♥ Amor Sem Limites ♥ Ed: 01 - Arqueiro
Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia. Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível. Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.
Amor Sem Limites
(Este livro é recomendado para maiores de 18 anos) 

Essa resenha pode conter spoiler's dos dois livros anteriores. Cuidado!

"Ela é diferente de todas as garotas. Foi muito determinada quando deveria ter se sentido derrotada sua vida tinha sido uma merda, e ela estava lutando para sobreviver. Não era Alguém que recuasse ou desistisse. Comecei a admirá-la. Então tive um pouco dela e me perdi ela. 
É tudo o que eu quero ser"
pag 23

Como começar a falar desse livro que tinha tudo para ter ganhado de mim 5 estrelas? Bem o livro não é ruim, até teve uma boa classificação minha, mas faltou algo a mais.

Morno. Essa palavra descreveria esse livro perfeitamente... depois dos dois primeiros livros arrebatadores, Abbi Glines escreveu nesse terceiro volume a história mais sem sal que já li na vida. Que atirem a primeira pedra, mas não achei nada de tão sensacional quanto o que andaram falando por aí. Bem, não é o fim ainda, pois ainda tem um volume chamado Rush Too Far para sair então, acho que a Abbi resolveu arrumar a merda feita nesse livro em um quarto volume (eu acho).

*** Zona de Spoiler's ***

Depois de ter meus nervos estraçalhados nos dois livros anteriores me senti completamente abandonada nesse livro. A autora fez uma miscelânea louca, incluiu personagens que nunca existiram na vida e enfim... vou falar superficialmente sobre o que encontrei no livro.

Tudo parecia bem, Rush e Blaire vão ser papais, estão morando juntos e felizes, casamento marcado, assuntos pessoais do passado resolvidos e etc... resumindo tudo parece perfeito... ao menos até que o pai de Rush chegue. A autora dá a entender que a relação entre pai e filho é péssima, mas muda de ideia e faz de Dean um puto de um paizão deixando você meio que... "Caramba! Porque o Rush fez tanto cu doce quando o pai chegou?'  Enfim...

O problema trazido por Dean, como sempre, é Nannete e a Blaire continua tentando manter as relações entre Rush e Nan numa boa. Sempre tive um certo carisma com a Blaire e nesse livro não mudou nem um pouco, ela ainda continua sendo uma moça bem sensata, ao meu ver. Não gosto do Rush, ele é fofo em alguns momentos, mas essa coisa dele com a Nan me dá nos nervos... ele sabe que guria é surtada e ainda acredita nas palhaçadas que ela faz e diz, então ele é tão babaca quanto a Nan, na minha opinião.

Nan continua tão insuportável quanto antes, repetitiva e cansativa. Ficou internada durante meses e continua a mesma babaca de sempre. Não gostava dela antes, gostei menos quando a Abbi anunciou que o Grant seria o par romântico dela. Em dado momento, Abbi simplesmente começa a tirar 'irmãos' de sua cartola e taí a merda feita. Acho que os fãs reclamaram desse romance Grant & Nan, porque é impossível alguém gostar da Nan (acho que nem se ela mudar eu vou gostar dela)... enfim... acho que pelo fato dos leitores terem reclamado muito do Grant com a Nan, a autora simplesmente retirou de sua canastrinha uma irmã paterna para Nan e fez o Grant morrer de tesão pela menina. (Faz sentido? Nenhum, mas que seja Harlow em vez de Nan... qualquer coisa é melhor do que a Nan pro Grant... sério! Ele é muito gente fina pra ficar com uma pessoa tão mesquinha e egoísta quanto a Nannete)

Resumindo... o livro gira em torno essa nova tentativa de fazerem as coisas darem certo para a Nannete e seu verdadeiro pai. Em um mundo cheio de sexo, drogas e rock'n roll, nossa Blaire tentará ajudar Nan, que como sempre vai humilhá-la e falar poucas e boas. Injusto? Sim, mas mais injusto ainda é o Rush acreditar que a Blaire seria capaz de falar as atrocidades que a Nan disse que ela falou. CARALHO, *desculpe o lingujar*  mas todo mundo sabe que a Nan é uma vaca filha de uma puta *desculpe novamente* e ele ainda acredita nela? (Isso é sério? É... é por coisas assim que não gosto do Rush, pois ele já viu como a mãe dele e a Nan tratam a Blaire)

Prosseguindo... além da inclusão de uma 'irmã' para Nan, a autora inclui também um irmão nada a ver pra Blaire que estou até agora me perguntando o porque. Ok. Ele é lindo de morrer, mas qual a necessidade disso? Vamos aguardar pra ver né?

