(Esse livro não é recomendado para menores de 18 anos)
♥ Veneno ♥
Ed: 01 - Única
Sinopse:
Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos! Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!


"- Para sempre é tempo demais. - disse a bisavó. - Além da morte,
a única coisa que dura para sempre é o amor verdadeiro."
pág. 113


Lá vou eu... quem me conhece sabe ou, se já viu os vídeos em que apresento a série para vocês, que não caio de amores pela estória da Branca de Neve, então imaginem como foi ter de ler esse livro? Um sacrifício, porque pra mim a Branca de Neve é chata demais com toda aquela felicidade eterna, bondade extrema... eca... me embrulha o estomago isso (dos contos de fadas sempre gostei mais da Bela e a Fera), mas enfim, eu li, demorei mais do que devia e me surpreendi com o livro e com seu final.

Sarah Pinborough escreve de forma simples e de fácil entendimento e com meia hora você já leu mais de 25 páginas desse livrinho que tem por volta de 210 páginas. A leitura é gostosinha, se você não tem birra com a Branca de Neve e seu esquife guardado por anões, vai gostar e muito da história que é incrivelmente surpreendente. 

Rabugices minhas a parte, eu gostei bastante do livro, algumas reviravoltas na trama me surpreenderam, mesmo que a Branca de Neve tenha continuado no mesmo patamar de mala sem alça na minha opinião. O final foi surpreendente e realmente, como diz na capa, você vai repensar seus vilões com toda a certeza.

Senti, agora que estou lendo Feitiço, que a autora queria mesmo era contar a estória da Branca de Neve com mais safadeza e erotismo, pois até a metade do livro as mudanças no enredo 'original' é muito pouca e o erotismo não flui de uma forma natural ou interessante, mas lá pela metade de Veneno ela teve um lapso e mudou tudo que já conhecemos (algo que ela devia ter feito desde o inicio) e foi essa mudança que deu aquele toque a mais que fez do livro uma deliciosa surpresa. Ela deixou de tentar escrever um conto de fadas safado e criou um história completamente nova para a princesa, coisa que ela já fez logo nas primeiras páginas de Feitiço e funcionou muito bem do que o inicio de Veneno.

Começamos a leitura conhecendo Lilith, a madrasta de Branca de Neve. Uma jovem princesa, casada com um homem quem não ama para agradar ao pai, que para esconder o sangue de bruxa que ela tem sem sujar seu nome a manda embora com o novo marido para não mais voltar. Criada para ser perfeita e bela, Lilith sente-se ultrajada por Branca de Neve poder fazer tudo o que deseja, quando uma boa princesa era aquela que se dedicava a ser perfeita e recatada sempre. Ela fora criada sob os rigores sociais de sua posição e não aceitava que a menina fosse tão livre e feliz quanto era. Se não bastasse, sua beleza rivalizava com a da rainha, que após chegar foi subjugada pela lembrança da falecida esposa e encantos da princesa.

Decidida a ganhar o medo de seus súditos, Lilith decide deixar a maldade dominá-la e governa com mãos de ferro enquanto seu marido vai guerrear. Com Branca de Neve sob sua responsabilidade ela fará de tudo para fazer da vida da jovem um inferno e é no dia de seu aniversário que Lilith decide matar a enteada, que lhe faz uma brincadeira de muito mal gosto, estragando de vez todos os seus desejos de casá-la e mandá-la para bem longe.

Possuída pelo ódio, ela faz um trato com um misterioso Caçador que fora preso enquanto caçava nas matas reais de seu reino. Ele tem de lhe trazer o coração de Branca de Neve, só que seus planos não vão ser exatamente seguidos a risca, ela não esperava que o Caçador fosse se perder diante da beleza estonteante da jovem princesa e se entregar a uma luxuriante tarde de amor com ela.

A bisavó de Lilith apareceu para ajudá-la e seguindo seus conselhos, Lilith decide amaldiçoar Branca de Neve. Uma única mordida na maçã e ela dormiria para sempre e só seria desperta pelo beijo do amor verdadeiro (tão Disney isso ¬¬'). Então, acontece aquela coisa de sempre que vocês já conhecem, até que um belo e altivo príncipe surge na colina e se apaixona pela beleza morta de Branca de Neve.

Lilith que encontrar o corpo de Branca de Neve para mantê-la afastada para sempre e é nessa busca que Sonhador, o Príncipe e Branca de Neve escondida em uma carroça fugirão para outro reino. Tudo parecia perfeito, até que eles sofram um acidente e a princesa desperte dentro do caixão de vidro. Ela não havia comido a maçã, estava apenas engasgada (ri horrores nessa parte).

A partir daí a trama toma outro rumo. Casada com o príncipe, Branca de Neve deixará florescer seu lado mais selvagem o que assustará seu marido ainda mais que a noite de núpcias nada virginal. Só que a maça enfeitiçada ainda está sob o poder do Príncipe Encantado... e nós descobriremos que ele não é assim tããão encantado.

O livro gira em torno de clichês muito conhecidos, com reviravoltas muito criativas e impressionantes. Eu confesso que não esperava pelo final desse livro e fiquei boquiaberta quando terminei a leitura dele. Sarah fez uma ponte excelente para o próximo livro e após o término desse será impossível não correr até a estante e pegar o próximo volume, porque com toda a certeza, essa parte com o Príncipe 'nada Encantado não terminou.

Excelente leitura para aqueles que gostam de novidades inusitadas e sensuais!

book cover of 

Poison
(Esse livro não tem publicação em Portugal)


7 Comentários

  1. Oiee.
    Da trilogia eu só li esse até agora. Confesso que me surpreendi positivamente com o livro, que apesar de ser uma história que todos nós já conhecemos a autora conseguiu fazer uma coisa muito legal que foi mudar partes que pra mim, são principais na história.
    Vi algumas pessoas falando que achou o livro fraco, eu discordo, a proposta era para ser um livro divertido, e ele é.
    Gostei bastante e estou ansiosa para ler os outros.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  2. Oi Ra gostei bastante dessa nova versão Branca de neve nao li nenhum dos livros mais fiquei bastante curiosa, deve ser bem legal tirar toda aquela perfeiçao que a historia nos fazia acreditar..
    e bom acreditar em fantasias porem com os pés no chao rsrs adoreeei bjoos..

    ResponderExcluir
  3. Oi Ra esse livro é chick lit??? nossa O livro das princesas e bem parecido com esse kkk as historias de contos de fadas modernizados, paula pimenta tbm escreveu alguns livros que estao em lançamentos com o msm tema neh, bem legal esses tipo de livros contando os contos de fadas bem mais interessante e de nivel adulto ahahah que fala serio akelas historias da carochinha e so pra crianças msm neh.. gostei bastanteee..bjos

    ResponderExcluir
  4. Gosto de ver estas novas versões aos contos de fadas. Sabia que o livro seria cheio de clichês, até por conta de seu conteúdo, mas o importante mesmo é que foi bem escrito.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Para começo de conversa eu não sabia que esse livro era erótico. E mesmo assim prefiro ler o terceiro... rsrsrsrsrsrsrs Não tem jeito vc me convenceu, mas vou ler a serie inteirinha sim, não vejo a hora de comprar a minha serie.

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  6. Tô de olho nessa Saga há um tempão. Gosto muito dessas repaginadas que estão dando aos contos de fadas, porque sempre fica uma história diferente da outra e cada uma com algo interessante. Que bom que ele é bem escrito e que o príncipe não é assim tããão encantado. Tá na minha lista!

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi falarem muito sobre essa trilogia, mas ainda não li. Essa é a primeira resenha que leio e achei bem interessante o livro, a forma como ele mostra que nem sempre os heróis são tão bonzinhos assim, e o porquê das vilãs serem vilãs. Ansiosa pela resenha dos outros dois livros.

    ResponderExcluir