(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)

♥ Jogos do Prazer ♥
Ed: 01 - Arqueiro
Sinopse:
A bela Roselyn Longworth já aceitou seu destino. Depois que o irmão fraudou o banco em que era sócio e fugiu do país levando o dinheiro dos clientes, suas finanças ficaram arruinadas, assim como suas chances de conseguir um bom casamento. Por isso foi fácil acreditar nas falsas promessas de amor de um visconde. Mas a desilusão não demorou a chegar: quando Rose não se sujeitou a seus caprichos na cama, o nobre se vingou leiloando-a durante uma festa em sua mansão. Ela acredita que o destino lhe reserva um fim trágico. Ainda mais ao ser arrematada por Kyle Bradwell, um homem que venceu na vida pelo próprio esforço, mas não é bem-vindo nos círculos mais exclusivos. Mas a jovem é surpreendida pela atitude dele, que a trata com um respeito e uma gentileza que ela não recebia desde antes do escândalo envolvendo o irmão. Quando Rose finalmente descobre o que está por trás do comportamento de Kyle, é tarde demais: já foi fisgada pelo homem que conhece seus segredos mais íntimos.



"O inferno não era feito de fogo e enxofre, concluiu. 
Era feito de um cruel autoconhecimento. 
No inferno, você aprende a verdade sobre si mesmo. 
Enfrenta as mentiras que disse à própria alma para justificar um erro."
pág. 05




APAIXONANTE!


E a primeira resenha de 2016 é do ultimo livro que li em 2015... rsrs

Quem acompanhou minha resenha do livro anterior sabe que aquela minha empolgação com as obras da Madeline Hunter deram uma esfriada exponencial (resenha aqui). Esse fato me fez ficar um tempo afastada das sequências já publicadas pela Arqueiro da série Irmãos Rothwell.

Porém, entretanto, toda via... eu precisava ler para por minhas leituras da parceria com a editora em dia e lá fui eu enfrentar a leitura, do que a minha mãe chamou de: 'o melhor livro da série'. Ainda não sei dizer se ele é realmente o melhor dos quatro livros, até porque tenho um carinho especial e uma paixonite platônica pelo Easterbrook, mas com toda certeza foi o melhor dentre os três que li até o momento e mereceu as cinco estrelas que ganhou no Skoob.

Dizem que quando estamos em situações desesperadoras optamos por medidas desesperadas e Roselyn acaba fazendo uma péssima escolha em um péssimo momento. Claro, que fiquei com muita raiva dela por ficar passando a mão na cabeça do irmão safado que ela tem e isso ainda não me desce direito, mas relevei muita coisa, porque o grande astro desse livro é o Kyle, o cavaleiro de armadura reluzente que vai salvar essa tapada das próprias burrices dela.

Tudo começa quando Rose, iludida pelas intenções de Norbury, decide se entregar ao futuro conde na ilusão de um casamento que poderia ser vantajoso para ela e a irmã que estão numa penúria desesperadora por conta do roubo cometido pelos dois irmãos que deviam zelar pela vida delas. Só que ela não sabe que Norbury é um dos prejudicados pelo roubo de seus irmãos e o que ele realmente quer é vingança.

Quando a ficha dela caí, sua honra já está manchada e o pouco de dignidade que ainda lhe sobra começa a ser leiloada para um grupo composto pelos maiores libertinos de Londres. Sua salvação? O homem que acabara de entrar no salão e que parecia não estar nem um pouco feliz com o que estava acontecendo ali.

Kyle é arquiteto e está criando projetos para o pai de Norbury, a quem ele deve a posição que se encontra atualmente. Se não fosse pelo velho conde, ele ainda estaria trabalhando em uma mina... Ele e Norbury tem uma velha rixa, que perdura há anos, cuja única trégua se mantém devido ao pai do lorde que está definhando aos poucos.

Porque ele está naquela casa de orgias do futuro conde? Pois bem... não era para participar da festa, muito menos para participar do escandaloso leilão que Norbury fazia de Roselyn Longworth, uma bela dama a quem sempre admirou em segredo, estava ali por conta do trabalho e de alguma forma o destino o mandou até lá para salvar a bela dama do que está acontecendo.

Ultrajado com o que se descortinava diante de si, Kyle dá o maior lance para salvar a moça daquela humilhação. Só que não será fácil tirá-la de lá quando ela imagina que suas intenções com um lance tão alto são outras. Kyle, sabe de suas origens e se orgulha de ter chegado tão longe na vida, então também sabe, que independente do valor pago pela moça, ela ainda se encontrava acima dos seus desejos.

Rose sabe que sua vida está desgraçada para sempre, que ninguém nunca mais a aceitará novamente na sociedade, então assim que saltam da carruagem diante da casa de lorde Hayden, ela sabe que sua vida será fria e solitária para sempre.

Assim que entrega a perturbadora senhorita Longworth aos familiares, Kyle imagina que nunca mais a verá após todo esse escândalo e que sua vida seguirá como sempre foi, mas uma inesperada carta do marquês de Easterbrook o deixa curioso sobre o assunto que o lorde gostaria de tratar com ele, um simples filho de mineiros.

Um casamento, é isso que Easterbrook tem a lhe propor, um casamento com a senhoria Longworth. As vantagens são muitas, principalmente para sua carreira, mas o que realmente o leva a pesar os pós e os contras das propostas do marquês é a atual situação vexatória que bela dama se encontra.

Decidido a pensar no que lhe foi proposto, Kyle vai visitar Roselyn na casa da família e se impressiona com a forma simples com que a grande dama vive. A casa está praticamente vazia e os mantimentos são escaços. Rose cuida de tudo sozinha e isso o impressiona.

Uma proposta... é tudo que ele precisa fazer para que a vida de ambos mude para sempre. Um casamento por conveniência que poderia salvar Roselyn da desgraça em que se encontrava e elevar Bradwell aos círculos sociais do Marquês de Easterbrook.

Rose tinha outros planos para escapar da trágica vida que lhe esperava a partir do momento que escapa das mãos de Norbury, mas uma proposta de casamento vinda do Sr. Bradwell lhe dá uma outra luz para a situação que se encontrava.

Kyle não é apenas seu salvador, é também o único homem capaz de provocar nela sentimentos inusitados e totalmente desconhecidos. O fato de usa origem humilde não é um problema para ela, uma dama cuja honra fora manchada por um crápula... tudo o que ele quer é ajudá-la, honrá-la e salvá-la daquela desgraça. Rose ainda não vê nenhuma vantagem naquele casamento para Bradwell, além do desejo que parecia consumi-los quando se tocavam.

Rose terá de conhecer o passado do marido para entender e conhecer a pessoa que ele é e, Kyle, fará de tudo para protegê-la dos males que ainda virão com a prisão de seu irmão. Rose é um tanto quanto ingênua e cabeça dura, isso me irritou um pouco, mas ela se redime quando a vida de Kyle começa a se descortinar... em momento algum ela se envergonha do marido que tem e quando alguém insinua qualquer coisa sobre as origens dele, ela se ofende e isso me encheu de orgulho dela, pois Kyle é um dos personagens mais perfeitos e honrados que já li até agora. Ele é simplesmente perfeito e encantador, mas nada disso faz dele o único ponto positivo do enredo.

O livro é cheio de reviravoltas, de certa forma isso me impede um pouco de revelar mais coisas sobre a trama que é cheia de pormenores. Tudo começa com o resgate dela e vai se desvendando após o casamento, numa sucessão vertiginosa de acontecimentos que nos leva a conhecer tão intimamente cada um dos dois e acompanhar o laço íntimo e amoroso que vai unindo os dois personagens. A trama é cheia de mistérios e isso te prende da primeira página à ultima, numa leitura deliciosa e cheia de pequenas surpresas.

Eu sou suspeita em falar de romances de época, então nem vou falar que recomendo o livro a todos os amantes de romances de época também.

book cover of 

Secrets of Surrender

28 Comentários

  1. Olá!

    Adorei sua resenha e fiquei com mais vontade ainda de ler esse livro. Uma amiga já havia me indicado ele antes, mas ainda não tive a chance de ler. Fico feliz que esse livro tenha reanimado sua vontade de ler os livros de Madeline Hunter.

