(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)
Escolhida pelo Lobo:♥ Escolhida pelo Lobo ♥
Ed: 01 - Clube de Autores

Compre: Clube de Autores || Perse || Amazon
Sinopse:Depois de um período sombrio marcado pelo sangue de inocentes, uma nova liderança assume o clã dos lobos. Hunter Lonewolf constrói “Lone Wolf”, um lugar seguro e uma vida confortável para aqueles da matilha que desejaram seguir com ele em busca de um novo começo. Em Lone Wolf uma incrível descoberta renova as esperanças de um futuro promissor. No momento em que encontra aquela que será sua companheira, Hunter se depara com um inimigo oculto que se infiltra no meio de seu povo. E quando as ameaças se voltam para a sua mulher, seu instinto de proteção prevalece e acaba por assustá-la. Agora, ele precisa marcá-la como sua! E usar a atração entre eles para convencê-la de que o que eles possuem é real e que ela foi escolhida pelo lobo para ser a dona do seu coração!



"Era de sua natureza estar perto, mostrar que ela lhe pertencia,
marcá-la como sua para que ninguém ousasse afasta-la.
Para que ela nunca desejasse estar longe.
Queria cuidar dela, provê-la de tudo o que necessitasse.
Sustentá-la nos momentos difíceis. Amá-la.
pág 40

Saindo do anonimato!

Sempre achei que havia certa segregação em relação aos lobisomens e sempre tive muito mais carinho por eles do que pelos vampiros, então quando posso agarrar um lobão na literatura não perco tempo e cá estou eu.

Uma pergunta que não quer calar e talvez ecoe por toda a eternidade é: "Será que havia algo na água de Lone Wolf que fazia todos os homens tão másculos?" - pág 57, essa é a pergunta que Alex se faz e todas nós fazemos quando nos deparamos com os homens-lobos dessa tribo. Altos, fortes, másculos, deliciosamente selvagens, possessivos e apaixonantes.

Recebi esse livro pelo Book Tour promovido pela autora Flávia Cunha, para divulgar seu mais novo romance Escolhida pelo Lobo e já estava contando os segundos para poder lê-lo. Como sempre a Flavinha nos brinda com uma história curtinha, bem ligeira e envolvente.

Hunter é um fofo e a apesar de ter sentido falta de um envolvimento mais trabalhado o que encontramos é capaz de nos prender até a última página. Por se tratar de uma série o problema iniciado nesse volume terá seu desfecho trabalhado nos demais volumes, então, não espere resolver todos os problemas agora... 

O livro começa com Hunter tentando lidar com os problemas da alcateia. Desde que haviam se mudado para Lone Wolf encontrar companheiras e se reproduzir era um problema, encontrar uma forma de fazer isso sem cair na loucura que seu pai havia caído era um desafio bem grande dentro do pacote de responsabilidades que ele havia adquirido desde que o matara para assumir seu lugar como Alfa do bando. 

Quando um de seus amigos resgatou a humana Grace das garras de estupradores e descobriu nela sua companheira, sua metade, Hunter e seus amigos haviam se enchido de esperanças quanto ao futuro da alcateia. Quando ela se viu grávida do companheiro, transformaram a ideia em uma busca implacável. Só não conseguiam encontrar o fator que tornava uma simples humana a parceira perfeita para um homem-lobo.

Se não bastasse todos os problemas recorrentes de uma tribo, um povo e uma propriedade produtiva, Hunter é também a perseguido por jornalistas, escritores, pesquisadores que querem a todo custo entrar nas terras de Lone Wolf e descobrir qual o segredo de tão reservado grupo indígena. 

E é quando Alex L. Miller pede para estudar as raças lupinas da mata da propriedade para poder escrever algo sobre o que há ali, ele decide liberar a presença do homem por lá. Ao menos ele acreditava ser um homem que estaria sob o seu teto por todo aquele tempo e não esperava se deparar com uma bela mulher!

Eles haviam tomado todas as precauções quanto a descrição da pessoa que iria escrever algo sobre eles, então o fato dela ser uma mulher não é um problema, o problema é ela ser a escolhida pelo lobo de Hunter.

Seu cheiro, sua necessidade de estar sempre com ela... a vontade de marcá-la, possuí-la selvagemente e não deixar dúvidas a ninguém que aquela é a sua mulher, a sua eterna companheira... Encantado com a descoberta, Hunter não poupa esforços para que todos saibam que ela é sua, mas há um problema... como explicar a ela o que ele era de verdade.

Que Hunter mexia com todas as suas forças era um fato, bastou por os olhos sobre ele para ela saber... que estar nos braços daquele homem seria sua completa e mais deliciosa perdição. Enquanto estuda, as atenções daquele pedaço de mal caminho vão derrubando as defesas tão bem erguidas por Alex após passar por uma traição. É impossível resistir àquele cheiro, àquele homem.

Porém, como se não bastassem os problemas dentro de Lone Wolf, ele descobre que o antigo grupo tem um novo Alfa, e esse novo líder é um perigo para todos eles... principalmente para Alex que é atacada misteriosamente por alguém de dentro do grupo.

Enquanto tenta conquistar Alexandra, ele tem de investigar seus companheiros e seu povo. Quem poderia estar traindo seu bando? Quem estaria infeliz com seu Alfa? 

Como disse, nem todas as respostas serão encontradas nesse livro, mas seu final deixará aquele gostinho de quero mais. Então, se você gosta de romances, se você gosta de pegada quente, feroz e selvagem... se joga! Pois o romance é simplesmente uma delicinha de se ler. :3

"Seu lobo a havia escolhido. Seu coraçao se encarregou de amá-la. " - pág 73

Escolhida pelo Lobo

6 Comentários

  1. Pois é, Raíssa, não costumo gostar de livros sobrenatural, mas ao que me parece, esse livro trata mais do romance entre os personagens do que do sobrenatural em si. Estava muito na dúvida se gostaria de lê-lo ou não, mas o final da sua resenha me fez decidir que quero, quando você falou que é um romance com uma pegada quente, feroz e selvagem. Vou me jogar, então!!

    ResponderExcluir
  2. Como eu disse em outra postagem, esse lance sobrenatural não me agrada muito. Mas também prefiro lobisomens a vampiros! Adorei os quotes que você selecionou e pelo fato do livro ser mais voltado pro romance, pro erótico, acho que eu daria uma chance, sim!
    Você pelo jeito gosta bastante de livros nacionais, né? Muito bacana :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Nossa essa historia e bem estranha haha a obsseçao que ele tem por ela é visivel de longe
    hahaha, mais fiquei bem curiosa pra saber mais sobre ele, a historia de lobos e bem interessante
    kk ótima resenha bjoos

    ResponderExcluir
  4. Nao gosto mto de historias que envolve lobos nao, e essa nao me chamou mto a atençao, e meio que sem fundamento rsrsrs, a parte do romance e da aventura em parte de cuidar da aldeia e bem legal.. adorei a resenha flor parabeens

    ResponderExcluir
  5. Nunca fui muito afim de livros sobrenaturais falando sobre vampiros, lobos enfim essas coisas, mais a parte do romance gostei mtoo, amoo romces assim selvagens hahaha
    fiquei ate com vontade de ler..
    ameei a resenha bjoos

    ResponderExcluir
  6. Eu não consigo escolher entre seres sobrenaturais viajo entre vampiros e lobos.
    Lógico que eu gostei da sua resenha e fiquei com vontade de ler o livro.
    Gosto desse romance com uma pegada de mistério, já que você disse que nem todas as respostas serão dadas nesse livro.
    Espero ter a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir