(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)
♥ Dominic ♥
Ed: 01 - Bezz Editora

Onde Comprar: Amazon 
- livro físico ESGOTADO na Editora nova tiragem em Outubro -
Sinopse:
Depois de um acidente de carro que matou seus pais quando ela era uma criança, Bronagh Murphy escolheu a isolar-se das pessoas num esforço para manter seu futuro longe de sofrimentos. Se ela não se aproximar de pessoas, falar com elas ou conhecê-las de qualquer forma, ela conseguirá ficar sozinha, do jeito que ela quer. Quando Dominic Slater entra em sua vida, ignorá-lo é tudo o que ela tem que fazer para chamar sua atenção. Dominic está acostumado a chamar atenção, quando ele e seus irmãos se mudam para Dublin, na Irlanda, para cuidar do negócio da família, ele ganha a atenção de todos. Todos, exceto da bela morena com uma língua afiada. Dominic quer Bronagh e a única maneira que ele tem de chegar até ela, é arrancá-la do seu isolamento voluntário, e ele vai fazê-lo da única maneira que sabe pela força. Dominic a quer, e o que Dominic quer, Dominic pega!


"Ficar com Dominic me fez perceber que eu não estava vivendo, 
estava apenas existindo, e não de uma forma divertida. 
Estou literalmente fora da minha zona de conforto por ficar com ele, 
e todos os dias sinto que estou indo mais longe."
pag 184




GOSTEI DESGOSTANDO!!!




Sabe quando você gosta muito de um livro, mas tem algo nele que te desgosta? Sou eu nesse momento com esse livro. Simplesmente, nem sei por onde começar a falar sobre ele, porque eu gostei muito, muito mesmo, mas tem tanta coisa desnecessária e tanta coisa que me incomodou.

Recebi o livro em parceria com a Bezz e logo de cara babei nesse tanquinho hiper sexy. Pela sinopse, já sabia que vinha ai um livro hot e tudo o mais, a cara do blog, mas nada me preparou para a ambientação que me foi apresentada e tudo que me foi descortinado. O livro é divertido, extremamente sexy, adorei conhecer essa historia e quero muito os demais irmãos na minha estante, mas certas coisas foram bem desnecessárias e outras um tanto incomodas.

Primeiro vou falar um pouco sobre o trabalho da editora, eu dificilmente reclamo de erros, pois sei que certas coisas acontecem, somos humanos e erramos, então nem sempre me apego a isso. Porem a quantidade de erros que encontrei foi assustadora e acabou denotando uma certa falta de cuidado na revisão. Muitas palavras repetidas seguidas vezes numa mesma frase, falta de letras no meio de determinadas palavras, vejam bem,  não estou falando de palavras semelhantes que tem sentido diferente e foram usadas de forma errada, estou citando coisas que o próprio editor de textos do computador acusa grifando de vermelho.

A diagramação do livro ficou incrível, se dedicaram muito nisso, não posso negar, e a capa é de encher os olhos e a mente feminina de fantasias, mas esse pequeno descuido diminuiu um pouco o brilho do trabalho editorial, espero fervorosamente que essas gafes sejam sanadas na próxima tiragem do livro e que ele chegue, enfim, perfeitamente maravilhoso nas mãos dos leitores.

Continuando a avaliação das coisas incomodas que encontrei no livro... relaxem que eu vou falar bem também, como disse... eu gostei do livro, amei mesmo, mas as coisas que me incomodaram acredito que possam ter incomodado muito mais gente e talvez um trato mais cuidadoso, faça uma historia tão deliciosa chegar na mão de mais pessoas... então, vamos lá! Vamos falar um pouco da trama.

A ultima vez que reclamei de palavrões em um livro foi em Toda Sua, da Sylvia Day, mas o tradutor responsável ou a autora mesmo, viu que a coisa estava demais e deu uma amenizada nos livros seguintes e ficou de boa. Normalmente não ligo, até gosto de uma boquinha suja as vezes, mas... nesse livro a autora extrapolou um pouquinho, principalmente em se tratando de um livro narrado pelo ponto de vista da mocinha e ela parecia mais um estivador, do que uma menina reclusa que mal falava com as pessoas... 

