(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)
♥ Meu Garoto ♥
Ed: 01 - Métrica
  
Compre: Editora || Amazon 
Leia - Wattpad
Sinopse: 
 Lia foi traída por seu marido e mesmo sem o apoio da família, decide deixá-lo. Do alto de seus trinta anos e três anos, se envolve com um rapaz doze anos mais novo e seu desafio será descobrir se o amor é maior que o preconceito.




"Ele apenas sorriu em resposta. 
Aquele sorriso largo, lindo e incrivelmente inocente. 
Já percebeu que perdemos essa capacidade? 
Essa capacidade de sorrir com o olhar, essa pureza,
esse otimismo, essa vontade de viver.
Apenas os jovens possuem essa capacidade, porque
a dor e a maturidade vão sulcando nossa expressão,
matando nossos sonhos, amargando nossos olhares.
Talvez fosse isso que me atraia nele.
Talvez eu visse nele tudo o que eu gostaria de recuperar"
pág. 90



INCRÍVEL!!!


Acredito que ultimamente tenho sido bem repetitiva quanto minhas exclamações iniciais das resenhas, mas não dá para descrever esse livro de outra forma a não ser total e simplesmente INCRÍVEL. Tive a oportunidade de ler o livro em parceria com a autora (acho que depois de ler tantos livros dela, já posso chamar de parceira, não?) e ao fim me senti muito privilegiada por poder estar dividindo com vocês uma experiência única de leitura.

Para quem não sabe, Lilith Evans é o pseudônimo de Elaine Velasco e por mais que eu já tenha conhecido e me agradado e muito da sua escrita antes, esse livro me surpreendeu e superou toda e qualquer expectativa que poderia ter sobre suas obras.

Peguei o livro, ontem (20/12/15) displicentemente para dar uma olhada e quando vi já tinha terminado essa leitura que me deu muito o que pensar e repensar sobre muitos conceito e preconceitos que existem na minha vida. Pode parecer estranho falar isso de um livro que tem tudo para ser só mais um romance erótico, com a diferença de que temos uma mulher mais velha e um rapaz de 21 anos, mas não é... vai muito além que safadeza e no fim, tem sim... uma bela lição para quem está disposto a aprender.

Quando me disponibilizei para conhecer a obra e resenhá-la, acreditei ser um romance erótico como outro qualquer. Não vou ser hipócrita em dizer que não olhei com certo preconceito para o envolvimento de Lia e Felipe, pois olhei sim e julguei também, mas como não fujo de um bom romance erótico, dei de ombros e me entreguei nessa leitura envolvente. Quando a ultima página me levou a fechar o livro só conseguir me jogar no travesseiro e dizer: CARAMBA! QUE INCRÍVEL!

Lia tem trinta e três anos, é escritora de romances sobrenaturais (será que a semelhança é mera coincidência?) e esteve casada por sete anos com Augusto, um dentista safado que fez questão de 'comer' a secretária bem no consultório que Lia o ajudou a montar e a construir, trabalhando três turnos como professora. 

A história começa dois meses após a separação com o marido, é Natal, e Lia já está um pouco altinha quando recebe uma ligação de Daniela, sua melhor amiga de toda a vida, convidando-a para ir encerrar a noite lá na casa dela. Sem muita alternativa Lia decide ir e se depara com Felipe, irmão caçula de Daniela.

Lia é amiga de Dani, desde a adolescência e conhece Felipe desde que ele era um moleque com remela nos olhos e ranho no nariz, mas com o tempo e a diferença de idades, cada um seguiu o seu caminho. Lia se casou e teve dois filhos... enfim, seguiu sua vida e Felipe estava agora retornando para casa com seu diploma em Educação Física, tão lindo que os sentidos de Lia se abalam quando o vê pela primeira vez depois de tantos anos. Ao saber que o rapaz está solteiro, ela decide brincar com a amiga dizendo que agora elas poderiam ser da mesma família, mas obviamente a coisa não sai bem como uma piada e o que Lia não sabe é que Felipe, desde a adolescência nutria por ela uma paixonite, que esfriou com a distância, mas que se reacendeu naquela simples brincadeira na noite de Natal.

