(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)

♥ Quase um Romance ♥
Ed: 01 - Suma de Romances
Sinopse:
Desde a perda dos pais e o fim de um relacionamento complicado, Rebecca tem levado uma vida solitária. No entanto, quando esbarra em Pizza – uma cachorrinha abandonada que parece precisar tanto de afeto quanto ela –, a jovem pressente que sua vida está prestes a mudar. Paul Stone é campeão de Moto GP, e pai de Lorena, uma menina encantadora que ele cria sozinho. Administrar a carreira e a família não é um trabalho fácil, ainda mais quando as mulheres em seu redor parecem interessadas apenas no piloto famoso, e não no homem real. Quando os dois se esbarram – com uma ajudinha de Pizza e Lorena –, Paul tem certeza de que encontrou o que vinha procurando há muito tempo. Já Rebecca não está assim tão disposta a abrir espaço em sua vida para uma nova relação, mas como resistir à amizade, aos sorrisos e aos olhares de Paul?



"- Eu te amo Rebeca - disse Paul.
- Não vou parar de repetir até que acredite nisso."
pág. 225
 
 
LEVE E DESPRETENSIOSO!
 
 
Desde que li o romance Você se Lembra da Mim? (resenha aqui) da Megan, fiquei curiosa para conhecer outras obras da autora, então quando vi esse lançamento do mês de outubro da Suma de Letras não hesitei em solicita-lo. Apesar da sinopse não ter sido muito instigadora, decidi que o leria sem muitas expectativas e fiz muito bem em fazer isso.
 
O estilo de escrita que encontrei foi bem parecido com minha experiência anterior, então acredito que a leveza e a forma envolvente com que fui levada pelo enredo me parece ser bem característico da autora. Não posso dizer que fui tão arrebatada quanto no primeiro livro, mas a leitura foi deliciosa de ser feita, não vou negar. O livro é curtinho, apenas 230 páginas, então a leitura foi muito rápida e havia algo ali que me prendeu o feriado todo, mesmo tendo alguns 'contras' sobre algumas atitudes da mocinha. Vamos a eles...
 
Outra coisa que notei nas protagonistas femininas de Megan é a tendência de serem um tanto quanto grosseiras. Não sou nenhuma flor de formosura, às vezes dou um coice aqui e outro ali, mas as mocinhas dela tendem a ter alguns surtos irracionais que me incomodam um pouco. Ignorei o fato no primeiro livro que li, pois o geral estava muito interessante e eu estava curiosa, então deixei de lado, mas nesse livro o incomodo foi um pouco maior, já que Receba não tinha um motivo realmente plausível para fazer certas coisas com o Paul, principalmente no final do livro.
 
A história começa com Rebeca encontrando um filhotinho de cachorro sob uma caixa de pizza no estacionamento próximo ao seu trabalho. Acostumada a viver sozinha, ela não tenho interesse em ficar com a cadelinha, mas não resisti a um final de semana ao lado da filhotinha e acaba mudando de ideia quando a manda-la para um centro de adoção. O que Rebeca não sabia era que adotar a pequena Pizza, pudesse mudar sua vida para sempre. 
 
Ela vive sozinha em Madri, apenas com a cachorrinha e se entrega totalmente ao trabalho como advogada numa empresa exportadora de tecidos. Após o fracasso de sua relação anterior ela não está disposta a namorar, muito menos homens belos que podem ter qualquer mulher que desejassem. Então quando uma situação constrangedora em uma loja de roupas a coloca frente a frente com Paul Stone, ela não se furta a ignora-lo. Ela queria apenas faze-lo desistir da compra de uma jaqueta que ela desejava levar para seu irmão Kevin, que viria passar o natal com ela.
 
Paul não precisava realmente comprar a jaqueta, mas provocar a bela e atrevida moça de nariz arrebitado a sua frente era um prazer que ele não iria se furtar. Totalmente encantado com o fato dela ignora-lo. Então, ele a vê partir, sem a jaqueta, e já desejando poder encontra-la novamente, mas como?
 
A vida continua para ambos, até que novamente, seguindo com Pizza na coleira para o terminal de trem onde seu irmão chegaria, Rebeca o vê sentado ao lado de uma menininha que só poderia ser sua filha e um enorme buquê de flores. Ótimo! Tudo o que ela não gostaria era reencontrar aquele cara.
 
Tentando disfarçar ela passa direto por ele, mas Lorena, a encantadora menininha ao lado dele decide fazer algumas perguntas a ela sobre a cachorrinha. Não querendo ser desagradável com a menina, ela para e lhe dá atenção, então logo o pai se aproxima sem perder a oportunidade de falar com a mulher que tem tirado seu foco nos últimos dias.
 
Conseguindo anotar a placa de Rebeca, começa então a busca de Paul para encontrar uma boa desculpa para chama-la para sair, mas como ele poderia fazer isso sem que ela fugisse dele? Mais alguns encontros furtivos aqui e ali, ele consegue chama-la para um jantar e a partir daí uma amizade cheia desejo surge entre eles e consequentemente uma relação intensa se inicia depois de certos acontecimentos.
 
Porém, o foco do livro não é o romance do casal e sim os problemas que Receba encontrará no trabalho após conseguir uma promoção na empresa onde trabalha. Seu antigo chefe, foi transferido para uma filial em Barcelona e com sua transferência o trabalho dele cai sobre suas mãos e saber que os crimes daquele homem estende seus dedos sobre a vida de Kevin, seu irmão, a deixa em pânico. E proteger todos que ama vira seu foco principal em sua vida e se afastar de Paul é mais que uma necessidade, é uma obrigação para mante-lo protegido, assim como sua filha.
 
Não será fácil para ambos passarem por esse período separados, muito menos será fácil para nós leitores lidarmos com a birra de Rebeca em reatar com Paul. E foi isso que mais me incomodou no final do livro, a forma infantil como ela age com ele. Mesmo depois de tudo ter sido resolvido, de todos os envolvidos nos crimes terem sidos presos ela arruma um mimimi do caramba para ir procurar o cara. Ela liga uma única vez pra ele, ele não retorna e começa a ficar de graça com 'ele não me ama' etc. 
 
Por sorte o que salvou o livro, foi Paul que é um cara incrivelmente maravilhoso, não por ser lindo, mas por ser um cara incrível mesmo ♥. Lorena, a filhinha dele que é a coisa mais encantadora do mundo e o Kevin, que pelos deuses, é uma graça e é de cortar o coração ver tudo o que ele vai passar no livro e é por ele que gostei tanto da leitura do livro.
 
No geral, a leitura foi legal, envolvente, despretensiosa e gostei bastante do que encontrei. Apesar de ter pego uma birra na Rebeca e nas grosserias gratuitas dela, a leitura foi gratificante e uma boa distração no feriado chuvoso que tive. Então, se quer algo para ler nessa pegada mais leve e envolvente, essa é sua leitura.
(Este livro não foi publicado em Portugal)


16 Comentários

  1. Olá! Eu amo os livros da Megan e entendo sua birra com a grosseria da Rebeca, mas eu confesso que já estou acostumada com esse tipo de personagem criado pela autora então nem me importo (até porque me sinto bem representada haha), mas vou anotar para ler depois! Eu também detesto mimimi, e tem muito em outra obra dela Pela Lente do Amor, mas eu adorei o livro mesmo assim.
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Desde que li a trilogia Peça-me o que quiser, eu quero ler todos os livros que já foram lançados da autora. Gosto muito de sua narrativa e mesmo achando que seus personagens são um tantinho errantes, o enredo da história compensa e muito essa questão. Adorei essa capa, achei mega fofa *-----* Acredito que irei adorar essa história.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olha nunca li nada da autora mas a ada resenha que leio dela viu ficando curiosa para saber como é. Dentre todos que li recentemente este foi o que mais me chamou a atenção. Adorei a resenha mesmo com a personagem sendo um tanto grossa. Me identifiquei na verdade rses.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Raissa,

    A Rebeca pode até ser grosseira, mas achei a história dela super fofa, o livro parece ser ótimo mesmo.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu conheço a autora por Peça-me O Que Quiser e vi esse livro na livraria esses dias e fiquei bem curiosa, mas saber que a Rebecca é grosseira desanima bastante heim? hahahah Mas mesmo assim acredito que vou ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Eu li um livro da Megan há uns dois anos e ódiei, foi o primeiro livro da serie 'Peça-me o que quiseres', e eu estava adorando a protagonista, até o par dela entrar em sua vida e desfazer tudo que eu amava. Serio, eu não estava aguentando mais. Eu não se algum dia eu lerei um livro dela novamente, eu sei que nem todos são nessa temática, mas eu não sei.
    Eu gostei da sua resenha, especialmente da sua sinceridade quando aos sentimentos em relação ao livro, eu até me interessei um pouco por ele.
    Bjssss

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Eu tenho problemas com livro da Megan justamente por uma experiência meu traumática que eu tive com ele. A história desse parece ser bem interessante e gostosinha de se ler, mesmo ele não tendo ser tãooo bom assim para você

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  8. Achei um amorzinho esse livro e realmente adoraria ter a oportunidade de ler achei também a história meio clichê, mas nada melhor para conquista o leitor <3
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Olá! Nunca li nada da Megan, mas sempre vejo boas críticas a respeito de seus livros. Achei a sinopse delicada, parece ser uma leitura bem gostosa, achei interessante o romance não ser o foco total e ter uma trama a mais. Beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  10. Já acho que não irei gostar da Rebeca! Mas fiquei curiosa com essa leitura... parece mesmo ser bem leve e despretensiosa, para ler em um dia. Dica anotada!! Espero gostar da leitura :D Amei a resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Vi a venda esse livro no amazon e até pensei em comprar, porquê achei a capa fofa demais, porem a sinopse não chamou muita minha atenção e acabei não adquirindo... Pela sua resenha, acho que por enquanto fiz a escolha certa! Não estou com muita paciência para birras de personagens, mas gostaria de conhecer os meninos dessa história! <3

    ResponderExcluir
  12. Não tenho paciência com essas personagens que fazem grosserias gratuitas não, e não tenho muita vontade de ler obras da autora, por isso passo a dica, apesar de ter achado legal o foco não ter ficado no romance.

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Ainda não tive nenhuma experiência com a escrita da autora, mas confesso que fiquei bem curiosa para conferir, afinal você diz ser bem envolvente.
    A premissa do livro é interessante e parece ser uma obra bem leve. Também não sou nenhuma flor que se cheire, mas acho que essa grosseria gratuita também me deixaria um pouco incomodada. Quero muito saber como ficará o romance entre Rebecca e Paul em meio a tantos contratempos que surgem.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Adoro livros leves tipo sessão da tarde. E esse livro tem muito essa cara <3 Fiquei muito interessada e já conhecia a Megan Maxwell então dica anotada. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Raissa, sua linda, tudo bem?
    Não gostei da forma como ela se portou com ele, se eu fosse ele ficava era comigo, risos... Amei essa capa, assim que vi o lançamento já o coloquei na minha lista. Acho que o comportamento dela estragou um pouco a história, mas acho que não vou resistir e vou ler assim mesmo. Gostei muito da sua sinceridade, a resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Dica anotada! Preciso de um livro leve depois desses tormentos de provas finais e TCC, ja quero ler pra poder distrair e curtir. Vou aproveitar esse tempo chuvoso e ler, nem que seja por ebook.

    ResponderExcluir