(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)
Príncipe Das Sombras, O: Introdução À Série Noites Em Florença

♥ O Príncipe das Sombras ♥
Ed: 01 - Editora Arqueiro
Sinopse:
Um conjunto muito valioso de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, de Dante Alighieri, é exposto na Galleria degli Uffizi, em Florença. O dono das peças é o famoso professor de literatura Gabriel Emerson. Quando se deixou persuadir por sua amada esposa, Julianne, concordando em dividir com o mundo a beleza daquelas obras de arte, Gabriel jamais poderia imaginar que estaria atraindo para si um poderoso inimigo. Mais de um século antes, aquelas mesmas ilustrações foram roubadas de seu verdadeiro dono, o Príncipe de Florença, uma criatura sobrenatural e misteriosa que governa o submundo da cidade e há muito não sabe o que é o amor. Agora um dos seres mais perigosos da Itália está disposto a recuperar o que lhe pertence e se vingar de Gabriel e Julianne. Mas logo seus planos são frustrados. Um atentado o obriga a deixar os Emersons de lado, afinal ele precisa resolver assuntos muito mais importantes. Tanto seu principado quanto sua própria vida parecem estar em risco. Passado na cidade mais artística da Itália, O príncipe das sombras é uma incrível introdução à nova série de Sylvain Reynard, Noites em Florença, e vai deixar os leitores com gostinho de quero mais.


" Se um homem precisa ser punido, que a punição seja severa o suficiente 
para que não se precise temer sua vingança." 
pág 45


Depois de ler inúmeras criticas negativas sobre a série 'Inferno de Gabriel' de pessoas que tem o mesmo gosto literário que o meu, fiquei meio receosa de ler a primeira trilogia publicada por esse misterioso(a) autor(a) canadense aqui no Brasil, sem falar que foi lançado naquela febre BDSM (que eu odeio), então já viram né? Fugi às léguas. Porém a curiosidade unida ao título da nova série, que ainda esta sendo escrita pelo(a) autor(a), foi mais forte que meus receios e cá estou eu resenhando o conto de introdução a 'Noites em Florença'.

Se você achou que os problemas do casal Emerson terminaram, não sabe de nada inocente!

Gabriel Emerson, da trilogia anterior, é dono das famosas ilustrações renascentista da Divina Comédia de Dante, que antes de lhe pertencerem foram roubadas do poderoso e sombrio Príncipe de Florença séculos atrás. Ele é um ser sobrenatural que não fica bem especificado qual seja nesse livro.

Quando Jully consegue convencer Gabriel a expor as ilustrações em uma galeria em Florença, mal poderia imaginar que o verdadeiro dono das peças estivesse lá tramando sua vingança contra eles. Enquanto os observa a distância, tramando como os mataria, o Príncipe sente que a Sra. Emerson está com uma doença e de certa forma seus planos quanto a morte do casal ficam abalados.

Por sorte, um inesperado ataque ao Príncipe o deixa alerta quanto a um ataque traiçoeiro do Príncipe de Veneza. Fingindo-se de morto, o Príncipe tenta lidar com os traidores de seu próprio principado e claro, começa a arrebanhar seus aliados para eminente guerra que está por vir.

Enquanto sua mente gira em torno da vingança e de seus planos para a guerra, ele descobre que só havia amado uma vez na vida e descobrir, depois de séculos de existência o amor entre os Emerson o deixa abalado, mas nada é capaz de tirar sua vingança de cabeça.

E a história não termina aí, nesse livro temos apenas os motivos que introduzirão a nova série que ainda está sendo escrita pelo autor(a). Eu achei o motivo da vingança contra o Gabriel, muuuuito besta, tanto porque as obras foram roubadas em 1870, ou seja o Professor é só mais uma pessoa que teve o prazer de ter as ilustrações em sua posse, não foi ele quem roubou, então se vingar dele é muito sem noção.

Tirando isso, gostei bastante do livro, tem muitas cenas estilo Matrix, sabe? Cabeças rolando *__* do jeito que eu gosto. O Príncipe é tão arrogante e tem uma visão de justiça um tanto quanto deturpada, mas é tão foda com uma espada que não tem como não gostar dele e rir das ideias furadas que ele tem... rsrs... É tudo muito misterioso nesse livro, o nome do príncipe, que tipo de ser amaldiçoado eles são então, acho que isso ajuda a dar um ar de quero mais. Confesso que não é sensacional, mas a leitura desse livro me deixou intrigada.

Que venha A Transformação de Raven... pois a guerra chegou às fronteiras de Florença e muita água ainda vai rolar sob essa ponte.

 book cover of 

The Prince

5 Comentários

  1. Olá, comecei a ler o inferno de gabriel mas não foi um livro que me prendeu, acabei abandonando a leitura, ainda não decidi se o principe das sombras é bom ou não para mim!!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  2. Amo a escrita desse autor. E amo o Emerson e a Julianne. Quando vi esse lançamento, nem sabia o que era, mas já queira. E agora quero muito mais. Ainda bem que lançaram O Príncipe das Sombras e A Transformação de Raven com um mínimo intervalo de tempo, porque ao menos não vou pirar tanto assim. Amei a resenha. Já quero saber quais são as ideias furadas do príncipe.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu li a trilogia O Inferno de Gabriel, e apesar de ter gostado, não morri de amores. Mas O Príncipe das sombras, por ter essa premissa sobrenatural, não me despertou o interesse, não curto livros desse gênero.

    ResponderExcluir
  4. Eu amei a referência a Matrix, Raíssa. hehehe
    Estou mega curiosa para essa série.
    Ele me ganhou a partir do momento que você falou em sobrenatural.
    Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  5. Sylvain é meio obcecado por A divina comédia hahahahahahaha
    Essa é a primeira resenha que leio do livro e fiquei felicíssima de rever Gabriel e Julianne e, na minha cabeça, essa série seria independente dela e com esta capa e título tinha ctza de que seria sobrenatural.

    ResponderExcluir