(Este conto não é recomendado para menores de 18 anos)
♥ Meu Amante Vampiro ♥
Conto - Independente
Onde Comprar - Amazon

Este foi um dos contos liberados pela autora Flávia Cunha no ultimo feriado para download gratuito na Amazon e como expliquei na resenha de Pedido de Casamento (aqui) decidi baixar por ser uma leitura rápida.

Muitos entenderam erroneamente o fato de eu não ler e-books, e apesar de ser repetitivo, acho que terei que explicar sempre que tenho desvio na retina e não consigo fazer leituras extensas por nenhum meio de leitura digital, por isso prefiro os livros impressos, pois maltratam menos meus olhos e me cansam menos, sem falar nas oito horas diárias a que sou obrigada a cumprir diante de um computador de segunda a sexta.

Enfim... por se tratar de um conto, não há sinopse ou quote, então vou discorrer sobre ele brevemente aos interessados.

Como o título deixa claro, temos nesse conto um vampiro, mas não um vampiro qualquer. Adam é um vampiro sexy, cabelos longos, coberto de couro (isso te lembra alguma coisa? [IAN ♥]) que está em mais uma noite de caça quando encontra a raivosa Sarah Winter, que acaba de descobrir que não passava de um joguete nas mãos do namorado e caminha sozinha de volta para casa decidida a esquecê-lo.

Sentindo que está sendo observada e de certa forma seguida, Sarah tenta fugir, mas é abordada por um belo homem, que pede permissão para acompanhá-la até sua casa. Há um magnetismo entre o casal logo de cara e hipnotizada pro sua beleza ela permite que o homem a acompanhe até sua casa e se entrega a avassaladora paixão nos braços dele, sem saber que na verdade ele é um vampiro.

Eu me senti muito incomodada com o fato dela aceitar tão facilmente que um estranho a acompanhe até sua casa e ainda permitir que ele entre, principalmente pela forma como ele a aborda. Enquanto lia tive a sensação de que ela não perdeu totalmente o poder sobre si mesma, pois ele acha estranho o fato de não conseguir exercer completamente seu domínio sobre ela. Eu sei que ele é lindo de viver, que ela está magoada com o palhaço do namorado, mas de certa forma esse acontecimento alimenta aquele mito de que homem bonito não é violento, ou um suposto serial killer, estuprador ou algo do tipo.

Bem, eu relevei isso, pois tenho consciência de que qualquer estranho que me aborde na rua e peça para me acompanhar até a minha casa é digno de total desconfiança da minha parte, seja ele lindo ou feio, rico ou pobre, pois maldade não tem cara e não conhece beleza... Mas sei que muitas mulheres ainda se iludem com isso e são elas que se alimentam de informações como essa.

Tirando esse meu estranhamento durante a leitura não posso negar que há química entre eles, o sexo é selvagem, avassalador e envolvente. No Skoob, Flávia comenta sobre a possibilidade do conto virar um livro e eu gostaria de saber como ela trabalharia o romance entre eles, mas não sei se essa sensação de estranheza me abandonaria ao ponto de me entregar totalmente a leitura.

Vamos ver no que vai dar...



22 Comentários

  1. Oie, me identifiquei contigo, não leio e-book por causa da dislexia. É um problema para mim e tem muita gente que acha que é frescura, mas cada um é cada um e faz o que pode né.
    Não é um conto que eu leria, não gostei da temática dele e assim como você se um estranho me abordasse na rua iria desconfiar e sair correndo, porque sou doida.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito fã de contos, nem de escrever contos, por este motivo, as coisas precisam acontecer rápido e detalhes ficam mal explicados para o leitor. Se virar um livro eu também gostaria de saber como ela vai melhorar o romance, fazendo com que a garota seja mais cuidadosa consigo mesma, já que o vamp-sexy não tem total domínio sobre ela.
    Beijão, Mari

    ResponderExcluir
  3. Olha eu também sou obrigada a cumprir essas 8 horas de segunda a sexta e lhe entendo, porem amo livro físico mas estou aprendendo a ler em e-book, o Kindle paperwhite e ótimo pois ele parece realmente página de um livro então creio que não iria perturbar tanto sua retina, e nos lemos tão mais rápido quando fazemos isso.

    Enfim, gostei da sua resenha, o conto parece ser bem interessante, irei dar uma pesquisada nele.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Realmente também não sou fan de ebooks, além de ter de passar muito tempo lendo em cima de uma luz que realmente maltrata os olhos, prefiro investir dinheiro em livros físico, isso e uma questão minha. Não me interessei pela leitura do conto, pelo fato de achar a estória meio clichê, e previsível, e além do mais aborda um gênero que não costumo ler, mas para quem e fan de vampiro com certeza vai se interessar por essa leitura.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Acabei perdendo promoção, mesmo não sendo muitos e-books, achei esse livro bem interessante, primeiramente por ser um conto que é algo que quase não leio, porque os poucos que peguei por ser poucos paginas os finais acabam não se fechando e tirando essa parte meio louco de um estranha completo acompanhar a Sarah, gostei da historia e fiquei curiosa !!

