♥ Enquanto Bela Dormia ♥
Ed: 01 - Arqueiro
Sinopse:
Nos salões de um castelo, uma confidente leal guardou por muitos anos os segredos de uma rainha linda e melancólica, uma princesa que só queria ser livre e uma mulher que sonhava com a coroa. Esta é sua história. Ambientada em meio ao luxo e às agruras de um reino medieval, esta releitura de A Bela Adormecida consegue ser fiel ao clássico ao mesmo tempo que constrói uma narrativa recheada de elementos contemporâneos. Nessa mescla, os dramas de seus personagens – um casal infértil, uma jovem que não aceita viver em uma redoma e uma família despedaçada pela inveja – tornam-se atemporais. Quando a rainha Lenore não consegue engravidar, recorre aos supostos poderes mágicos da tia do rei, Millicent. Com sua ajuda, nasce Rosa, uma menina linda e saudável. No entanto, a alegria logo dá lugar às sombras: o rei expulsa de suas terras a tia arrogante, que então jura se vingar. Seu ódio se torna a maldição que ameaça a vida de Rosa. Assim, a menina cresce presa entre os muros do castelo, cercada dos cuidados dos pais e de Flora, a tia bondosa e dedicada do rei que encarna a fada boa do conto original. Mas quando todas as tentativas de proteger Rosa falham, é Elise, a dama de companhia e confidente da princesa, sua única chance de se manter viva. E é pelos olhos dessa narradora improvável que conhecemos todos os personagens, nos surpreendemos com o destino de cada um e descobrimos que, quando se guia pelo amor – a magia mais poderosa do mundo –, qualquer pessoa é capaz de criar o próprio final feliz.


"Não sou tipo de pessoas sobre quem se contam histórias. 
Os que têm origem humilde sofrem suas mágoas e comemoram seus triunfos
sem serem notados pelos bardos e não deixam vestígios 
nas fábulas de sua época."
pág. 12



INCRÍVEL!!!



Meu mês de fevereiro, em questão de leituras, foi um desastre. O feriado que era para ser produtivo, acabou sendo um atraso e os livros que eu pretendia ler ficaram atrasados. Motivo? Acho que meu grau aumentou, pois meus olhos andam cansando com muito mais facilidade de uns tempos para cá, para melhorar ainda mais, me mudei novamente e o calor (delícia... sqn) abrilhantou ainda mais meu mês de fevereiro. Com isso a leitura desse livro incrível acabou sendo protelada por muito tempo, mas enfim, consegui. 

Não sou grande fã de contos de fadas, já falei isso nas minhas resenhas da série Encantadas, publicada pela Única então, já não é mais nenhum segredo para vocês esse fato. Mas vou confessar que foi difícil resistir a essa capa e dou graças por ter me encantando tanto ao ponto de solicitar esse livro para leitura critica.

Toda a história é contada por Elise, a criada que esteve ao lado da realeza e viu cada um dos acontecimentos que conhecemos no conto de fadas da Bela Adormecida como realmente eles aconteceram, ou supostamente, se assim desejar. Vamos conhecer desde a vida dura da jovem na pequena fazenda da família, seus amores e desamores, até mesmo seu sonho de ascender na criadagem do castelo e como é perigoso para uma menina cheia de sonhos participar dos jogos de poder protagonizados pela nobreza.

O livro começa com Elise, já idosa, ouvindo sua bisneta relatar o feito histórico do belo príncipe subindo até a mais alta torre e despertando a princesa adormecida com um beijo apaixonado que os faria viver felizes para sempre. Como testemunha ocular do que realmente aconteceu, ela decide contar toda a história para sua bisneta jogando-nos na maior e talvez mais intensa viagem às agruras da idade média.

Ela começa então a relatar sua trágica história desde os tempos em que vivia ao lado da mãe e do padrasto na fazenda da família. Sua mãe fora uma grande dama e sempre incutira em sua cabeça que ela devia lutar para ter uma vida melhor que aquela que tinham na zona rural. Apesar das dificuldades, ela aprendeu a ler e a escrever e conforme o tempo passa, mais a menina Elise se pergunta porque sua mãe trocou tudo o que tinha no castelo para viver aquela vida dura ao lado do homem rude que até então ela acredita ser seu pai.

Um belo dia, Elise passa mal e logo se vê prostrada em cama vítima da varíola. Ela não sabe o que está acontecendo e quando enfim tem um momento de lucidez, descobre que sua mãe e seus irmãos também estão infectados. Dos muitos irmãos, apenas ela, o pai e mais um dos meninos sobrevive a doença que dizimou todos na família.

Com a morte da mãe, ela não tem mais motivos para ficar e aos quatorze anos ela consegue ingressar como camareira no Castelo com a ajuda de uma velha amiga de sua mãe e sua tia Agna. Aos poucos a menina vai ganhando a confiança de todos e acaba caindo nas graças da rainha.

Apesar de ainda ser jovem, a soberana ainda não concebeu um herdeiro para o trono, o casamento antes tão ligado pelos fortes laços de amor se encontram abalados e o povo, mesmo amando seu rei, sabe que os dias daquele reinado estão contatos. Desesperada a rainha faz um trato diabólico com Milicent, uma mulher ambiciosa e perversa, sedenta de poder que poderá destruir para sempre tudo e todos a partir daquele trato. Uma maldição tirará o sono e a paz de todos por anos e uma vingança engendrada por uma mente maléfica dizimará a todos e apenas Elise será capaz de salvar a vida da jovem princesa que virá a nascer.

Eu poderia esmiuçar aqui cada acontecimento do livro e deixar vocês ainda mais instigados a ler o livro conhecendo melhor certos pormenores do enredo, mas se eu fizer isso, acabarei com a mágica que é entrar nesse drama tão cheia de mistérios, sofrimento, mas também cheio do amor mais puro e verdadeiro capaz de vencer tudo, até mesmo as mais duras agruras da vida. Ou seja, conheceremos tudo sob a ótica da Elise e o transcorrer de toda a trama será recheada de reviravoltas que apenas aqueles se se dignarem a ler, poderão descobrir até onde tudo o que iniciei da trama aqui na resenha poderá te levar.

Achei o final um pouco corrido, principalmente em se tratando do romance da própria Elise e seu grande amor, Marcus. E senti que algumas arestas ficaram soltas, mas no mais o livro é perfeito. A autora conseguiu me emergir naquela trama de forma mágica e visceral, e é praticamente impossível não sentir sua dor e seu desespero com o descortinar de tudo. Tudo é tão real, tão cru que ao término você tem aquela certeza de que aquilo pode realmente ter acontecido em algum momento da nossa história mundial.

Não diria que o livro é um romance, pois, por mais lindos que sejam os acontecimentos românticos que irão aparecer, eles não são o foco, então o livro irá agradar a todos que curtam uma boa trama ambientada na negra e tempestuosa idade média, cheia de pestilências, miséria e guerras.

Vale muito a pena conhecer essa história!

book cover of 

While Beauty Slept 

 
 (Este livro não foi publicado em Portugal)

14 Comentários

  1. Gostei da sua resenha! Já li outras em que li críticas iguais as que você fez, mas mesmo sabendo desses defeitos continuo com vontade de ler, pois adoro histórias relacionadas a conto de fadas. E gostei de saber que o foco não é no romance, faz toda a diferença!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto de releituras de contos de fadas, pois acaba que o autor dar inúmeras possibilidades de revermos o conto.
    Porém, mesmo eu gostando de releituras essa foi uma das que não chamou minha atenção mas quem sabe um dia??
    Até uma próxima o/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, meu fevereiro também não foi muito produtivo em relação a leituras em relação a quantidade. Li apenas 3, mas eles valeram a pena. Com a quantidade de recontos de historias clássicas, tenho achado bem enfadonho, sabe. Mas essa sinopse , uall! e Sua resenha me instigou bastante. Notei que apesar da história tentar ser fiel, existem muitos aspectos novos o que era de se esperar mesmo, e ainda assim, não tira a riqueza da obra. Sem dúvida é uma boa dica de leitura.

    Um super beijo.
    http://dialetica-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Nossa eu estou doida para ler esse livro, quero muito, o que mais me despertou a vontade foi a capa, está linda não e? Amei sua resenha, só me deixou com mais vontade ainda de ler o livro, parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Amei sua resenha, já tinha me encantado pela capa e agora ao ler sua resenha pude ter certeza de que vale a pena ler esse livro.

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oie.
    Adoro releitura de clássicos, conto de fadas são sempre muito bons.
    Pena que o final do livro, para você foi corrido, eu fico um pouco decepcionada com isso acontece comigo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  7. Olá

    Adorei sua resenha!
    Eu não curti a série Encantadas, abandonei. Se fosse semelhante, não ia chamar minha atenção.
    Mas como vc falou que romance não é o foco e sim a idade média, me interessei.
    Apesar do final um pouco corrido, como vc citou, com certeza daria uma chance a esse livro.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oiee, já tinha visto este livro por ai, porém, ainda não sei se vou chegar a ler. Sua resenha ficou ótimo, no entanto, não é muito meu estilo literario, mas um dia tentarei ler

    Beijos da Fê
    As Catarina´s / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  9. Incrível é pouco.. ele é perfeito! divino! kkkkkk,
    e essa capa????? Morri...

    ah, concordo com vc, o final ficou um pouco corrido, mas nem assim deixei de amar.rsrsrs
    abraços.

    ResponderExcluir
  10. Olá, eu amo tudo o que é relacionado a contos de fadas, releituras deles, etc. Por isso, Enquanto Bela Dormia é um livor que já chamou minha atenção e vendo resenhas que comprovam que ele é uma boa leitura fico super animada para lê-lo.

    ResponderExcluir
  11. Estou querendo muito ler esse livro, desde a primeira resenha que li. Sou apaixonada por releituras de clássicos, e me parece que essa ficou excelente. O livro já está na minha lista e pretendo ler o mais rápido possível. O problema é o tamanho da minha lista! hahaha

    Tatiana

    ResponderExcluir
  12. Oi, acho essa capa linda, eu adoro esse tipo de livro e estou louca pra ler esse haha

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Raíssa!
    A capa de Enquanto Bela dormia é mesmo muito linda mas confesso que a sinopse não me atraiu tanto, a história contada pela ótica de Elise não despertou minha curiosidade, sem falar que não curto drama e nem livros onde o romance não é o foco... Enfim, não tenho dúvidas que esse livro não é pra mim.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  14. Ao contrario de você, eu gosto de contos de fadas, ainda mais com estas novas versões. Esta capa está linda mesma, e de cara me chamou atenção, mas sem dúvida o enredo do livro é ótimo e fica a altura da capa.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir