♥ O Pecado Não Mora ao Lado ♥
Ed: 01  - Modo Editora

Sinopse: 
A infância de Clara foi marcada por uma madrasta má e por um pai ausente. Tristan, seu meio irmão, era a única pessoa que se importava com ela. Contudo, por obra do destino, eles viveram separados durante longos anos. Quando se reencontraram, em uma ilha da família, para passar um mês de férias, algo de mágico ou trágico aconteceu. Eles se apaixonaram perdidamente... Sim, um amor impossível de se viver. Será possível, Tristan e Clara, abdicarem deste amor? Ou viver intensamente em pecado? Clara vai descobrir que o pecado não mora ao lado, e sim, dentro do coração de cada um. 
 
"Seria injusto dizer que você é um troféu para mim, mas posso dizer que é uma grande vitória da minha vida, e nada se compara a este momento." 
pág. 143 



UM ROMANCE TENSO!

Eu acredito fortemente na alquimia da escrita, para mim a criação de um livro é igual ao preparo de uma refeição. Não importa o que vai na receita ou o quão simples ela vai parecer o que fará a diferença é o tempero usado pelo cozinheiro. Com o livro é a mesma coisa, não importa o quão clichê possa ser, como o autor temperará o enredo é o que fará o diferencial.

Confesso que desde o lançamento de O Pecado Não Mora ao Lado estava muito ansiosa para ler a obra e quando tive a oportunidade de lê-lo em função da parceria com autora, mal pude me conter. A sinopse é instigante, a capa muito bonita e obviamente o enredo muito original e bem diferente do que estamos acostumados. O livro tem cerca de duzentas páginas e me prendeu do inicio ao fim, masssssss.... ficou faltando algo pra mim. Sabe quando você tem aquela vontade de louca de comer algo, mas não sabe muito bem o que é, e quando acha que encontrou fica com aquela sensação de que ainda não é isso?

Pois é, eu fiquei com essa sensação durante toda a leitura do romance. A Marcia escreve de forma leve e fofa e gostei bastante do que encontrei, porém, sou uma mente um tanto quanto lógica e por mais fantasiosa que seja a trama pra mim tem de ter um pouco de coerência e algumas coisas fizeram minha mente dar um bug... O amor entre eles, ao meu ver, foi muito rápido, mas o que mais me incomodou mesmo foi o excesso de melado trocado entre eles, pois por mais que houvessem sido criados distantes um do outro, sempre acreditaram que eram irmãos, por isso achei que eles se renderam muito fácil aos seus desejos. Ambos são personagens muito reservados, contidos e Clara deixa claro sua fé cristã, sendo assim, isso me incomodou um pouco. A reviravolta foi muito legal também, mas a forma como descobriram que não eram mais irmãos também me deixou meio assim  =/  *** Oh really? ***

Clara é escritora e com a ajuda de uma amiga conseguiu um emprego ótimo como escritora em uma conceituada editora em São Paulo. Ela precisa escrever um romance o mais rápido possível, porém está com com bloqueio criativo. Para não perder o emprego ela aceita a proposta de seu chefe para trabalhar fora da editora e decide, pela primeira vez em anos, pedir, ao pai milionário, para passar férias em sua ilha particular em Santa Catarina. Ela tem muitos problemas de relacionamento com o pai e guarda para si muitas mágoas do passado em que viveu ao lado do pai e da madrasta, por essa razão se mantem afastada de todos eles e tenta seguir sua vida sem depender do dinheiro do pai.

Ao chegar na ilha ela se depara com Tristan, seu meio irmão que não via há anos. Tristan é fotografo e também vai para a ilha de férias e reencontrar a irmã. Só que ambos não esperavam encontrar um no outro uma louca e proibida atração. Ambos precisam lidar com essa vontade louca de amar um ao outro além das barreiras da irmandade, mas sabem que isso é impossível!