    Beijos!

    http://cantinhodacult.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, começo dizendo que amei esse seu trecho: " o cavaleiro de armadura reluzente que vai salvar essa tapada das próprias burrices dela." e confesso que apesar de ter visto diversas vezes o livro eu nunca me interessei em solicitar para ler ou comprar... A sua resenha me fez repensar isso, porque esse parece ser o tipo de história que me atrai e o Kyle o tipico homem por quem eu me apaixono ~são tantos em diversos livros~ então surgiu o interesse. Gostei do fato dela ser humilde, odeio protagonistas metidas ou que se fazem de pobre coitada e não sabem fazer nada se não for com empregados ou com um homem ao lado u.u kk claro que tem momentos que ter o homem ao lado é bom... Enfim kkk Acho que vou adicionar a minha lista de leituras, vamos ver se gosto! Parabéns pela resenha.
    Beijos
    - Bruna
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  3. Oii
    Amo romance de época e a Arqueiro arrasa em todas as series desse gênero..ainda não li nenhum livro da Madeline e espero mudar isso em 2016 ^^ tenho alguns ebooks dela que já irei começar a ler!!! \o/

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2015/12/resenha-primeira-chance-abbi-glines.html

    ResponderExcluir
  4. Olá, ano passado eu descobri os romances de época e me encantei com o gênero. Eu ainda não conhecia essa série e pelo que vi na resenha, eu acho que gostaria muito de ler. Parecem ser viciantes e apaixonantes esses livros.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da Madaline, infelizmente. Gostei bastante do que você falou sobre o livro e a história em si. Estou com um projeto de ler mais romances, new adults, YA, etc, e acho que Jogos de prazer pode entrar na listinha. E eu to meio na vibe de romances de época, então lá vou eu.......... haha parabéns pela resenha. :)

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    nunca fiz o estilo de ler livros de época. Não consigo manter a leitura e ainda não descobri o porquê. Mas vou começar a ler esse ano para tentar me adaptar a leitura. E mesmo após seus comentários negativos em relação a série, eu vou tentar começar a ler ele!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Que história é essa? NOSSA!
    Nunca tinha ouvido falar do livro, mas já necessito dessa leitura.
    A história é interessante e sem clichês, algo muito difícil de se encontrar hoje em dia nos romances, seja de época ou não.
    Gostei muito da resenha!
    Beijos, Lara.
    http://www.imperio-imaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu só li o primeiro livro da série e curti muito. Que pena que os próximos não são tão bons, mas pelo menos o quarto voltou com tudo né? Adorei a história desse, mas quero passar pelos dois anteriores ainda. Vamos ver!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!!
    Ainda não tive o prazer de ler o primeiro livro da série, mas agora que me deliciei com a sua resenha, vou me dar esse prazer!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Nunca li nada dessa autora. Para falar a verdade não a conhecia, mas parece ser um bom livro. A resenha está ótima e bem detalhada. Vou procurar saber mais a respeito dos demais livros... fiquei curiosa. Bjks!
    Hanna Carolina.

    ResponderExcluir
  11. Como assim, que cara babaca, leiloar a moça por ela não ceder às vontades dele??? OI??? Acho que se eu pegar o livro pra ler vou odiar o personagem com todas as forças. Acho interessante os romances de época.
    -Mari

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Menina, nem me fale que o primeiro livro foi lido em 2015 kkkkk As minhas primeiras publicações do ano também foram de livros lidos em 2015 kkk Eu já li esse romance, e é muito bom! MAdeline Hunter entrou para a minha lista de melhores livros! Essa série é tudo de bom, gostei desde o primeiro livro, e o última você vai adorar.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi Nunca li nada da autora, mas tenho bastante curiosidade pois sou super fã de Romances de época e ela é um nome forte do gênero.
    Espero esse ano poder fazer alguma leitura dela. Curti muito a sua resenha, você conseguiu despertar bastante o meu interesse, beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    Amo romances de época, então essa é uma série que eu estou doida para conhecer. Estou com os livros aqui já, mas ainda não criei coragem para ler, nem tempo, mas desse ano não passa. Fico feliz que você tenha gostado desse livro, me deixou mais animada para ler. Espero que o próximo seja ainda melhor.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Sou apaixonada por romances de época. Acho tudo tão glamouroso, desde as falas a descrição das roupas e lugares.
    Ainda não li nenhum livro dessa autora e fiquei bastante curiosa agora, vou adicionar a minha lista de leitura. Que bom que esse livro lhe saiu melhor que o esperado.
    beijos
    http://diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Tenho muita curiosidade por ler os livros da Madeline, pois sempre vejo elogios para eles.
    Gostei muito da sua resenha e ela me animou, ainda mais, a ler o livro, pois achei interessante o livro ter reviravoltas e possuir um quê de mistério.
    Espero ter a oportunidade de ler e gostar.
    Beijos ♥
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. oooiii, tudo bem? Eu amo reviravoltas, mas mesmo assim, não sei se gostaria desse livro, detesto personagens que não enxergam coisas ruins, e o modo como você falou de uma personagem que ficava passando a mão na cabeça do irmão... não teri paciência mesmo para isso. Em fim, esse livro não me chamou nem um pouco a atenção, mas já que você achou ele melhor do que os outros 3... tudo bem :D Beijos
    Sthe - Blog
    http://leesoncre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oii
    Pela sua resenha o livro parece ser bem interessante. A capa também é muito bonita. Estou começando agora a ler romances de época. Espero conhecer os da autora.
    Bjus

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Ainda não li o primeiro livro da série, então fiquei um pouco perdida, mas pelo que entendi o livro (mesmo não sendo o melhor da sua opinião da série) é muito bom, pois é cheio de reviravoltas com os personagens e tals.
    Espero poder ler essa série em 2016, já está na minha lista a um tempinho rsrs

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  20. Não li nenhum livro dessa série e confesso que no momento não me recordo de nenhum detalhe de suas tramas, e se não me recordo é porque não despertaram meu interesse... Em relação a Jogo do prazer, mocinha tapada que comete burrices uma atrás da outra é um tanto desanimador, não tenho paciência para personagens desse tipo. Pelo visto, o grande destaque é o Kyle, se eu fosse ler leria só por causa dele.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  21. Não sei se entendi bem os acontecimentos iniciais do livro... ela se entrega para um cara e depois ele a leiloa? Com que objetivo e que vantagem ela tem nisso? Realmente deu nó na minha cabeça... hehe... De qualquer maneira, não fiquei com vontade de ler, não fui conquistada pelos romances de época e, mesmo que você tenha achado esse o melhor livro da série até agora, ela não chama a minha atenção.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Eu comprei esse livro, mas ainda não tive oportunidade de ler. Fiquei muito feliz de saber que a história é apaixonante, pois me motiva a ler. com certeza os livros dessa série são minha próximas leituras.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Ooi,
    Não conhecia o livro nem a autora porque estou meio por fora dos romances de época. Mas gostei do seu entusiasmo em relação a escrita e isso me deixou com muita vontade de ler.
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  24. Olá.
    Acredita que estou com essa série completa, mas ainda não li?
    Essa trama parece ser bem envolvente, com o belo cavalheiro, salvando a mocinha nem tão donzela de uma situação mais do que vexatória.
    Quero ver como irá realmente desenrolar esse relacionamento deles.
    Amei sua resenha beijo!

    ResponderExcluir
  25. Olá! Nunca li nenhum livro dessa série. Gostei bastante da sua resenha, ela explanou bastante a essência do livro, até mesmo eu que nunca li deu para entender legal. me interessei pela leitura, beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Eu amo romances, e se tratando de romance de época eu sou muito fã!! Ainda não li nenhum livro dessa série mas já estou muito interessada! Gostei muito da sua resenha! Já quero a série!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Eu acho que essa é a capa mais linda dos quatro livros. Se bem que as novas edições dos dois primeiros ficaram melhores... Saber que ele é um cinco estrelas me deixa com ainda mais vergonha de não ter lido ainda - pior, tenho os quatro na estante e nada de incluir eles na lista de leitura...
    Gostei de saber que ele tem mistério e surpresas - me deixou ainda mais curiosa e empolgada para conhecer essa família :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  28. Nossa,eu A-M-O romances históricos,sou apaixonadaaaaaaa!!! Eu amei essa sinopse,apesar de até hoje não ter lido um livro onde a mocinha é leiloada,mas por tudo que você descreveu creio que vou gostar do livro,é do tipo de romance que gosto!

    Achei super legal o mocinho já gostar da protagonista antes de "comprá-la",então isso já dá mais romantismo á história mesmo com um leilão rs
    Mas fiquei bem curiosa sobre essa personalidade do mocinho,sobre o que ele esconde sob sua fachada que pode prejudicar o relacionamento com a mocinha.

    E muito bom saber que a mocinha nÃo têm nenhuma vergonha ou receio das origens humildes do marido,diferentemente de um livro que li esses dias da Lisa Kleypas em que a mocinha era um pouco preconceituosa e isso me irritou profundamente :/

    Ainda não li nada da Madeline,mas amei esse enredo,de verdade!! Vou adicionar na minha lista.
    Bjinhos :*

    ResponderExcluir