Outra coisa que me incomodou e achei um absurdo foi o Dominic chamar a própria namorada de vadia a torto e a direito. Como assim? Com tanta forma carinhosa pra chamar a própria namorada e ele escolhe V A D I A? Não achei nada que justificasse o uso indiscriminado do termo no decorrer da leitura, algumas vezes foi por implicância antes do namoro e posteriormente em algumas brincadeiras que foram feitas, mas não foi só nessas partes, tinha horas que ele falava sem necessidade nenhuma, sem brincadeira, sem implicância, simplesmente por prazer e eu fiquei meio assim. 

Outra coisa que me incomodou muito, foram certas coisas continuarem acontecendo mesmo depois da relação dos dois terem firmado. Antes era engraçado ver a Bee surtando com as implicâncias do Dominic, ele é realmente terrível quando quer atazanar alguém, mas depois ficou cansativo, repetitivo, um tanto infantil e totalmente desnecessário. Bee, vira uma barraqueira louca que bate em todo mundo o tempo todo, tudo é motivo pra ela surtar e dar chilique o que descaracterizou um pouco a menina de personalidade forte e língua ferina do inicio do livro, tornando ela uma louca histérica que distribui socos a torto e a direito que as vezes é muito grosseira quando fala. Ter personalidade forte é totalmente diferente de ser uma barraqueira surtada.

Bem... fim dos incômodos... rsrs. Toda moeda tem dois lados e esse livro, ao contrario de muitos outros que eu vim a desgostar logo de cara sem nem ao menos ver um ponto positivo, teve algo que me encantou.

A historia se passa na Irlanda e a vida de Bronagh é dentro de uma ostra, ela não tem amigos, não fala com ninguém a não ser que seja estritamente necessário e tem medo de perder as pessoas. Aos oito anos ela perdeu os pais e desde então, mantém todos afastados para que não venha mais a sentir o que sentiu com a perda deles. Sua tutora é sua irmã mais velha, Brannah (que é o par romântico de outro irmão Slater). Bee, também é totalmente fora dos padrões estéticos, resumindo é uma menina normal com quase dezoito anos e sofre horrores com bullying. (Bee, é como sua irmã a chama e é como vou chama-la no decorrer da resenha... rs)

Um belo dia, ao chegar atrasada ao colégio, coisa atípica dela, ela encontra sentado em sua carteira escolar um aluno novo, ao lado dele, seu irmão gêmeo. Eles seriam idênticos caso um deles não tivesse os cabelos claros, quase brancos. Ambos são estonteantes, mas ela não esta nem ai, sabe que garotos bonitos normalmente fazem bullying com ela, então para ela eles são mais problemas do que soluções. Os gêmeos são americanos e se chamam Dominic e Damien.

Nenhuma garota nunca resistiu aos encantos de Dominic e quando a língua ferina de Bee atinge em cheio seu ego, ele decidi tira-la de sua zona de conforto. Sacanear a garota é sua meta diária, porém após ser estapeado por ela, ele decidi que além de inferniza-la ele a quer para si. Não será fácil provar para Bee que ela o deseja tanto quanto ele, mas ele esta disposto a lutar por ela e provar que ela era dele tanto quanto ele era dela.

Olhando o envolvimento do casal não damos nada por ele, mas o que faz toda a diferença no enredo é o mistério que envolve os irmãos Slater. Eles são filhos de um chefe da máfia e por conta de um problema de família são obrigados a trabalhar para o homem que matou seus pais. Cada um exerce uma função no crime organizado, mas nenhum é criminoso, eles só fazem isso para manter a vida de Damien, que acabou fazendo algo para se por na mira do mafioso. Esse mistério e o fato de estarem querem parar com esses 'trabalhinhos' nos levara a um desfecho inesperado, mas que ainda nos trará muito mais historia.

Cada um tem uma personalidade, cada um traz consigo um drama e uma historia e é impossível não se encantar com eles. E foi esse o grande diferencial que me fez amar a leitura desse primeiro volume da serie. Saber o que realmente aconteceu com Damien me encheu de tristeza e quero muito ler o livro, infelizmente é o único que ainda não foi lançado no exterior.

Em suma, a escrita da autora foi bem envolvente e a trama se mostrou realmente surpreendente. Diversas vezes me vi com lágrimas nos olhos, com um aperto no coração e claro, me divertindo com os foras que o Dominic levava, sem falar que torci para que tudo desse certo para todos eles.

Então, mesmo com todos os contras apresentados por mim... eu indico sim a leitura desse livro, que teve seus altos e baixos, mas foi apaixonante!

