Fala galera!!

Eu ando atrasada em tudo desde aquela crise que falei com vocês na resenha passada. No final de semana terminei de assistir Daredevil na Netflix e só posso dizer que foi FODA demais! Vocês já conhecem um pouco minha trajetória com o personagem central dessa série e todo o meu convívio com alguém que lia os HQ's e me ensinou a gostar também. e etc. Pois, é... minha mãe também assistiu e, como eu, já quer que 2016 venha com a segunda temporada.
Se 2015 é o ano da Marvel, essa série veio para confirmar que eles mitaram para a eternidade! Num geral a trama é bem fidedigna e cada episódio eletrizante! É sério... não dá pra parar! Quando a tela fica preta e as letrinhas começam a surgir você pensa: 'Caralho, preciso ver mais um!' e com esse pensamento você fecha os 13 episódios numa empolgação exorbitante e uma sensação de abandono sem igual.

Pois é... não sei quem viu, nem sei o que andam dizendo, mas a série é sensacional! E a Marvel mostrou que não está de brincadeira, Demolidor, não é uma série para garotinhas, não é uma série para crianças... ela é para os fãs e para aqueles que gostam de uma boa intriga e muita porrada! Ao contrário dos filmes que tem de ter uma pegada mais leve por conta do publico alvo, as crianças, a série vem sangrando e explodindo cabeças, literalmente, já nos primeiros episódios.

Matt Murdock e Foggy Nelson acabam de se formar em Direito e pretendem ajudar as pessoas honestas de Hell's Kitchen, logo de cara resgatam Karen Page (isso mesmo aquela que eu falei na Hora Q) de ser presa por homicídio. Como em todo lugar o crime organizado comanda o local e quando Karen descobre roubos que não eram para o seu conhecimento, logo se vê na mira de grandes criminosos e nossos bravos rapazes irão resgatá-la das mãos dos grandões.

Enquanto nossos heróis do dia buscam respostas para as coisas que vem acontecendo na cidade, Matt se veste de preto a noite e busca por nomes, mas não um nome qualquer, ele quer o nome de quem manda no crime, ele quer o nome da pessoa que está por trás de todo o mal que está acontecendo em Hell's Kitchen. Então entre muito sangue e muita pancadaria, vamos conhecendo Matt Murdock, Wilson Fisk, Ben Ulrich, Karen Page e Foggy Nelson, somos introduzidos a trama e arrebatado por cada um dos personagens e seus dramas do passado.

Foi difícil não se encantar com o romance do Fisk, muito mais difícil não ver meu pai no ator escolhido para interpretá-lo. O cara foi a escolha perfeita, muito parecido com o dos quadrinhos e muito parecido com o meu pai que tem o mesmo porte físico e trejeitos e tudo o mais... rsrs...

Algumas vão discordar de mim, mas o ator que escolheram para fazer o Matt não é lá um galã e achei o nariz dele meio bizarro (eu tenho taras por nariz, então não rolou de eu ir com a cara dele, mesmo ele sendo talentoso). Achei ele muito baixinho também para o papel, mas o talento dele sobrepôs, mas é visível as tentativas de amenizar a diferença de altura dele para os demais personagens. E pra ninguém me crucificar, achei que ele tem um bumbum sexy... rsrs

Sendo assim, não sei o que ainda está fazendo aqui!! Corra para assistir a série... se não tiver Netflix já tem disponível online nesses sites da vida... procura no Google e depois volta aqui pra me falar o que achou.


5 Comentários

  1. eu amei a série, achei beeem forte, violenta pra caramba! rs mas muito boa, me surpreendi!
    beijos
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Só assisti os dois primeiros capítulos, mas também achei que o ator ficou aquém, principalmente se compararmos com Ben Affleck, no filme. Mas no geral eu gostei do seriado.
    Ah, e quando eu for assistir o próximo episódio, Raíssa, Vou dar uma olhada para ver se ele tem mesmo esse bumbum sexy, kkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No episódio em que ele vai resgatar um garotinho... preste atenção na luta que vai rolar no corredor... céus!! Que bumbum!!!... depois dessa parte sempre que as cenas de lutas entravam eu ficava vesga olhando pro bumbum do menino!... rsrs

      Excluir
    2. É mesmo, kkkkk
      É bem redondinho. Vão ser duas vesgas agora kkkk

      Excluir
  3. Também não achei o Matt nenhum galã, Raíssa, mas ele tem um certo charme de vez em quando.
    Se o Fisk não fosse o óh até teria me encantado com ele pelo jeito como ele ama.
    Ainda não terminei a série, faltam dois episódios, mas estou muito amor e sentirei saudades quando acabar.
    Netflix arrasou!

    ResponderExcluir