Sem resistir a tentação, Tristan parte deixando Clara sozinha na ilha para terminar seu trabalho, só não esperava que alguém estivesse tentando tirar a vida de sua amada irmã. Enquanto busca uma solução para o crescente amor carnal que os une, Tristan terá de lidar com os invasores mal intencionados que estão na ilha.

Como disse, acho que coloquei muitas expectativas e acabei não as alcançando, mas o livro é bem legal e expectante. Por mais que a leitura tenha sido estranha para mim, a situação em que as protagonistas se encontravam me deixou louca para saber o que ia acontecer, quando vi já havia terminado a leitura do romance. Então, não se assuste, apesar de tudo que disse o livro é bem legal e original. Um romance fofo cheio de pormenores que podem agradar aos amantes de um bom livro romântico.

Obra Literária Brasileira.
Adquira diretamente com a autora no e-mail - pavadesigner@yahoo.com.br
ou diretamente na Editora por 22,00 - AQUI

9 Comentários

  1. Oi, Raíssa!
    O pecado não mora ao lado não é um livro que eu leria, a trama com um casal que acreditam que são irmãos e mesmo assim se desejam não me atrai, não consigo engolir, sabe? Mesmo gostando de um romance fofo e ter ficado curiosa em relação ao perigo em que Clara está correndo não pretendo ler esse livro, mas como apreciadora da literatura nacional desejo sucesso a autora.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Não sei se leria o livro. Não é a minha primeira escolha pra um romance e ele parece muito... óbvio. Talvez essa seja a palavra certa. Ok, romances, geralmente, são óbvios, mas eu gosto mais daqueles com uma coisa um pouco diferente do comum. Apesar disso, desejo sucesso à autora e que muitos outros livros venham!

    http://notasmentaisparaumdiaqualquer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Hi, Raissa! Concordo com você na citação sobre os temperos literários, rotulamos várias obras como clichês e nos afastamos deste tipo de leitura, mas será que não pode ser um clichê inovador, diferente?! O tempero dá o gosto, concordo. Enfim, sobre O Pecado Não Mora ao Lado, foi um livro que não gostei, não por conta do seu conteúdo mais do mesmo, mas por seu gênero, tal que não identifico-me. Alguns pontos são favoráveis para o leitor, principalmente a personagem sendo, também, uma escritora e as várias tentações que a cercam. Mas, de modo geral, não me conquistou.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Olá! O livro "O pecado não mora ao lado" parece ser uma leitura bem tentadora e picante, porém eu não o leria, por que me parece mais um romance que todos nós já conhecemos (ou não, posso estar errado), por esse motivo e por não ser um gênero literário que me atrai, se tornaria uma leitura chata e cansativa na minha opinião.

    ResponderExcluir
  6. Olá!!! Quanto tempo né Raissa!! Rsrsr
    Bom...o livro me chamou atenção pelo titulo mas ao ler a sinopse e resenha não imaginava que se tratava dessa história.... Achei estranho eles se amarem dessa forma sabendo que são irmãos (mesmo eu sabendo que não são). Acho válida a leitura... Quem sabe quando tiver oportunidade...até mesmo para conhecer a autora...
    Beijos e até a próxima! :*

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. olá... Me parece ser um bom livro, mas não é tipo de livro que me deixaria louca de ansiedade para comprar o mais rápido possível, e é claro começar a ler-lo.Quando li o tema do livro eu tive um pouco de interesse, mas lendo a resenha não era bem o que esperava, apesar de parecer ser uma paixão muito louca e aventurei, eu ainda gosto dos romances formais, pois um relacionamento entre irmão me parece um pouco perturbador, e como eu tenho irmão homem acharia estranho e nojento. todos os livros que já li eu sempre me coloco no lugar do personagens. desta forma a resenha não me deixou com um tesão em ler o livro...

    ResponderExcluir
  9. gostei da resenha embora o livro não tenha me interessado, mas que bom que tu gostou,talvez eu leia em outro momento.

    ResponderExcluir