♥ Para Sempre Sua ♥ - Ed: 01 - Paralela
A partir do momento que conheci Gideon Cross, vi nele algo que precisava. Algo que não podia resistir. Eu vi a alma perigosa e danificada — muito parecida com a minha. Eu estava atraída por isso. Eu precisava dele, tanto quanto precisava que meu coração batesse. Ninguém sabe o quanto ele arriscou por mim. O quanto fui ameaçada, ou quão sombria e desesperada a sombra de nosso passado se tornaria. Entrelaçados por nossos segredos, nós tentamos desafiar as probabilidades. Nós fizemos nossas próprias regras e nos rendemos completamente ao poder requintado da posse…

Para Sempre Sua
Esse livro não é recomendado para menores de 18 anos.

" - Onde quer que você vá, não importa a distância,
eu vou estar sempre ao seu lado." - Gideon
pág. 141

Já deu para notar que meu final de semana foi movimentado, não? Raramente tenho esses ataques e acabo lendo muitas coisas num final de semana só, mas não vou mentir, está no meu Instagram pra quem quiser ver que eu acabei abandonando essa leitura descaradamente algum tempo atrás e vou explicar porque. 

Assim que abriu a pré-venda do quarto volume da série (Somente Sua) me animei muitíssimo em por em dia minha leitura dessa série que eu amo alucinadamente pra poder comprar o lançamento, mas algo aconteceu na minha vida pessoal amorosa (não que eu tenha uma muito ativa), mas na época ela estava um pouquinho agitada e uma notícia desastrosa me fez largar a leitura. Era inevitável fazer comparações entre o Gideon e a pessoa que estava comigo no momento... enfim... sonhos de leitora certo? Como estava beeem chateada com a tal pessoa, resolvi largar a leitura, não por estar ruim, ao contrário... eu adorei, mas larguei porque a leitura me fazia pensar em alguém que não estava muito afim de ter na minha cabeça no momento. ** Não queria macular a imagem de Gideon Cross com um babaca qualquer né? Um sacrilégio isso**

Enfim, agora que minha vida amorosa voltou a ser o que era antes **nada** resolvi retomar a leitura e me deliciei com cada página e não seria novidade nenhuma, já que Sylvia Day é minha diva total dos romances eróticos.

Acredito que não seja mais novidade para ninguém o fato de que Sylvia Day transformou uma trilogia erótica em cinco livrinhos. Não vou reclamar, adoro a forma como ela escreve e não me senti nem um pouco decepcionada em saber que os problemas de Gideon ainda não foram solucionados e pelo tamanho da problemada acho que ela realmente não daria conta de resolver tudo em um único livro.

Comprei esse livro na pré-venda, fiquei tão louca com o livro anterior (resenha aqui) que não resisti, assim que ele chegou fiquei namorando ele na estante, mas preferi não pegar ainda, fiquei com uma baita ressaca do livro anterior e não queria estragar toda aquela magica que encontrei em Profundamente Sua. O tempo foi passando e resenhas e mais resenhas foram saindo do livro e eu fiquei cada vez mais temerosa de pegar o livro para ler e estragar a magia do anterior, mas eu precisava ler e tirar minhas próprias conclusões, não é mesmo? E foi o que eu fiz...

Não sei se é pelo fato de ser uma fã doente do trabalho da Sylvia, mas ao terminar o livro simplesmente pensei que tudo o que eu li foi deveras exacerbado ao meu ver. Ok, o povo estava chateado com o fato de que a trilogia havia virado uma série/saga, mas caramba!! Vi gente falando até que a Sylvia deixou a desejar nesse enredo e não vi nada disso.

*** Podem rolar spoiler's do livro anterior nos parágrafos abaixo, ou não ***

Com o resultado do livro anterior estava na cara que o Gideon poderia ser preso, eu já estava imaginando o final de Para Sempre Sua com ele saindo algemado da igreja, com uma Eva chorosa, vestida com caríssimo vestido Chanel e gravidíssima do nosso garanhão milionário. Porém nada disso aconteceu.

Gideon pode ter sido um filho da puta no livro anterior, mas realmente o gato se superou. O desenrolar da trama, ao contrário do que todos falaram, me pareceu normal... obviamente as coisas já não tem tantos emaranhados. Eles estão desatando seus nós e se libertando de seus passados, um ajudando o outro, então acho meio ilógico a autora ter de seguir um padrão porque seus leitores, simplesmente não conseguem acompanhar o amadurecimento do relacionamento do casal. Mas tudo bem, nem todo mundo é capaz de usar os dois lados do cérebro né?

Obviamente, este não é o melhor livro da série. Na minha opinião o melhor livro é o segundo, sem discussão, mas acho que o povo realmente exagerou e muito no que falou do livro. Depois do assassinato de Nathan, eles não podiam simplesmente retomar tudo numa boa como se o Gideon não fosse o principal suspeito do caso... então achei óbvio todo o plano bolado pela autora. Claro, que além desse problema ainda existe um chamado Brett Vocalista Sexy Falastrão expondo a intimidade do relacionamento que teve com Eva e outro chamado Corinne Surtada completamente histérica simplesmente esfregando a perereca na cara do Gideon.

Como se não bastassem as duas cabeças perturbadas do Gideon e da Eva, atrelado a esses problemas, e o sexo quente... temos o problema de que o pai de Eva descobriu sobre os abusos sofridos pela filha e outros tantos problemas são agregados a tudo isso. Aí tudo isso está acontecendo ao mesmo tempo e o Gideon tem uma brilhante ideia... Adivinhem?? CASAR!!! Sim, a Eva exagerou um pouquinho no c* doce, mas de certa forma ela tava certa... os dois ainda nem conseguem dormir na mesma cama sem que acordem um estrangulando o outro, realmente está cedo... e claro (nossa como eu falo isso) o foco deste terceiro livro é a retomada do relacionamento, como a autora já havia anunciado mais dois livros era meio óbvio que algo ia ficar pendente e meus deuses me dizem que essa série não vai parar no volume cinco, não viu?

Enfim... falei... falei... e não falei nada **acho** . Vou tentar por tudo o que disse anteriormente num contexto menos insano para vocês.

Nathan, o filho do ex-padrasto e estuprador da Eva resolveu aparecer em Nova York, ninguém sabia disso e tal até que ele resolveu dar as caras pra chantagear o Gideon e acabou sendo brutalmente assassinado. Eva, sabe que foi Gideon o assassino, a própria investigadora desconfiava dele, mas não tinham como provar a verdade, ela ao mesmo tempo se sente assustada, mas perdidamente apaixonada por ele. Ele não a havia abandonado por nada... ele a estava protegendo e arrumando uma forma de apagar da face da terra aquele que fizera tanto mal a ela. Eva não se importa nem um pouco com isso e retoma a efervescente relação que eles tem, mas por enquanto tudo isso tem de ser em segredo. Durante esse momento quente de reconciliação ambos descobrem que a mãe de Eva vinha monitorando todos os seus passos, se não bastasse a invasão materna com o assassinato de Nathan o processo sobre o abuso sexual é tirado da gaveta e o pai de Eva descobre algo que nunca chegou até o seu entendimento. Ela não quer falar sobre isso, mas tem de lidar com o pai, tem de se explicar.

Quando enfim, fica confirmado que alguém da máfia russa havia matado Nathan é hora de mostrar a todo mundo que a relação deles era mais forte que tudo e decidem retomar, justamente no dia da estréia do clipe da música que Brett fez para Eva. Gideon está disposto a mostrar a todo mundo que está com Eva novamente... só que nada sai como o esperado. Corinne continua louca atrás do Gideon e não importa o quanto ele a afaste ela arruma um jeito de colar, pra ajudar tem Deanna, uma jornalista ávida por vingança... ela quer destruir Cross e fará de tudo para conseguir o que quer, ou ao menos tentar.

O casal então decide morar juntos, mesmo com todos esses ex orbitando a volta dos dois, eles confiam no amor que dividem e, apesar de todo o ciume, conseguem ir relevando muitas coisas e vendo que o amor deles está nas pequenas coisas, pequenos gestos e em sinceras palavras. Gideon continua calado e distante, mas Eva não duvida do seu amor, até mesmo quando tudo parece perdido.

Então, em uma praia paradisíaca no Caribe, quando Eva acredita que Gideon iria terminar tudo.. é que vem a grande surpresa. O pedido oficial de casamento e não é pedido qualquer, ela tem até a manhã seguinte para aceitar e se entregar para sempre ao homem a quem ama. Um casamento lindo íntimo, perfeito... era tudo que eles precisavam para selar aquele amor.

Porém os problemas ainda os aguardavam e muitos ainda os aguardam. Acho que o problema Corinne foi parcialmente acalmado, mas terei de ler o próximo volume para saber e ele já está na minha listinha de Natal... rsrs...

Acho que depois de tudo que eu falei (e falei bastante não?), já deu pra perceber que gostei bastante do livro. Estou com muitas perguntas em mente e curiosissima com a continuação. Que D. Sylvia não demore muito para lançar o quinto, e provavel, ultimo volume dessa história de amor... acho que para esses dois já tá bom de sofrimento... vamos ver.

Nem vou falar que recomendo o livro... todos sabem que amo essa série (estou sendo repetitiva), então... Se você ainda não leu e está curioso... é uma boa pedida cair nessa quente intriga. Porque não é fácil ser a mulher do homem mais lindo, poderoso e complicado de Nova York.

book cover of 

Entwined With You 

Envolvida



7 Comentários

  1. I loved Gideon Cross!!!
    Não tem como ser indiferente a ele, ele é como um imã!!!
    Amei só fiquei um pouco triste com a leitura do 4 livro da série, Somente Sua, acho que a Sylvia se perdeu!!!
    Raíssa amora adoreeei sua resenha, parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou me dar Somente Sua no Natal... ai eu vejo se ela se perdeu mesmo... rsrs
      O povo fala demais... oxi e desanima muito a leitura dos outros, mas vamos ver.. contando que ela termine logo o ultimo já fico feliz.

      Excluir
  2. Oiee Raíssa!
    kkkkkkkkkkk vc é doida, a frase: "macular a imagem do Gideon com um babaca qualquer" me fez rir litros.
    Voltando, eu sou uma das pessoas que reclamou pakas da Sylvia esse ano, não pelo fato da trilogia ter virado série, como sou Team Gideon Forever, eu amei isso, só espero que não passe de 5 livros, porque acho que ai é exagero.
    Mas enfim, reclamei da demora do lançamento de Somente Sua, não sei de quem é a culpa, mas que alguém tem culpa tem, e como ela é a autora eu caí matando nela.
    Esses são os únicos livros dela que li e gostei, já li outros dois que penei para ler, e tenho mais um aqui na estante que ainda nem comecei (acabei de sair do tema).
    Falando desse livro eu gostei do fato do Brett ter aparecido pra ferrar mais com tudo, amo quando o boy magia do Gideon está com ciúmes. Só espero que Profundamente Sua atenda as expectativas e que o próximo livro não demore anos para ser lançado.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normalmente um livro demora um ano pra ser escrito Iêda... com a agenda que a Sylvia tem acho que fica bem corrido pra ela trabalhar sob a pressão... a probabilidade do ultimo demorar mais não me assusta... mas vamos ver no que vai dar... Somente Sua já está na lista de desejos.

      Excluir
  3. Oii Raíssa!
    Essa é a primeira resenha sua que leio, e olha, além de me deixar doida pra ler o livro, você me fez dar algumas risadas!!!
    To com a trilogia (que não é mais trilogia) na prateleira, mas até então não estava com nenhuma vontade de ler, porque, apesar de amar livros hots, uma amiga tinha me falado que esse era bem exagerado em algumas cenas, acabei deixando a leitura pra lá .. Depois que li sua resenha e vi o tamanho da confusão dessa história fiquei doida pra iniciar a leitura, e já passei ela na frente das outras *o*
    Olha, confesso que o Gideon já me conquistou, acho que ele vai ser uma daqueles personagens que eu vou amar <3
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber que gostou da resenha, querida... rsrs
      E se puder leia sim, não tem nada de exagerado... esse até teve uma coisinhas, mas se ignorarmos o drama dos dois vale muito a pena acompanhar. E não se apaixonar pelo Gideon é praticamente IMPOSSÍVEL!!!! Espero que você ame tbm!!!
      Tenha uma ótima leitura!!!

      Excluir
  4. Nunca li esta série da Sylvia, e olha que seus outros livros são uma benção, confesso que pulei a parte de spoilers, por que essa série é uma das que quero comprar dia 28, tomara que não me arrependa, fiquei ainda mais na expectativa de você ter lido, e não ter se decepcionado com o próximo, é difícil lermos romances ou eróticos, quando estamos numa baita ressaca de amor na vida real.. mas espero poder ler a séria Crossifire, ouvi super bem e estou bem ansiosa.
    Beijões Raíssa, ThayQ.

    ResponderExcluir