:: Sobre a serie Irmãos Slater ::

Segundo a resposta dada pela própria editora a uma leitora em sua pagina no Facebook, a Bezz já tem em mãos os livros já escritos e publicados no exterior. Sendo assim, esperamos ter em breve os demais volumes que completam essa coleção em nossas mãos. 
São os livros, em ordem de publicação no exterior: 
Dominic, Alec, Kane, Ryder (lançado em 2016) e Damien (unico ainda não lançado lá fora).

book cover of 

Dominic
(Este livro não foi publicado em Portugal)

11 Comentários

  1. Bom!
    Já não leria o livro por não curtir o gênero, mas ainda dou chances para livros do gênero com premissas interessantes, mas nesse caso não dá mesmoooo. Como assim o cara chama a namorada de vadia???? Não mesmo, eu não conseguiria ler esse livro.
    Acho que mesmo sabendo que vc gostou do livro, as coisas que te incomodaram foram suficientes para eu não querer mesmooo ler o livro kkkk

    ResponderExcluir
  2. Ola!
    Esse gênero realmente não me atrai, então de toda forma não seria uma aposta de leitura pra mim no momento. Mas compreendo esse seu sentimento de confuso que você ficou. Tive a mesma experiencia lendo uma fantasia. Eu queria muito ter gostado dela, mas acabei julgando alguns fatores realmente desnecessários.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    O começo da sua resenha me deixou bem deprimida e desanimada com a série, pois me incomoda bastante tais erros de revisão. Sem contar que realmente não é legal chamar a namorada de vadia, mesmo que seja para perturbá-la.
    Porém, o enredo da trama parece ser bem interessante envolvendo filhos de mafiosos e como a história irá desenrolar.
    Fiquei pensando se leio ou não. Acho que vou dar uma chance ao primeiro livro rsrs

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, esse estilo de livro eu não curto e por ter cenas hot, muito menos, e esse tipo de livro, a premissa dele me lembra a de muitos livro já conhecidos, e parece ser mais do mesmo, não trazendo nada de novo ou coisa do tipo, e por ser uma série, me desanima mais, pois não teria paciencia de acompanhá-la, por isso, não leria esse livro.
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu até gostei da trama, mas uma protagonista que vive de chilique já não sei se vou aguentar. A capa realmente é linda, e esse tanquinho contribui muito para gostar ainda mais dela. Vou anotar essa dica para conferir a trama futuramente.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Olá linda,

    Não gosto de livros desse gênero e com algumas críticas que você fez a ortografia(cheia de erros) e esse namorado que deprecia a companheira fizeram minha vontade de ler essa obra passar bem longe.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Então...
    Não curto livros hot. Mas, não menosprezo quem goste (cada um ler o que quer).
    Um dos pontos que mais me decepcionou, foi o fato do cara chamar a namorada de VADIA sem mais nem menos.
    Os erros de português e as repetições de palavras são outros pontos que me afastariam da leitura.
    Tudo bem que, errar é humano, mas, em demasia, ainda mais em se tratando de um livro, algo está errado. A editora deveria ter prestado mais atenção nestes detalhes.
    No demais, a resenha despertou um pouco a minha atenção pelos pontos positivos apresentados. Mas, ainda assim, não o leria.
    Abraço, e sucesso com o blog :)
    http://oblogcaentrenos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Ah sei bem o que é gostar muito de um livro, mas tem algo que não funciona!! rs
    Livro hot não fazem muito o meu estilo e ao ler a sua resenha me desanimei totalmente pq não leria um livro que o cara chama a namorada de vadia o tempo todo. Isso sem falar que livros com muitos erros de português são uma grande decepção!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  9. Gosto de leitura do gênero, no meu caso, acho que como você teria uma relação de amor e ódio com esse livro. Pra mim é também incompreensível ter como apelido "carinhoso" Vadia. Simplesmente não rola! Mas fiquei curiosa sobre o segredo dos irmãos.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  10. Não é bem o meu tipo de leitura, confesso. Eu gosto de livros com enredos um pouco mais divertidos. Mas eu gostei da capa e acho que pode ser uma boa leitura pra mim.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie
    Cara, primeiro de tudo: meus sinceros parabens pela sua resenha super sincera! Adoro isso.
    Pra mim erros de edição afetam muito na minha leitura, sem contar que palavrões excessivos também não é algo que eu curta em livros.
    Entretanto, escuto tão bem dessa série que mesmo não gostando muito de livros hot, eu tenho vontade de ler hahaha

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir