Olá, amores!! Tudo bem?

Assisti Persuasão há algumas semanas já, mas não estava preparada para vir relatar minha experiência para vocês, pois ao término do filme fiquei realmente sem entender ao certo meus sentimentos em relação a trama. Confesso que não foi a melhor das experiências com as obras cinematográficas baseadas nos livros da autora, mas não foi o suficiente para me fazer descartar a leitura do livro que pretendo fazer em breve.

Que sou perdidamente apaixonada pelos livros da Jane Austen não é para ninguém uma grande novidade, e que não li todos os livros dessa grande autora também não é nada de diferente do que vocês já sabem sobre mim. Mas acredito que algo que seja realmente novidade é o fato de eu ter feito para mim uma meta de assistir todos os filmes baseados nas obras dessa grande mulher e assim que encontro algum disponível na internet assisto para vir aqui relatar para vocês.
O filme selecionado da vez foi Persuasão, baseado na obra de mesmo título escrito pela Jane Austen.

A história começa oito anos após o rompimento da relação de Annie e o Frederick, quando a família da jovem está indo de mal a pior nas finanças, mas ninguém está disposto a mudar o estilo de vida pomposo ao qual os grandes cavaleiros da nobreza vivem. Annie, está com vinte e sete anos, sem nenhuma perspectiva de se casar e se vê jogada de uma casa a outra. Ela é extremamente infeliz, sente-se rejeitada, e sua opinião dificilmente é ouvida e sua índole dócil não lhe permite realmente tomar grandes atitudes.

Enquanto prepara a mudança do pai e da irmã caçula, Annie recebe uma carta de sua irmã mais velha para ir cuidar dela e de sua saúde frágil. Assim que tudo está preparado para a partida, ela segue para a casa de sua irmã para descobrir que o casal que irá alugar a casa de sua família faz parte de um passado que ela preferia não ter de lidar. A irmã de seu antigo amor irá alugar a casa que sua família.

Ela não quer se envolver com os parentes de sangue de Frederick, mas é impossível para ela evitar conhecer as pessoas quando sua irmã é casada com o reverendo do local... um jantar ao lado da irmã de seu antigo noivo não faria mal a ninguém, mas a presença do próprio Frederick Wentworth na região poderia mudar toda a sua rotina e fazê-la repensar as decisões que tomou no passado.


O filme é um rolo total, passei muito tempo tendo pena da Annie e pensando: "Poxa! Que situação de merda!". Ela é mal tratada pela família, as pessoas pouco se importam se ela está bem ou não e é nítido que ela é uma pessoa extremamente deprimida e solitária. Então, o homem que ela amou e ainda ama, surge de volta em sua vida cheio de desprezo para com ela, montado em muitas libras, e você a vê cada vez mais fechada em si mesma e se apieda.

Realmente uma mocinha digna de pena, mas tudo isso muda quando realmente começamos a conhecer o passado do casal e toda a sua pena vira um pouco de revolta. Apesar de não fazer parte da nobreza, sua família tem um certo status e quando ela decidi se casar com  Wentworth todos, sua família, sua madrinha e seus amigos... todos...  dizem a ela que se casar com um rapaz que acaba de entrar para a vida militar na marinha britânica não é a melhor escolha para uma jovem como ela e conseguem persuadi-la do noivado.

Pois bem, é a partir daí que eu vi todo o sofrimento da Annie como resultado da sua própria fraqueza, e falta de opinião. No passado ainda relevei, pois ela era muito jovem e sugestionável, mas quando Wentworth retorna e ela fica cheia de medos, inseguranças e continua dando ideias às coisas que as pessoas falam sobre ela e sobre ele também, que vi que ela é totalmente tapada.

Aos vinte e sete anos, vivendo o inferno que vivia ela ter demorado tanto pra notar que todos a sua volta tentavam, e muitas vezes conseguiam, manipulá-la da forma como bem lhes aprouvesse foi demais para minha cabeça.

Obviamente, ela não vai vegetar eternamente em relação ao amor que sente por Frederick,  até porque ele ainda a ama intensamente e está disposto a abrir mão dela mais uma vez se ela assim decidir e vai caber a ela, apenas a ela.... definir o destino desse amor... e vou dizer viu... se existe uma mocinha mais indecisa do que esta, está para nascer.

Bem... essa é a minha opinião sobre o filme.

Vocês já estão bem acostumados com meus cricris com mocinhas de personalidade fraca, mas esses chiliques da Annie não estragam de todo a história que é cheia de mal entendidos e mal intencionados, acabamos torcendo para que ela caia a ficha logo e corra atrás do homem que ama e isso é o mais gostoso do filme.

Eu gostei bastante da história, pretendo ler o livro, mas ao menos já estou preparada para o que poder vir, então, não vou me enraivecer tanto com a Annie... rsrs

ASSISTA ONLINE - LEGENDADO: AQUI (YOUTUBE)

2 Comentários

  1. Olá!!!
    Eu realmente admito que adoro Jane Austen e acho suas histórias muito gostosas, além dos filmes baseados em suas obras.
    Adoro também a história dessa autora incrível e como ela conquistou as pessoas mesmo quando não podia divulgar que era ela que escrevia seus livros.
    Orgulho e Preconceito logicamente é meu preferido, mas das adaptações foi ainda a única que pude assistir.
    Fiquei curiosa para ver Persuasão e eu tenho uma certa coisa com mocinhas, só espero gostar da história :)
    Também, pretendo ler todas as obras de Jane Austen :D
    Até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nadando contra a maré,eu devo ser uma das poucas que nÃo gosto do filme Orgulho e Preconceito...achei ele super confuso sabe,mesmo só eu achando isso rs
    Mas e esse então que até você que é fà da Jane Austen achou confuso,então com certeza vou passar longe rs

    E ah,Senhor meu Deus me perdoe,mas genteee achei esses protagonistas do filme muito feio kkkk quando eu imagino um filme de romance,os mocinhos são de tirar o fôlego e as mocinhas arrumadas kkkk sem preconceito,mas o casal tá meio feinho rs

    Enfim,de um jeito ou de outro esse enredo não me atraiu mesmo,então foi bom ler sua resenha para mim ter certeza que esse filme não É para mim!!

    Bjsss

    ResponderExcluir