(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)
♥ Segredos de uma Noite de Verão ♥
Ed: 01 - Arqueiro
Sinopse:
Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar. Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle. No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz. As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso. No primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.


"Eu estava errada quando lhe disse que não sabia o lugar a que pertencia.
Eu sei.  Meu lugar é ao seu lado, Simon. 
Nada mais importa, exceto estar com você."
Pág 282.





"É BOM, MAS..."

Não sei se fui com muita sede ao pote, mas simplesmente não rolou. O livro simplesmente não funcionou para mim. Amo a escrita de Lisa Kleypas e ela continua maravilhosa como sempre, mas o enredo de Segredos de uma Noite de Verão, foi um tanto quanto cansativo para mim. Nas vinte primeiras páginas estava encantada com o Simon, o fato dele ser um homem ambicioso e rude que fez sua própria fortuna com muito trabalho duro, o tipo de mocinho que eu gosto, nada nobre em títulos, mas cheio de nobreza de caráter, até aí, tudo bem. Achei a Annabelle um tanto quanto engraçada e acreditei que iria dar boas risadas com as quatros solteironas nada cobiçadas, só que... ledo engano.

Não é segredo para vocês que romances de época cheios de inutilidades (bailes, chás, passeios, etc) geralmente me cansam e se não bastasse a sucessão de chás, passeios, danças, bailes e quem é o solteiro mais cobiçado do momento, Annabelle começou a se tornar pedante e preconceituosa.

Que toda jovem com a idade dela no século XIX quer se casar e está disposta a tudo para achar um homem rico para sair da miséria, não é mistério para ninguém e até aí tudo normal diante do desespero das meninas, mas Annabelle é um pé no sa**. É linda e nada inteligente... ela não consegue se desvencilhar das investidas de Simon, sem fazer comentários grosseiros sobre o fato dele ser plebeu. Detalhe: que a família dela está falida, contando os tostões, vivendo da caridade alheia e a mãe dela se vendendo para que as contas sejam pagas e seu irmão mantido no colégio. Ainda assim, ela pinta e borda com o Simon, durante 2 anos.

Que o Simon, não é lá flor que se cheire também não é lá muito espanto. Ele a quer como amante e propõe isso, caso ela não consiga arrumar um marido nobre... bem pra resumir toda a minha indignação, Annabelle é frívola, fútil, infantil, grosseira, interesseira, mercenária, fresca e mesmo ela tendo corrido para salvar o Simon, minha opinião sobre ela continua a mesma, ao contrário do Westcliff minha opinião sobre ela não mudou em nada... ainda assim achei ela a mocinha mais fraca e inútil que já li. 

Simon é um pouco bruto, mas ele é um homem da plebe. Filho do açougueiro, fez fortuna investido na crescente produção das industrias. Ele não tem vergonha de suas origens e não tenta agradar a ninguém, muito menos a nobreza inglesa que o tem tolerado por conta de sua fortuna e bons negócios. Ele conhece Annabelle, por acaso, em um teatro itinerante e lhe rouba um beijo. Toda Londres está ciente dos problemas financeiros das Peyton e nenhum nobre está disposto a se casar com Annabelle.

Dois anos se passam desde aquele primeiro beijo e nenhum nobre está disposto a se casar com a moça que se encontra em situação cada vez pior financeiramente. Simon sabe o que os nobres estão apenas esperando o final da temporada para começarem a cercá-la com propostas indecentes e ele está disposto a pagar o que ela quiser para tê-la em sua cama.

O ultimo evento da temporada está para chegar e este é a ultima chance para Annabelle arrumar um marido nobre. Após se unir às outras três moças que ninguém deseja cortejar, é hora de colocar seus planos em pratica... difícil será lidar com as investidas sarcásticas de Simon e com toda a atenção que ele lhe dará quando mais precisar.

Uma paixão arrebatadora os levarão ao casamento e Annabelle terá de aceitar que seu marido não é um nobre e que a partir desse momento ela é mulher de um empresario e não mais caminhará pelos mesmos salões que até então era tolerada. E ter de aceitar que sua vida mudou será difícil para ela...

Como disse, foi difícil de aturar a Annabelle, mas o desenrolar da trama foi interessante. O envolvimento dos dois foi moroso, a primeira vez deles foi patética, principalmente porque a Annabelle praticamente se esfregava nele e depois ficou fazendo c*doce.

Sendo assim, tirando toda a minha antipatia com a mocinha. O livro foi legal, gostei da leitura, mas esse com certeza não é o melhor livro que li da autora...

Que venha o próximo volume, pois as demais meninas tem mais personalidade que a Annabelle e tenho certeza que as leituras serão mais agradáveis, pois já tenho simpatia pela causa das meninas... rsrs.

book cover of 

Secrets of a Summer Night
 (Série publicada completamente em Portugal)

7 Comentários

  1. Oi Raíssa,que pena que não gostou. Não li este ainda, mas quero ler. Não gosto quando as mocinhas são pedantes deste jeito, mas vou ler com mais reservas.
    Bjs,Rose.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Visitei e adorei o seu blog. Gostei muito dos seus textos e li vários trechos da sua exposição e conteúdo. . Fiquei bem animada e daqui pra frente, estarei sempre por perto vendo as novidades.
    Venha conhecer o meu Blog também. Tenho certeza que vai gostar http://www.oslivrosdaminhabiblioteca.blogspot.com.br/
    Um grande abraço. NILDA

    ResponderExcluir
  3. "Annabelle é frívola, fútil, infantil, grosseira, interesseira, mercenária, fresca..." Socorro! Quantos adjetivos. Eu amo seus comentários, Raíssa. Hahaha Como te disse, eu não sou muito fã de romances históricos, são poucas as protagonistas legais, no geral, são sempre mimadinhas e isso acaba deixando o leitor irritado, né? Fora a protagonista, que bom que a história teve, pelo menos, um desenrolar interessante.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, fiquei extremamente empolgada com esse livro depois dessa ótimo resenha. Já é um da minha lista de desejo!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Raíssa!
    Quando finalmente consegui adquirir todos os livros da série Os Hathaways, surge então essa série da Lisa para a tristeza das minhas finanças rsrs.
    Mas como também acho cansativo as inutilidades dos romances de época - é uma das razões que prefeito ler os que são ambientados na época medieval - e detesto protagonistas pedantes, preconceituosas, infantis... acredito que não gostarei muito de ler Segredos de uma Noite de Verão, principalmente por causa dessa protagonista que não desperta simpatia.
    Portanto, vou espera os próximos lançamenos dos livros dessa série, se eles me interessarem, pretendo adquirir a série completa.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Lisa Kleypas não é uma autora que me desperta algum interesse. Seus livros que, geralmente, aparentam ser do gênero romance de época/romance histórico não me agrada em nenhum aspecto. Apesar dos pontos positivos citado na resenha, não consigo ler livros do tipo. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Eu ainda quero muito ler esse livro mas vou com menos sede ao pote assim não fico decepcionada.Eu adoro os livros da Lisa e é uma pena essa mocinha ter te irritado tanto e se ela for mesmo assim vai ser meio impossível não se irritar mas eu faço um esforço.Gostei do Simon e do fato dele não ser da nobreza ,já que a maioria dos romances de época que leio contam com condes,duques e tudo mais.Mas eu amo tanto romances de época que sou super suspeita pra avaliar ,pode até ser ruim que de algum modo eu acabo gostando.

    ResponderExcluir