Felipe parece saber que sua presença afeta os sentidos de Lia e ele está certo. Ela mesma não consegue entender o que está acontecendo. Uma única noite, é tudo que eles precisavam para matar a vontade e num momento de loucura, Lia cede aos seus desejos e se entrega perdidamente ao toque do rapaz.

Todos criticam o fato de Lia não perdoar o marido e voltar para ele. Atualmente ela vive com os pais e sua mãe a cobra a todo o momento e a critica também, tanto sobre o casamento, quanto sua escolha de trabalho. Lia está confusa, perdida... todos parecem estar contra ela, ninguém parece notar que ela quer ser feliz, ninguém compreende que ela não está fazendo nada de mais além de buscar sua própria felicidade. 

O caso secreto entre ela e Felipe continua frenético, intenso, selvagem e desejoso. Lia está sendo pressionada a voltar para o marido, está balançada em fazer o que é certo ou vive aquela louca paixão ao lado de Felipe. Ele quer que ela o assuma a todos, mas o que ele via nela? O que ele tão lindo e jovem poderia desejar numa mulher doze anos mais velha, com o corpo de uma mãe de dois filhos? Ele não poderia amá-la poderia? E ela? Ela o amava também ou era apenas desejo? 

Com essas questões em mente, nossa protagonista nos faz ver até onde chegam os preconceitos, nossos medos e o quanto o machismo é aceito e tratado pelas mulheres como algo natural. Vendo o sofrimento de Lia, adentrando ali nos seus sentimentos, nos seus medos, incertezas e responsabilidades, pude ver o quão errados somos em julgar as pessoas, o quão cruéis podemos ser sem empatia. 

Vi também quanto nossa sociedade é hipócrita e castradora da felicidade. Vi o quanto somos manipulados por essa mesma sociedade a buscar uma falsa felicidade aceitável, quando a busca deve acontecer bem aqui dentro de cada um de nós. Não foi fácil para Lia lidar com tudo isso, como também foi difícil para o Felipe fazê-la ver seu amor por ela, um amor puro, adolescente, capaz de vencer todas as barreiras para estar apenas ali... ao lado dela, fazendo-a feliz. 

Acho que não preciso dizer o quanto amei esse livro que num primeiro momento me roubou todas as palavras e a reação. Foi simplesmente uma experiência rica e encantadora.

Eu dificilmente encerro minhas resenhas com músicas, mas hoje, excepcionalmente, venho partilhar com vocês a música perfeita para esse casal, quem tiver interesse, por favor, leia a tradução... você irá entender porque 'nada mais importa' quando a felicidade vem da nossa busca pessoal.


Nothing Else Matters - Metallica

26 Comentários

  1. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, mas ver que você começou a resenha dizendo que ele é incrível me deixou curiosa, antes de mais nada...haha' não estou no clima para ler livros eróticos, para ser sincera, estou dando um tempo ao gênero, mas fiquei curiosa para ler esse livro, principalmente porque eu nunca li uma história onde a mulher é mais velha, é sempre o contrário, e parece que o povo leva mais na boa se o homem for dez anos mais velho do que a mulher, do que o inverso, né? Fiquei curiosa :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ai gente, que resenha mais animadora!!! eu anda não conhecia a autora, não conhecia o livro mas depois de uma resenha como essa, é impossível que eu não fique interessada.Caramba, achei a história excelente, uma premissa incrível! fiquei muito instigada com esse livro

    ResponderExcluir
  3. Olhei para capa do livro e torci o nariz. Acho apelativa este tipo de arte para a capa. Mas conforme fui lendo a resenha, me simpatizei com a narrativa, principalmente pela reflexão que você fez sobre a nossa hipocrisia e sobre os padrões. Quero ler, muito!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ola lindona estou com esse livro e não vejo a hora de ler, gosto muito do tema, e infelizmente muitas pessoas são muito hipócritas com relação a esse assunto, o que interfere um amor como esse, estou bem curiosa com essa mensagem no final. Vou ler esse final de ano. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Oi!!!
    Não conhecia o livro e confesso que seu INCRÍVEL!!! me chamou a muita atenção e sua resenha deixa mais evidente porque gostou do livro; pois passa emoção e envolvimento. Já adicionei a minha longa lista de quero ler. A música é linda e Metallica é sempre uma ótima pedida. Obrigada pela super dica.

    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Adorei o estilo do livro, com toda essa pegada hot.
    A capa está incrível e pela sua resenha dá para perceber que o livro vai além do erotismo. A sociedade é meio hipócrita mesmo. Por isso temos que viver o agora
    Não conhecia, mas já entrou para a lista.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Muito interssante a mensagem que a autora quer passar especialmente na parte de todos a pressionarem a voltar para o marido, um abdurdo.
    Quanto ao fato de a mulher ser mais velhas isso não é tabu na minha familia já começando por minha avó que era mais velha que meu avô.

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    Não tinha conhecimento do livro e confesso ter ficado um pouquinho curiosa, apesar de estar fugindo do tema por uns dias. Mas ando pensando em ler algo errotico logo, logo. Não lerei o livro tão cedo, mas vai ficar na lista

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
  9. Oii!

    Que linda resenha!
    Eu não conhecia esse livro, mas gostei MUITO do que você falou aqui sobre o casal. Eu nunca fui muito fã de romances eroticos, mas gosto de ler para sair da rotina um pouco sabe?
    Gostei das questões que a autora impos durante a leitura! Muito legal!

    A sua resenha está ótima!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  10. OIeeee. Nossa, eu não sabia que a Elaine tinha um pseudônimo. Se voc~e me perguntasse eu diria que nunca ouvi falar desta autora. Não entendo porque os autores criam um outro nome, na verdade, mas deve ter uma razão legal. E a personagem da trama tem a minha idade.... já gostei por este motivo. Mas quando a gente começa a achar vários livros incríveis é a sorte batendo e a literatura dando ótimas obras.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, nossa fiquei hiper curiosa com essa obra, parece ser bem o tipo de romance que eu adoro, nem um pouco água com açúcar, parece muito envolvente e cativante. Já posso dizer que estou louca para ler e com certeza vou ir atrás!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  12. Ah, eu não sabia que Lilith e Elaine são a mesma pessoa rsrs.
    Já li um livro da autora, e gostei muito da forma como ela escreve, mas apesar dessa resenha mega empolgante, não me senti tentada a fazer a leitura de meu garoto, não encontrei elementos que despertassem meu interesse.
    Mas é bom saber que a narrativa é envolvente e bem desenvolvida.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  13. Não sabia que era pseudônimo da Elaine Velasco não! Ai que bagunça a vida da Lia, não basta ser traída e ser separar ainda vai morar com os pais e tem que ficar ouvindo que devia voltar pro cara... pela minha experiência, depois que a gente sai de casa, voltar é extremamente difícil. Gostei do fato do enredo colocar as pessoas para pensarem sobre o machismo e o preconceito, mas não leria, simplesmente porque não curto livros eróticos.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Se fosse para comprar só pela capa, eu não compraria! Não gosto quando livros eróticos tem capas provocativas, prefiro algo mais simples para o gênero.
    Eu já li alguns livros em que a diferença era um problema para os personagens, eu não tenho preconceito em relação a isso quando há amor de verdade. Gostei muito da sua resenha, porque é nítido o quanto gostou do livro, espero lê-lo em breve.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Não sou fã de romances eróticos, muito pelo contrário. Odeio. Mas assim, gostei da sinopse e também um pouco da sua resenha. Vou ler? Não sei, provavelmente não. Mas gostei um pouquinho.
    Beijos
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  16. Oi tudo bem
    Estou muito incomodada com a pressão que a família está exercendo sobre ela, isso é um absurdo!!! Acho importante discutir preconceitos e principalmente quebrá-los. Mas confesso que o livro num todo não me me atraiu. Dessa vez vou passar a dica. Mas gostei muito da forma como fez a resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Achei a capa bastante sugestiva! Creio que o ponto alto do livro deva ser a reflexão sobre essa visão preconceituosa segundo a qual um homem pode se relacionar com uma mulher mais jovem, mas o contrário é motivo de escândalo. Embora não seja um gênero que eu costume ler, parece que a obra tem seus méritos. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  18. Já tinha ouvido falar sobre o livro mas nunca parei para ler nada sobre ele. Adorei a resenha e saber que o livro é mais do que apenas um romance. Pela sinopse imaginei que a história tem tudo para trazer uma questão bem importante - a da sociedade julgar a felicidade alheia por causa de preconceitos - e me pareceu que a autora soube como contar esse relacionamento!
    Eu não sabia que a Elaine tem esse pseudônimo. Legal!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  19. Olá... tudo bem???
    É tão bom quando um livro nos surpreende de uma maneira super positiva e nos prende não é mesmo??? Parece que o enredo é bem envolvente... porém não me senti atraída pela leitura neste momento... que bom que mesmo sendo uma história mais virada para o hit... trouxe reflexão e algum ensinamento... infelizmente o preconceito existe de uma forma ridícula e mesmo assim somos pegos apresentando-o a nós mesmos. Xero!!

    ResponderExcluir
  20. Oieeee
    Nossa, não sabia que a Elaine Velasco sabia escrever romance hot, foi uma grata surpresa.
    A temática é bem atual e imagino como foi o desenrolar da história, principalmente com a diferença de idade e a pressão da família dela e que bosta família, nunca pediria a minha filha pra voltar para a pessoa que a traiu.
    Amei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá! Confesso que não sou muito de ler romances eróticos, mas sua resenha está um espetáculo. Fiquei até com vontade de conhecer mais sobre obra. Parabéns pela resenha! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  22. Oi!!! Confesso que pela capa, eu não compraria o livro, mas lendo sua resenha fiquei doida p ler! Deixoy-me curiosa para saber o que acontece com eles. Amo romances assim!

    Beijinhos!
    www.citacaonumclick.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi, Raíssa!
    Não curto livros eróticos que não possuem um bom argumento, quando leio espero uma história com um bom conteúdo, uma trama que convença, e parece que Meu garoto tem essas características. Mas apesar de ter gostado da trama e entender de certa forma as incertezas e medos da Lia em relação ao seu relacionamento com o Felipe, não tenho paciência para todas essas mesmas incertezas, gosto de personagens decididas, que lutam pelo que quer, que agarram aquilo que deseja com unhas e dentes...
    Mas amei a resenha e a música no final, depois vou dá uma olhada para ver a tradução.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  24. Oi, Raíssa. Eu não gosto de livros eróticos, acho que sabe né? Risos. Mas, Meu Garoto me prendeu por conta de toda uma história criada na trama, e não apenas mais um livro de sexo. Um enredo muito bem trabalhado, cheio de lições, com certeza, e preconceitos que precisam ser debatidos. Com certeza esse não é mais um "erótico qualquer".

    ResponderExcluir
  25. Minha reação para esse livro: NOSSA! Meu Garoto é tão cheio de assuntos bons, assuntos que precisam de mais abordagem, e todos reunidos em um único livro. Essa autora me conquistou com apenas isso. Lia é uma personagem encantadora, cheia de dramas, dificuldades e inseguranças e viu em Felipe um apoio. Toda a crítica que ela "segura" é irreparável e a confunde. Queria saber como tudo termina. Vou ler.

    ResponderExcluir
  26. Raíssa, eu li apenas 5 livros eróticos, gostei de uns, a maioria não. Mas, Meu Garoto é bem original neste quesito, pois o livro vem com propostas totalmente inovadoras e originais, cheio de tabus do nosso mundo que não são muito discutidos, mas precisam de uma abordagem maior. A autora conseguiu colocar isso em um livro mais sedutor e trabalhou muito bem em cima desta questão. Adorei!

    ResponderExcluir