♥ Alice no País das Armadilhas ♥
Ed: 01 - Única

Sinopse:
O planeta Terra foi devastado por um ataque nuclear, e boa parte de sua população se transformou em Mordedores, mortos-vivos que se alimentam de sangue e, com sua mordida, fazem dos humanos seres como eles. Alice é uma jovem humana de 15 anos que mora no País das Armadilhas, nos arredores da cidade que um dia foi Nova Déli, na Índia. Ela nasceu nessa nova realidade aterrorizante e teve de aprender a se defender sozinha desde cedo. As coisas mudam quando Alice decide seguir um Mordedor por um buraco no chão: ela descobre a estarrecedora verdade por trás da origem das criaturas e se dá conta da profecia que ela mesma está destinada a consumar — uma profecia que se baseia nos restos chamuscados do último livro encontrado no País das Armadilhas, uma obra chamada Alice no País das Maravilhas . Uma mistura incomum de mitos, teorias conspiratórias e Lewis Caroll, Alice no País das Armadilhas pode parecer mais uma história de zumbi, mas é uma metáfora instigante de como tendemos a demonizar aquilo que não compreendemos.


"Com toda a devastação que o mundo já sofrera, 
se houvesse ao menos uma pequena chance para que as coisas se acertassem,
valeria a pena lutar por isso." 
pág 97



INCRÍVEL!!!


Quem me conhece sabe que não curto livros pós-apocalípticos. Até os leio, mas eles não são meus favoritos e quando entram zumbis na trama, puts... Ferrou! Pra mim eles são os monstros mais 'nonsense' já criados na literatura e no cinema, simplesmente não me descem. Sempre deixei os livros de scifi (ficção científica) de lado dando preferência aos filmes, até que me encantei por esse novo estilo chamado 'distopia' e passei dar uma chance a literatura também. 

Quando solicitei Alice no País das Armadilhas, tremi diante do que poderia achar da trama, pois foi amor a primeira vista pela capa... e.. C A R A C A... me surpreendi demais com o que encontrei nas páginas desse livro. Ele não é só uma capinha bonita não, amigo... é um excelente livro que te prende da primeira página até o fim. Repleto de ação, intrigas políticas, cenas fortes de batalhas, muito sangue correndo, muitas revelação e reviravoltas tão eletrizantes que duvido alguém conseguir largar a leitura.

Confesso que no início acreditei que era mais um livro de zumbis assassinos, loucos e imbecis. Então já comecei a temer não chegar no final do livro, mas quando Alice cai no buraco e é levada diante da Rainha dos Mordedores é que toda a trama muda consideravelmente... muda de uma forma tão gigantesca, que você sai de um livrinho pós-apocalíptico com zumbis e cai de cabeça em uma trama distópica tão crível e imersiva que você começa a ver que tudo aquilo é realmente possível de acontecer. Já imaginou a China governando o mundo? Uma China Comunistas? Pois bem... se você é a favor do socialismo, saiba... que você será o primeiro a ser devorado por zumbis... rsrs

Mainak Dhar, é indiano, sucesso na Amazon com seus livros de 'terror' e esse é o primeiro contato do público brasileiro tem com seu trabalho. Alice in Deadland, é uma trilogia, não se trata de um livro de terror, como disse é uma distopia, então se preparem para grandes emoções nos últimos capítulos desse primeiro volume.Você ficará simplesmente louco para saber o que virá a seguir.  

** Editora Única, não demore muito para publicar os próximos volumes **
 
O mundo que nós conhecemos não existe mais há aproximadamente 15 anos, idade da nossa protagonista. Tudo que Alice conhece do mundo é o que vive e tudo que lhe é contado do Velho Mundo para ela parece conto de fadas. Num mundo onde a prioridade é sobreviver, nossa mocinha não sabe ler, mas é uma das poucas com um dom nato para tiro, corridas e lutas corporais. Alice é uma máquina de matar, tipo a Lara Croft ( que eu amo de paixão - se fosse lésbica comia ela... rsrs)

Em mais um dia de sobrevivência, Alice vê um Mordedor (zumbi) Orelhudo seguindo para uma toca e decide abatê-lo, ela erra o tiro, pois nosso amiguinho morto-vivo, simplesmente desapareceu. Curiosa, Alice vai até o local onde o viu e descobre ali um buraco que a levaria para os supostos corredores subterrâneos onde viviam aqueles seres.

Ao seguir o Mordedor algo inusitado acontece e Alice percebe que, apesar de selvagens, há certa organização e hierarquia entre os monstros e quando se vê frente a frente com a Rainha daqueles seres ela descobre que até aquele momento vivera uma imensa mentira.

Alice passa semanas ao lado dos Mordedores, por mais que ela tente fugir, há uma profecia naquele lugar e a Rainha tem certeza que a garota é a menina descrita na profecia descrita no que pode ser o ultimo livro do mundo... Alice no País das Maravilhas.

A Rainha dos Mordedores, na verdade é uma das cientistas que trabalhou para os Estados Unidos na criação do vírus que foi liberado na terra e que causou o levante dos Mordedores, que ao contrário do que era pregado, não eram os mortos sendo erguidos e, sim, os vivos que eram contaminados por essa arma biológica que saiu do controle. Uma guerra biológica e nuclear destrói então o mundo que conhecemos e aqueles que sobreviveram serão selecionados para a nova Ordem Mundial, sob o comando Chinês.

Tudo parece perdido, porém há uma solução. Os humanos haviam criado uma vacina para tal vírus, porém apenas aqueles que aceitaram essa nova Ordem Mundial, ou seja os ricos e poderosos, que receberam suas doses. Havia esperança para a humanidade, mesmo que tudo parecesse muito surreal, havia uma forma de libertar o mundo do vírus, o povo da escravidão e da miséria... só que para isso humanos e mordedores teriam de se unir numa luta mortal contra o Comitê Vermelho.

Entre fugas, explosões, mortes e invasões. Sem saber a enormidade do que iriam enfrentar, Alice e a Rainha conseguem apoio de oficial do Exército de Mercenários e o caos se instaura. A China não deixará nada disso passar sem que mais mortes aconteçam e Alice se verá cada vez mais diante da lideranças da multidão de sobreviventes e refugiados que seguem para se unir a ela.

Estranhei inicialmente a escrita de Mainak, mas com o decorrer das páginas ela foi se tornando viciante. Quando vi estava lá, vivendo tudo na pele da Alice e fazia tempo que eu não lia um livro assim, capaz de me jogar na trama e me fazer viver aquilo com uma veracidade sem igual. A leitura é totalmente imersiva, existem cenas capazes de mexer com você, a maioria não vai te sacudir positivamente... como a cena do bebê zumbi indo na direção dela logo no inicio... aquilo me chocou um pouco, mas passadas as primeiras páginas, quando a verdade vai sendo revelada... a trama vai mudando e tomando proporções totalmente diferentes e eletrizantes. Os zumbis deixam de ser os monstros e temos agora inimigos novos e muito mais mortais, que nos farão correr alucinadamente por florestas em chamas ao lado da Alice.


Simplesmente incrível!!! Um dos melhores livros que li este ano sem sombra de dúvidas. Quem quiser conhecer uma história eletrizante e inovadora... caí de cabeça nessa leitura, você não vai se arrepender.

(Este livro não foi publicado em Portugal)

25 Comentários

  1. Ola Lindona
    Não conhecia esse livro e a capa já me chamou atenção, no começo de sua resenha quando li Zumbis já desanimei, uma vez que não gosto muito livros com esse tema, e segui a leitura o que me deixou encantada foi o fato de sair da zona de zumbi e entrar na distopia de modo que a cativou. Por isso vou ler com certeza. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Nossa, esse livro cativou mesmo você hein? Uma coisa que me chamou atenção é a questão da narrativa ser distópica, eu particularmente adoro romances desse gênero e isso me faz querer conhecer essa narrativa. Confesso que não li o livro Alice no país das maravilhas. Mas a meu ver "Alice no país das armadilhas" é uma releitura desse clássico da literatura, mas com uma pegada mais moderna. Adorei sua resenha, pois você expôs todo o seu sentimento em relação ao livro.
    Malu Barroso

