(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)
Sedução Ao Amanhecer♥ Sedução ao Amanhecer ♥
Ed: 01 - Editora Arqueiro 
Sinopse:
O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?

"Tremendo, Win fechou os olhos e não tentou resistir.
Os soluços eram sufocados pela mordaça que cobria sua boca,
nenhum deles de infelicidade ou medo, mas de alívio.
Este não era um ato impulsivo. Era um ritual.
Um antigo rito que fazia parte do namoro cigano e 
não havia nele nenhuma hesitação.
Ela seria raptada e tomada a força.
Finalmente."
pág. 167



E cá estou eu continuando minha maratona Hathaways. 

Depois de ouvir minha mãe falar tãão mal dos Bridgertons da Julia Quinn e simplesmente cair de amores profundos pelos Hathaways da Lisa Kleypas, fui compelida a conhecer essa família pra lá de excêntrica. Quem acompanhou a resenha do livro anterior (aqui) já tem uma ideia do tipo de pessoas que iremos encontrar. Os Hathaways não nasceram nobres, tem de lidar com uma propriedade falida e um título de nobreza nas mãos da pessoa errada o que já é motivo o suficiente para que as pessoas tenham medo.

No livro anterior agarrei um ódio voraz pelo irmão mais velho das meninas Hathaway, mas com a viagem para a França ele volta bem divertido e até comecei a gostar um pouco mais dele. Principalmente porque ele fica provocando a governanta das meninas mais novas da família.

Rohan continua lindo, perfeito e bem ativo nesse segundo volume, já que por conta de seu casamento e a injeção de sua fortuna nas finanças da família as coisas começam a entrar nos eixos.

Ao conhecer Merripen e toda sua devoção por Win no primeiro volume, achava-o um pouco turrão e abrutalhado, mas nada que o destituísse de certo charme. Com o desenrolar do primeiro livro e apresentação de seus dramas compreendi sua situação, mas de certa forma a autora exagerou um pouco e por muitas das vezes torcia pra Win meter o pé na bunda dele, quem está acostumada com mocinhos brutos, como eu, acaba se encantando com toda a devoção que ele tem pela Win e releva a cabeça dura que ele tem (em todos os sentidos... rsrs).

Win, não é o tipo da mocinha que eu curta muito. Frágil, doce e meiga... mas quando ela tem de mandar o Kev a merda ela manda bonito. Então acabou ganhando pontinhos comigo. As demais irmãs são divertidas e as tiradas da Beatrix, as melhores... impossível não rir.

A escrita de Kleypas continua contagiante e divertida. Ela é o tipo da autora que te faz ter ódio de um personagem em uma página e o amar em outra. Ela consegue te envolver na trama e te encantar... ela é simplesmente maravilhosa nessa coisa de brincar com os sentimentos do leitor e foi impossível para mim terminar a leitura desse e não iniciar imediatamente a leitura do terceiro volume, que já vou confessar que me arrancou boas risadas logo de cara. É impossível não se divertir com as trapalhadas dessa família e ainda mais impossível não se apaixonar por cada um e seus dramas,

E segue a série na ordem para vocês. Serão esses os livros lidos na maratona Hathaways e já vou dizendo... estou muito curiosa para ler Manhã de Núpcias, tenho certeza que vou me divertir horrores com o Leo e a Cate... rsrs
  1. Desejo à Meia-Noite (Amélia e Cam) 
  2. Sedução ao Amanhecer (Win e Kev) 
  3. Tentação ao Por do Sol (Poppy e Harry) 
  4. Manhã de Núpcias (Leo e Cat) 
  5. Paixão ao Entardecer (Beatrix e Cap.Phelan) lançamento em Janeiro 2015.

Ok. Falei. Falei. Falei. E não disse nada, mas lá vou eu, porque ai ai meu coração... Desespero define a minha pessoa em determinada parte do livro. Já vou dizendo para que prepare o coração, pois muitas coisas serão reveladas nesse livro e muitas vidas postas em perigo. Evitarei dar spoiler, mas se preparem, pois como diria Roberto Carlos: "- São tantas emoções, bicho!'

Sintam-se avisados... então vamos lá!

Kev e Win se amam desde a infância, quando Merripen foi resgatado pelo pai da jovem e criado entre eles como seu próprio filho, porém o jovem cigano sempre escondera dos Hathaways segredos negros que lhe turvavam a alma. Mesmo amando a todos como seus próprios irmãos ele sempre se mantivera afastado, delegando a si o dever de cuidar, não apenas das meninas Hathaways, como da saúde do inconsequente e atormentado Lorde Ramsay. Ele não está nem um pouco feliz com a inclusão de Cam Rohan a família, mas pouco pode fazer a não ser rosnar para o outro cigano que cisma em chamá-lo de irmão.

Win está decidida a se curar para poder ter uma vida plena ao lado do único homem que seu coração é capaz de amar, Kev Merripen, mas fazer com que ele abra o coração será uma batalha longa e cheia de percalços. Antes de embarcar para a França ao lado de Leo, Win exige que Kev diga que a ama. Sem sucesso ela embarca para o outro país de coração machucado sem saber o quanto seu amado também sofria em vê-la partir.

