(Este livro é inapropriado para menores de 18 anos)
Desejo à Meia-NoiteDesejo à Meia-Noite
Ed: 01 - Editora Arqueiro
Sinopse:
Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida. Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina. Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos. Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera. E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos. Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento?


"- Se estivéssemos comendo a moda cigana, diante de uma fogueira, 
eu lhe ofereceria as melhores porções de carne. 
A parte mais macia do miolo do pão. 
Os pedaços mais doces das frutas."
pag. 70


Eu deveria ter escolhido um quote mais especifico ou algo que desse a vocês aquele gostinho de ler o livro, mas não resisti a esse. Simplesmente não resisti ao Cam Rohan. Sabe aquele personagem que sempre que diz algo você fica suspirando e torcendo pra achar um igual a ele na vida real? Esse é o Cam, meu sonho de consumo com longos cabelos cor de ébano e olhos cor de mel... ai ai ai... *xaeuvoltaraofoco*

Então... como eu comentei no #PapodeSexta até onde eu tinha lido estava simplesmente delicioso e o termino não poderia ter sido melhor. A Amélia me fez perder a paciência, achei algumas atitudes dela muito imaturas, mesmo compreendendo que ela tinha medo de ser abandonada por um cigano que sonhava com a liberdade, achei que ela fez muito mimimi pra aceitar se casar com ele. Não queria casar com ele, mas tava sempre metida na cama dele... fala sério né? Mas deixei pra lá... achei o irmão dela, Leo, muito mais chato, pedante e pé no saco.

O cara perdeu a noiva, por quem era apaixonado, para a escarlatina e desde que herdou o título Ramsay só sabe beber, jogar, usar ópio e por aí vai se destruindo aos poucos. Simplesmente, se esquece que tem uma família e quatro irmãs que precisam dele e dos benefícios que aquela herança pode trazer as irmãs. Achei ele muito egoísta e prepotente. Segundo minha mãe ele não vai mudar muita coisa, então já estou até vendo que vou ficar bolada no livro dele.

A sorte da Amélia é a presença do Merripen, protagonista do segundo volume, outro cigano, que entrou para a família após seu pai achá-lo ferido na estrada quando ainda era um menino. Ele tem mais ou menos a idade de Leo e é mais irmão das moças do que o próprio cara. Ele é meio ríspido e grosseiro, mas simplesmente encantador com a Win e ao chegar a leitura do segundo livro, pude compreender um pouco melhor ele, mas essa é uma outra história.

Bem, já deu pra notar que os Hathaways são uma família um tanto quanto excêntrica, então o par romântico da nossa irmã Hathaway mais velha, não podia ser nada menos que exótico. E esse é o Cam, um cavalheiro pagão. Um homem honrado com sangue selvagem. É com toda a certeza o melhor personagem da trama, ele é bonachão, sexy... irradia simpatia e bom humor... e como já disse, mas vou ser um pouquinho mais repetitiva... impossível não se apaixonar... rsrs

Lisa Kleypas, me brindou com um romance regencial delicioso... cheio de drama, erotismo e mistério sobrenatural. Quem me conhece sabe que sou louca por romances históricos, mas que simplesmente fujo às léguas dos regenciais, que são sempre a mesma coisa... bailes, mais bailes, com chás, regras de etiqueta e libertinos apaixonados por moças virginais. Essa é a receita de todos eles, mas Lisa Kleypas, me surpreendeu, porque os Hathaways são tudo... menos uma família normal e perfeita e seus vizinhos aristocratas são ainda mais excêntricos.

A série é composta de cinco livros, listados abaixo, todos publicados pela editora Arqueiro. Alguns personagens secundárias que aparecem fazem parte de uma outra outra série chamada Wallflowers, mas por enquanto... vamos ficar com Os Hathaways

  1. Desejo à Meia-Noite (Amélia e Cam)
  2. Sedução ao Amanhecer (Win e Kev)
  3. Tentação ao Por do Sol (Poppy e Harry)
  4. Manhã de Núpcias (Leo e Cat)
  5. Paixão ao Entardecer (Beatrix e Cap.Phelan) lançamento em Janeiro 2015.

Bem... vamos lá.

O livro começa com a Amélia e o Merripen indo procurar Leo em mais uma de suas noitadas desenfreadas em Londres. Amélia se preocupa com todos os irmãos, já que o primogênito resolveu se autodestruir, ela está decidida a se dedicar ao máximo por todos eles e evitar que o irmão inconsequente os deixe a todos na penúria novamente. Os Hathaways não são ricos, na verdade são apenas filhos de um acadêmico e a descoberta de que Leo era o novo herdeiro Ramsay foi um alívio para Amélia que vê nisso uma oportunidade de casar bem suas irmãs e levar uma vida de solteirona confortável depois que sua missão estiver cumprida... ao menos esse era seu desejo até chegar no Jenner's, um requintado bar de cavalheiros onde ela conhece Cam Rohan, um cigano deliciosamente pecaminoso que faz seu sangue ferver apenas com um olhar.

Cam sabe que Amélia é um problema, um delicioso problema, mas está decidido a por a mão no fogo por ela. De todas as mulheres da nobreza que havia conhecido, ela era a mais peculiar e intrigante que já vira. Como um bom rom, Cam sonha em dormir sob as estrelas e cruzar o mundo em uma carroça como nos velhos tempos ao lado de sua avó. Porém como um mestiço, seu lado gadje também sonha com um lar e uma esposa para amar. 

Ao encontrarem Leo, Amélia e Cam se despedem de maneira ardente sabendo que não irão mais se ver depois daquela noite.

Depois da fatídica noite de buscas em Londres, Amélia e a família decidiram se mudar para uma decaída propriedade interiorana herdada pelo irmão e é aí que tudo começa a se desenrolar. Cam, está visitando um amigo na região e sem saber acaba salvando Amélia de ser alvejada por um dos experimentos do amigo. Hipnotizado com aquela mulher capaz de tudo para manter a família a salvo ele entende que sua liberdade não está sob as estrelas, mas ao lado daquela mulher que lhe domara o sangue selvagem.

Entre intrigas, fantasmas, maldições, Lisa Kleypas, nos brinda com um delicioso e arrebatador romance permeado de bom humor e erotismo. É impossível não se encantar com seus personagens e se envolver com seus dramas.

Se eu recomendo? Acho que nem preciso dizer mais nada, né?

book cover of 

Mine Till Midnight
Esta série ainda não foi publicada em Portugal, porém a série que antecede a ela, Wallflowers, cujos personagens aparecem na série resenhada aqui, já foram publicados.

9 Comentários

  1. Paixão louca pelo Cam, reli essa serie essa semana e devo dizer que deu vontade de estapear o Leo,esperando o livro da Bea,ela é aquele personagem que só da uma aparecidinha mais te deixa com vontade de ler um livro só dela(tenho pra mim que no livro dela,havera um zoo completo)

    ResponderExcluir
  2. Oiee Raíssa!
    Ai o que falar dessa série, só que estou louca para ler mas ainda não li.
    Já li vários comentários (mas nunca resenhas, pois quero ser totalmente surpreendida), e todos falam tããão bem que eu sei que vou amar, pois romances de época são os meus queridinhos.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  3. Humm... com essa resenha fiquei super com vontade de ler, são sempre as mesmas historias, mocinhos lindos, mocinhas desprotegidas amor avassalador, mas nunca me canso disso. Vou colocar esse livro na minha lista de leitura que por sinal está interminavel rs.

    ResponderExcluir
  4. Gente, nem li o livro e já tô apaixonada e suspirando pelo Cam, pode isso?? Culpa da sua sua resenha que me deixou morrendo de vontade de conhecer o livro, todos eles!!
    Amo romances de época e esse parece ser super sensacional. Com certeza já está na minha próxima listinha de compras.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Gente, nem li o livro e já tô apaixonada e suspirando pelo Cam, pode isso?? Culpa da sua sua resenha que me deixou morrendo de vontade de conhecer o livro, todos eles!!
    Amo romances de época e esse parece ser super sensacional. Com certeza já está na minha próxima listinha de compras.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Uau... tenho a impressão que este livro é perfeito, de capa a capa e eu nem li ainda!!!! Quero ter este livro e toda a serie na minha estante. Acho bem original uma serie que não envolvem os mesmos protagonistas. bjs

    ResponderExcluir
  7. Essa série tem as capas mais lindas que já vi!
    O livro é lindo, principalmente pelo preconceito que o casal enfrenta… cenas super românticas, fofas *_____________*
    Recomendo!

    ResponderExcluir
  8. Como amo tudo que a Lisa escreve, amei esse livro, e olha que nao gosto muito de romances de época. Amelia a moça forte e Cam o moço por quem a gente suspira

    ResponderExcluir
  9. Cam parece ser apaixonante, sedutor, envolvente... Difícil de resistir! Odeio mocinhas indecisas, que não sabem o que realmente quer, mas com um mocinho desse, vale a pena ler o livro! Também não curto históricos da época de regência, gosto mais de medievais, mas esse parece ser interessante.
    Fiquei curiosa em relação Merripen.

    Bjos!!

    ResponderExcluir