de uma delicadeza imensa, mas eu não gosto do gênero de romances de épocas, faz anos que eu não leio nada do tipo e no momento não tem nenhum livro assim que me chame atenção

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem? Estou no 3° livro ainda, indo para o 4°. Até agora com certeza meus personagens favoritos é a Freyja e o Aidan. Apesar do Alleyne aparecer por aqui, ele nunca me chamou tanta atenção, como a Morgan. Espero que isso mude quando for os livros deles. Adorei a resenha e ela me deixou instigada.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oie!!
    Nossa... essa série está na minha lista a muito tempo... acho que as capas estão incríveis sabe? E a história pelo que pude ver acompanha e muito a bela da capa!!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  20. Olá Raissa, tudo bem?
    Ainda não conhecia a série, mas a veia comédia romântica deste volume em muito me interessou. Acredito que os livros da série partam mais para o clichê, e prefiro eles do que a mania de hots que temos no momento. Já coloquei aqui em minha listas de leituras.

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Tenho muita vontade de ler esse livro, ainda mais por causa de toda essa ambientação histórica que tem pro trás da história. Apesar de não ser o melhor da série, acredito que ainda faz muito bem o seu papel de nos divertir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Conhecia esse livro apenas pela capa e assumo que não me interessei por ela. Gostei muito da sua resenha por me mostrar sobre o que tratava o livro e fiquei bastante curiosa, apesar de já imaginar o final, para saber como toda essa confusão/situação vai terminar.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir