Sinopse:

Os habitantes da Transilvânia sempre foram inimigos dos turcos, com quem tiveram batalhas épicas. Para evitar que sua população fosse massacrada, o rei local aceitou entregar aos turcos centenas de crianças. Entre elas estava seu próprio filho, Vlad Tepes (Luke Evans), que aprendeu com os turcos a arte de guerrear. Logo Vlad ganhou fama pela ferocidade nas batalhas e também por empalar os derrotados. De volta à Transilvânia, onde é nomeado príncipe, ele governa em paz por 10 anos. Só que o rei Mehmed (Dominic Cooper) mais uma vez exige que 100 crianças sejam entregues aos turcos. Vlad se recusa e, com isso, inicia uma nova guerra. Para vencê-la, ele recorre a um ser das trevas (Charles Dance) que vive pela região. Após beber o sangue dele, Vlad se torna um vampiro e ganha poderes sobrehumanos.

Não recomendado para menores de 14 anos 

Este final de semana resolvi ir ver esse filme que está tãão falado que a meu ver deve muito em muitas coisas. Hoje pesquisando imagens para montar este post li uma critica que disse a seguinte: "o filme nada mais é que uma forma de explicar as atrocidades de um vilão." e olhando por esse prisma, é a verdade.

Drácula, A História Nunca Antes Contada é muita tempestade em um copo d'água e não é tudo isso não. O filme não é ruim, veja bem, o filme é legal... mas não é tudo o que andam falando não. Os efeitos especiais são demais, mas os furos são gritantes e inacreditáveis. As cenas em que o ator principal, Luke Evans, estava cavalgando (principalmente correndo a cavalo) dava vontade de entrar no filme e falar: 'Meu filho! Você não fez oficina de montaria não?' Sério, até ator da Globo monta a cavalo melhor que ele... chegava ser patético, mas ignorei... em O Hobbit ele terá de matar um Dragão e é isso que importa nesse momento para mim.

Um filme para ser incrível, para mim, ele tem de estar redondinho, ter menos arestas possíveis e funcionar bem, porém esse filme, não tem arestas, tem rombos gigantescos. Como a primeira batalha do Vlad, após ganhar seus poderes. Tudo bem ele estar super poderoso e tal, mas só ele no gargalo de uma batalha, ou seja, na entrada do seu castelo, sozinho contra mais de 50 mil homens... foi muito, mas muito furada... tanto porque os caras fizeram uma rodinha em volta dele quando ele avançou para o meio da multidão enfurecida, mas não foi lógico, pois a quantidade de inimigos, principalmente aqueles que não o viram ali, teriam avançado contra o portão e não fizeram, preferiram fazer um 'mosh' e morrer nas mãos do Vlad. Furo demais, principalmente se tratando de táticas de guerra! Mas tudo bem... é um filme e lá fui eu...

Não, melhorou... o filme teve cenas incríveis, as me peguei dormindo... sim... DORMINDO!... na sala de cinema. A atriz que faz a esposa do Vlad, é bonitinha, mas péssima atriz. Sério, não me convenceu. O filho deles, eu juro, que ele é um dos filhos do Ned Stark em Game Of Thrones, tadinho... nem vou falar dele... é criança, um dia ele aprende.

Tentaram, brincar com a trama do Bram Stoker e sério, a primeira versão, a baseada no livro, para mim continua sendo a mais sensacional, mais poética e mais romântica das versões do Stoker. No fim, confesso que respirei aliviada pelo simples fato do Vlad não virar purpurina a luz do sol! 

Vou parar de ser rabugenta... tenho certeza que vai vir um aqui defender o filme! Espero que sobrevivam a minha opinião, pois é essa e não vai mudar.

Tudo começa dando um resumo de como foi a infância do príncipe Vlad, dado aos turcos pelo próprio pai para servir como arma de guerra.Com o passar dos anos, ele se tornou o mais sanguinário e mais mortal dos guerreiros, tornando-se O Empalador. 

Já adulto, ele retorna para a Romênia (pra quem não sabe a Transilvânia é lá), sobe ao trono, casa-se e garante aos seus súditos 10 anos de paz que são jogados por terra quando o sultão turco, seu amigo de infância, pede a ele 1000 meninos para cobrir sua frente de batalha... porém não são apenas 1000 meninos, são 1001. Vlad tem de dar o filho para ser criado pelos turcos, como o pai fez com ele.

Alguns dias antes da chegada dos turcos, Vlad encontrou em uma caverna uma estranha criatura sanguinária e consegue escapar de lá com vida. Após pesquisar no mosteiro sobre o que poderia ser aquele ser das sombras, ele descobre que o que reside lá é na verdade um vampiro.

Ele não vai dar a Mehemed o que ele quer e a guerra entre os dois é inevitável, porém os turcos sobressaem em numero. Decidido a enfrentar a criatura da caverna, eles fazem um acordo, um jogo entre Vlad e o vampiro e ao despertar o príncipe Empalador se torna, Drácula... O Demônio. 

A partir desse pacto a guerra começa e o filme gira em torno disso. Drácula, motherfuck dizimando geral. Mehemed seguindo ele e seu povo até encurralá-los. Resumindo é meia hora de introdução e o resto é guerra.

A história foi bem amarrada, o desfecho da trama foi interessante, mas foi fraco... não me emocionou, não me fez suspirar com o romance... nem ficar animada com as batalhas. Arrancaram a roupa do Luke, pra dar aquele momento, calcinhas molhadas na sala escura e pra não dizer que não gostei de nada o final foi heroico e emocionante, e confesso que achei que o filme acabaria ali... ai cagaram com tudo mostrando o futuro.

Saí da sala de cinema com aquela sensação de: 'Só isso?'

E foi isso gente... só isso. A história tinha tudo para ser incrível, mas é boa. Se você ainda não viu, não vá com grandes expectativas como a minha pessoa foi, pois pode ser que seja decepcionante demais para você também.

3 Comentários

  1. Que pena não ter gostado tanto, eu estou ainda muito ansiosa e com expectativas do filme, amo histórias de vampiros, principalmente aqueles que não brilham :) e espero gostar do filme, pois parece que tem batalhas, a história parece o mais legal, não apenas contam as edições e câmeras. Vou arranjar qualquer dia e tempo para assistir, espero amar.
    Beijos Raíssa, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  2. Oiee.
    Aaah que pena que o filme deixou a desejar. Eu amo Drácula, mas se o filme te fez dormir não vou me dar ao trabalho e muito menos gastar uma graninha pra ir vê-lo no cinema, melhor esperar pra ver quando estiver na tv a cabo rsrsrs
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  3. Oii :}
    Não acredito que o filme não te agrado?
    Eu estava aqui toda animada porque (por incrível que pareça) o filme esta em cartaz na minha cidade, tá que vai demorar um pouquinho ainda, mas só o fato de já ter chegado aqui é um milagre, rs!
    Sabe, lendo a sua resenha sobre o filme eu acabei achando ele um pouco confusa !! Como vivo assistindo filmes de ação não ligo muito pra certas cenas exageradas .. Mas sério? Não saber andar a cavalo? Ai é pedi pra dormir no cinema mesmo.
    Bem, vou esperar passar aqui, ai vamos ver o que eu vou achar :)
    Beijos

    ResponderExcluir