    ResponderExcluir
  3. Gente já quero esse livro para ontem! Eu realmente achei a capa linda, pensei em solicitar mas depois tive receio, agora que essa resenha só penso "PORQUE FUI FAZER ISSO!", sério?!
    A narrativa parece ter muita ação e com uma leitura bem dinâmica, se você que não é muito fã de zumbis amou, eu provavelmente já me sinto arrependida por não ler logo essa obra. #chora
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Nossa que livro é esse? Eu tinha gostado muito da capa e esperava que a história fosse boa, mas não achei que fosse tudo isso. Eu amo livros com zumbis e distopias então, está entre os meus gêneros favoritos. É claro que vou querer ler, e ainda mais que depois aparecem outras coisas piores que os zumbis, fiquei até com medo agora hehe. Parabéns pela resenha.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    AI MEU DEUS, PARA TUDO! Eu já sou fascinada por Alice, ai a Editora faz isso comigo? Cade o chão minha gente?
    Que livro maravilhoso, eu preciso dele AGORA! Sua resenha só atiçou a minha louca interior! Se eu falar que já estou com o submarino aberto e com ele no carrinho agora mesmo você acredita?
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, boa tarde!
    Eu já tinha visto essa capa e sinopse no skoob e fiquei muito curiosa para ter opiniões e resenhas sobre. Bem, ao contrario de você, eu adoro zumbis e toda a trupe. Logo, foi a primeira coisa me chamou a atenção quando li a sinopse e depois foi essa releitura da conto da Alice.
    E, uou, a profecia ser a versão original ficou ainda mais incrível. #fato, quero ler.
    Parabéns.
    bju's Ju
    Visite: Nossa Estante Nacional

    ResponderExcluir
  7. Essa capa é linda gente! Também não curto muito histórias que se passam em um mundo pós-apocalíptico, mas só de falar que você não gosta mas gostou desse livro já me deu vontade de ler! Achei bem diferente das histórias de zumbis também. Quem sabe eu não goste também? Adorei a resenha. Beijos
    -Mari

    ResponderExcluir
  8. Essa capa é linda gente! Também não curto muito histórias que se passam em um mundo pós-apocalíptico, mas só de falar que você não gosta mas gostou desse livro já me deu vontade de ler! Achei bem diferente das histórias de zumbis também. Quem sabe eu não goste também? Adorei a resenha. Beijos
    -Mari

    ResponderExcluir
  9. Geeeeeeeeeeeeeeeeeente, que capa linda é essa? :O Ameeeei. Mas apesar de tudo isso, eu morro de medo de zumbis e tals rs por isso acho que não vou ler kkkk sou mais romances. Deixa para o Alice nos Pais das Maravilhas kkk


    Beijos

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  10. Que bom! Estava louca para ler uma resenha do livro, pois quando vi o lançamento fiquei bem interessada nesta versão apocalíptica. pelo visto minha intuição estava certa.
    Aliás, a capa ´e linda.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Oiiie
    Nossa, já li várias resenhas sobre o livro e todas falando muito bem, eu adoro livros e terror e gêneros assim, esse parece ser muito bom, espero com certeza poder ler em breve e gostar bastante, adorei a sua resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiee ^^
    Eu quero conhecer uma história eletrizante 0/
    Primeiramente, essa capa é simplesmente linda DEMAIS! Imaginei que o livro seria bom só por causa dela (julgando pela capa, como sempre...), mas não pensei que seria tanto assim. Uau, parece que o autor se superou, hein? Ver que você gostou tanto me deixou animadíssima para ler!
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Nunca tinha lido uma resenha sobre esse livro e posso dizer para você que o mesmo me deixou super curiosa. Saber que ele vai além de uma capa bonitinha e tem tantos elementos que mexem com a gente me deixou bem interessada na história desse livro. Agora, devo dizer também que fiquei imaginando essa cena que você apontou do bebê zumbi. Meus Deus, fiquei imaginando a cena agora.... e não sei se isso é uma coisa muito boa. kkkkk


    bju
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  14. Meooo Deus comi de colher esse post, que capa é essa?? Eu também não sou adepta aos zumbis....kkkk Mas fiquei morrendo de curiosidade de saber as loucuras desse livro, vende em e-book?? ou só físico?? Imagina a China liderando o mundo, cacildis, simplesmente o armagedon! Adorei essa mistura realidade, terror, fantasia, distopia... Um livro bem completo, ansiosa para sair daqui e ir atrás, espero que um dia tu seja boazinha e sorteie um exemplar desses, eu to na fila de participar..kkkkk Beijos

    Giuliana
    http://clubedolivro15.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Olha, eu tb não consigo gostar de histórias com zumbis... confesso q olho super virado quando vejo que a história se enreda por esses caminhos...
    As distopias até que me agradam, mas não são todas que me encantam.
    Li a sua resenha duas vezes e mesmo com a sua opinião positiva sobre esse livro, não consegui ficar muito interessada não. É uma questão de gosto ne?
    Bjo

    ResponderExcluir
  16. Oi Linda
    Solicitei esse livro e estava com medo de me decepcionar!
    Mas depois dessa incrível resenha, já sei que vou amar também! Adoro essa coisa do pós-apocaliptico.
    Já vou até passar ele na frente.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  17. Oie.
    Eu nunca li um livro pós-apocalíptico e tenho muita curiosidade.
    Preciso confessar que não conheço a verdadeira história da Alice, nunca li um livro que conte a história.
    E para ler esse acho que preciso conhecer a original né kkkkk vai ficar mais esclarecedor.
    Eu amei sua resenha, fiquei muito curiosa e vc tem razão, a capa é MARAVILHOSA.

    ResponderExcluir
  18. Sem palavras para definir esta capa que, assim como a história, não pode ser conceituada como decepcionante, nunca. Alice no País das Armadilhas me envolveu desde o começo com sua proposta distópica, um mondo, o nosso atual, dizimado há 15 anos e conhecido como um conto de fadas foi encantador para mim. Os zumbis me deixaram com um pé atrás, mas logo me acostumei e embarquei de vez na leitura da resenha, encantadora.

    ResponderExcluir
  19. Olá! Tudo bem?
    Caramba, que capa linda!!! Fiquei muito curiosa com o título, até porque Alice no País das Maravilhas é um dos meus livros preferidos e nem acreditei quando vi a capa kk' Nossa, que resenha com uma riqueza de detalhes incrível. Me deixou muitoooo curiosa! Adorei!
    Beijão :*
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  20. Olha eu sinceramente não gosto de livros desse gênero.
    Eu até gosto de Alice no pais das maravilhas, apesar do livro clássico mesmo ter sido um tédio para mim, mas o filme da disney eu adoro. E sinceramente é um desenho que me agrada bastante. Mas esses livros de terror e misturado ai eu já não curto e acho que nem leria já que não curti nem o livro da Alice por ter me dado sono o livro todo. Ma mesmo assim para quem gosta é uma renovação bacana.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/resenha-filha-da-floresta.html

    ResponderExcluir
  21. Olá.
    Tudo bom?
    Solicitei esse livro para a editora e chegou essa semana, assim como você detesto zumbi, mas resolvi dar uma chance ao livro, ainda bem que a trama melhora quando Alice cai no buraco.
    Amei ver suas considerações.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Sou Muito fã de Alice e se eu pudesse teria todos livros de Alice e esse livro além de se uma historia da Alice mistura zumbi e pós-apocalípticos e mostra uma historia totalmente diferente de Alice já estou querendo muito, muito boa a resenha
    Bjss

    ResponderExcluir
  23. Oie
    achei que era só eu que não gostava de zumbis e acha eles meio imprestaveis.Eu vi a Única anunciando esse lançamento mas achei que o livro seria todo cheio de frufru e ilustrado,não que isso seja ruim,mas gostei de saber que ele é mais básico.E deve ser uma ótima distopia,ainda mais por se tratar de Alice que é uma história que eu gosto bastante.E fiquei curiosa pra conhecer mais sobre os mordedores e como Alice e os demais vão salvar esse mundo.E a capa está linda mesmo.

    ResponderExcluir
  24. Oi, Raíssa!
    Que bom que Alice no país das armadilhas vai muito além de uma capa bonita... E apesar de não ler livros com zumbi e de não curtir o gênero distopia, as cenas repletas de ação junto com as reviravoltas eletrizantes me deixaram interessada pelo livro. Achei o modo com surgiu os Moradores genial da parte do autor, e claro que fiquei curiosa em relação a cena do bebê zumbi que te chocou...
    Valeu por essa dica.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  25. Já sabem se saiu o terceiro volume em português?

    ResponderExcluir