    ResponderExcluir
  6. Oiii, tdo bem?
    Realmente me interessei bastante pelo conto, é um gênero que sempre quando posso estou procurando coisas novas para ler, me cativei de uma maneira incrível e esse foi o caso.
    Beijão <3

    ResponderExcluir
  7. Opaaa, eu amo vampiros e não conhecia a Flávia Cunha. Valeu pela dica. ;)
    Eu também leio pouco ebook, mas pq leio pelo celular e a tela é pequena.
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  8. Eu amo contos, adoro histórias de vampiros, mas não dou conta de romances. Esse estranhamento eu também tenho, e diria que nem é um estranhamento, eu não gosto mesmo. Pelo que você conta, a história não me atraiu nem um pouco como conto. Torço pra que ela consiga transformá-lo em um livro, mas não é pra mim.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  9. Oie, que bacana que a autora disponibilizou esse conto gratuitamente na amazon, eu gostaria de baixar, mas creio que não esteja mais grattuito, né? Bom, eu também estranharia isso de ela deixar alguém acompanhar até em casa e se entregar a ele já de cara. Acho que eu não leria pois não gosto do foco no hot, mas se virasse livro e ela desenvolvesse o romance eu daria uma chance para o vampiro sexy.

    ResponderExcluir
  10. Não curto contos, muito menos vampiros, e não leria principalmente por causa do sexo selvagem, nada me deixa mais entediada que cenas hot, principalmente uma sem sentido igual eu consideraria essa. Não ia conseguir relevar isso de ela deixar um estranho acompanhá-la e ainda entrar na casa dela... algo inconcebível pra mim.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Eu não gosto muito de contos, pois sempre sinto que falta algo no decorrer da leitura. É como se fosse algo muito curtinho, e não conseguisse sentir todas as emoções da história. Eu ainda não conheço a narrativa da Flavia, mas conheço ela através de suas publicações no facebook, e a acho muito simpática!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Adoro contos, mas esse infelizmente não me chamou a atenção, não curto nada que tenha vampiros. A narrativa da Flavia parece ser ótima, mas colocar um estranho acompanhando a moça até sua casa é loucura, loucura aqui e na Suécia!

    ResponderExcluir
  13. Concordo com o comentário da Kamila aí em cima..
    fiquei :O ohhhh..
    mas, tmb não leio ebook, bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá, confesso que tenho preferência por livros físicos, mas não tenho problemas com e-books. Adoro contos também e gostei da premissa que você apresentou. Certamente leria.

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Contos não são lá meus preferidos...tudo tem que acontecer muito rápido...hehe

    que título curioso! bem interessante!

    eu adoro a temática dos vampiros, mas esse tema mais picante não faz muito minha cabeça, então ainda to na dúvida se leria...por hora...to curiosa sim, mas não sei se leria agora!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá Raíssa!!!
    Eu não sou muito fã de contos, pois não me prende com facilidade.
    São poucos contos que eu realmente leio :(
    Porém acho que leria esse por ter vampiros no meio, afinal sou atraída por essas criaturas.
    Se um estranho me abordasse na rua e pedisse pra me acompanhar eu diria "NÃO!" e sairia correndo, vai que ele é um serial-killer ou um estuprador como você mesmo apontou.
    De todo acho que se o conto virá livro dar para explorar mais :)
    Parabéns pela resenha e até mais o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oie
    não é bem meu gênero de leitura então vou deixar a dica passar, mas bela indicação para quem curte vampiro se romance, uma mistura interessante

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Não gosto muito de contos pois sempre quero mais da história, mas a referencia a IAN me deixou querendo - e muito! - ler esse livro.
    Adorei a dica e já vou procurar o ebook para ler :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  19. Acho uma bobagem as pessoas criarem polêmica porque você prefere livros físicos. Sinceramente, ainda que você não tivesse problemas de visão, seria uma escolha sua. Temos direito às nossas escolhas. Eu leio os dois, tanto livros físicos, quanto os digitais, mas como disse é uma escolha minha. E eu até entendo você, pois tenho astigmatismo e, às vezes, preciso largar um pouco o e-book pois os olhos ficam muito cansados, mesmo de óculos. Eu gosto muito de contos de vampiros, então já vou dar uma procurada na obra para ler.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  20. Oi. Sou fã de livros físicos, mas leio ebooks e gosto muito. Gosto de contos e adoro enredos com vampiros, lobisomens...Obrigada por seus comentários, fiquei bem curiosa sobre conhecer mais da história e se tiver oportunidade, lerei. Abraços.

    ResponderExcluir
  21. Olá Raíssa, tudo bem?

    Adoro qualquer coisa que envolva vampiros, e até entendo a parte que envolve o hipnotismo de que eles são capazes. Mas, nos últimos tempos tem cada vez mais envolvendo essas criaturas mitológicas com romances, e eu definitivamente não acho isso legal. E eu concordo plenamente com você, ao dizer que é bem estranho a Sarah aceitar um cara que ela nunca viu na vida acompanhá-la até a porta de sua casa.

    Beijos,
    Gabriel Albuquerque

    ResponderExcluir
  22. Oi, Raíssa!
    Também acho estranho o fato da protagonista ter deixado ser acompanhada até em casa por um completo estranho, afinal quem ver cara não ver coração, né?!...
    Por ser um conto e por isso você não poder dá mais detalhes sobre a história não posso dizer se eu o leria, mas quem saber se a Flavia o transforme em um livro e assim eu conheça mais um pouco da histórias eu me interesse a ler...

    ResponderExcluir