Kev guarda muitas feridas de seu passado, feridas tão profundas capazes de amargar sua alma e mantê-lo longe da única pessoa capaz de aliviar seu fardo com amor. Ele a ama desesperadamente, mas se acha indigno até mesmo de nutrir esse sentimento por ela. Dois anos se passam até que Win volte de seu tratamento na França completamente restabelecida e disposta a derrubar todas as barreiras de Kev. Ela quer ajudá-lo, quer amá-lo e resgatá-lo do tenebroso mar de amargor que parece querer tragar sua alma para sempre para a escuridão, mas tentar ajudá-lo sem conhecer a verdade sobre seu passado parece impossível. Noiva do homem que a ajudou a se curar, ela decide desistir do homem que a ama, mas insiste em afastá-la.

Merripen não está nada feliz com o desenrolar de seu romance, mas ele sabe que o melhor pra Win não é se casar com ele. Mesmo sendo ele o responsável por manchar sua reputação, ele não está disposto a assumir o erro e mesmo achando que há algo de estranho no médico ele não está disposto a interferir. Win merece muito mais que um cigano xucro sem eira nem beira em sua vida... 

O caminho que ambos terão de percorrer para enfim se entregarem a crescente paixão que os consome será tortuoso e perigoso. A verdade sobre o parentesco entre Rohan e Merripen será desvendada e a vida dos irmãos será virada de cabeça para baixo. Kev está jurado de morte pelo noivo de Win e Cam pagará um preço muito alto por engano. 

E o homem que um dia os quis morto baterá a porta informando que agora Merripen era um lorde... herdeiro de uma grande fortuna e muitas terras... A chance de mudança está nas mãos de Kev e ele terá de escolher... entre viver ao lado da mulher que ama ou definhar até a morte sem tê-la ao seu lado...

O livro é simplesmente, arrebatador! Se você não teve nenhum spoiler, como aconteceu comigo (minha mãe contou o livro inteiro pra mim) com certeza ficará de queixo caído.  Merripen me deu nos nervos algumas vezes, acho ele muito seco e insensível, mas o amor que ele tem pela Win é simplesmente encantador. Impossível não suspirar diante das palavras que ele diz a ela. Ele é bruto, intenso e dramático... simplesmente perfeito! (mas ainda prefiro o Cam... rsrs)

Acho que não preciso dizer que indico né? Então, espero vocês na próxima resenha... que sai em janeiro assim que eu voltar de viagem, o livro vai ser lido antes da chegada de 2015, eu só não vou ter como publicar a resenhas... então me aguardem... rsrs

Boas festas e um 2015 maravilhoso a todos vocês!!!

book cover of 

Seduce Me At Sunrise

Esta série ainda não foi publicada em Portugal, porém a série que antecede a ela, Wallflowers, cujos personagens aparecem na série resenhada aqui, já foram publicados.

7 Comentários

  1. Oiee Raíssa!
    Menina eu ganhei os três primeiros livros dessa série mas ainda não peguei para ler, ou seja, não li nada além da sua opinião no fim da resenha.
    Todas as opiniões que eu li foram idênticas as suas, todo mundo fala super bem da série. Eu até queria lê-la assim que terminasse o livro que estou lendo no momento, mas decidi me segurar um pouco mais até comprar os outros dois livros que faltam pra que eu termine minha linda série.
    A ansiedade me consome, mas vou ter que me segurar, espero conseguir :O
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  2. iiiii menina gostei desse tambem. Terei que arrumar um segundo emprego para comprar tantos livros

    ResponderExcluir
  3. Ai meu Deus, vc quer me levar a falência, né? Já estava doida pelo 1º livro, agora estou maluca pelo 2º também!! Esses livros parecem ser maravilhosos demais. A cada resenha que leio fico mais encantada com essa família. O jeito vai ser comprar todos de uma só vez...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Não sou muito fã de vermelho, mas essa capa é LINDAAAAAAAAAA. Como não peguei nenhum spoiler do livro, quero ver meu queixo cair. Fiquei muito curiosa com a trama e o romance do livro. bj

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li o livro e não peguei nenhum spoiler, amém!
    Leio resenhas com o coração na mão por medo de spoilers hahahahahaha
    To muito ansiosa pra começar logo!

    ResponderExcluir
  6. Eu sou apaixonada pela Lisa Kleypas, acho que tudo que ela escreve maravilhoso, e as capas dos livros, sao uma maravilha a parte, vou anotar pra comprar esse, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  7. Esse trecho que você colocou despertou minha curiosidade, Raíssa!
    Que bom que a atitude do Leo mudou nesse livro, afinal ele vai ser um dos mocinhos nos próximos volumes, e sua personalidade não condiz como um... Também não gosto de mocinhas meigas e doces, curto mais mocinhas de personalidades fortes, decididas. Me decepcionei com o mocinho aqui, cadê a auto estima!?
    A escrita dessa autora parece bem legal, gosto de dar boas risadas enquanto leio um livro. Essa série me cativou, com certeza entrou na minha lista de desejados!

    Bjos!

    ResponderExcluir