Estou parecendo ranzinza? Eu estou achando...mas vamos lá... sigamos.

Bem, o livro começa quando Dean Finlay aparece na casa de Rush e Blaire. Desde que Nan saíra do hospital não haviam tido mais noticias dela e a certeza de que ela estava infernizando a vida de Kiro, seu pai biológico e também integrante da banda de rock de Dean era um fato irremediável. E era exatamente por isso que Dean estava em Rosemary Beach, precisava que Rush colocasse um freio em sua irmãzinha.

Rush não quer ver Nan, muito menos adiar o casamento para poder resolver os problemas dela, mas Blaire não acha certo... apesar de não gostar dela e do ódio entre elas ser mútuo, Nan ainda é a irmã do homem que ela ama e com quem irá se casar. Então ela o apoia nessa viagem e aproveitando o ensejo, e a insistência de Rush em não ir sozinho, ela decidi ir com eles.

Chegando lá Blaire tenta se manter afastada dos problemas e tenta conhecer melhor o sogro, mas Nan cisma em provocá-la e como sempre faz seu dramalhão de ninguém me ama ninguém me quer e sai dizendo que vai se matar. Rush vai atrás da irmã e Blaire decide não interferir até que tudo esteja resolvido e eles pudessem ir para casa... porém enquanto Rush tenta lidar com a irmã, a preocupação e o stress fazem com que Blaire quase perca a criança, nesse mesmo dia Nan se entope de remédios e Rush esquece do mundo... então Blaire passa por tudo sozinha, em uma clinica desconhecida, com um médico desconhecido e com a meia-irmã de Nan para ajudá-la.

Assim que volta para casa tem a noticia de que Georgiana está indo para ficar ao lado de Nan e como o médico lhe dissera para não ficar estressada e se manter descansada para não tornar a ter um sangramento e perder o bebê, ela decide ir passar os dias com seu pai. Ela está sensível da gravidez e o fato de não terem conseguido falar com Rush enquanto ela passava por esse momento delicado a faz ficar chateada e partir sem deixar ao menos um bilhete (eu faria a mesma coisa).

Sem saber do ocorrido com Blaire, Rush decidi que é hora de internar Nan em uma clinica psiquiátrica e é isso que ele faz. Está cansado de ser manipulado por ela, mas principalmente, está cansado das criancices da irmã. Quando descobre o ocorrido com Blaire, simplesmente surta (como sempre) e, obvio, decepciona  não apenas a Blaire, mas também a seu pai.

Ele precisa correr, novamente contra o tempo para manter sua pequena família ao seu lado. Blaire não está realmente brava com ele, apenas decepcionada, mas ainda o ama e tudo vai ficar bem... ao menos é o que eles acreditam.

Como sempre os dois nunca tem paz, até depois que o bebezinho deles nasce, Blaire tem de ouvir as merdas de Nan dentro da própria casa dela. Acho incrível como o Rush permite que essas coisas aconteçam mesmo quando tenta dar uma de durão com Nan, sempre cede em algum ponto para ela.

*** Fim da Zona de Spoiler's ***

Como disse, o livro é morno, porém gostei das reviravoltas... a inclusão de algumas partes do romance de Woods sob o ponto de vista de Blaire e os momentos Grant e Harlow. Dei 4 estrelas porque, como sempre, a Blaire mostrou como sair por cima das merdas de Nan, sem descer ao nível dela e mantendo-se como sempre foi, autêntica, mas ficou devendo toda aquela emoção dos livros anteiores, merecia 3 estrelas por isso, pois faltou sentimento, sério, por mais fofo que o Rush tenha sido no casamento, em algumas coisas que disse... aquela magia arrebatadora dos livros anteriores foi apagada. Por isso sou contra essa pressão feita por leitores e editoras sobre os autores... sempre que eles fazem algo por obrigação dá ruim e não to falando isso da boca pra fora, a própria Abbi fala que escreveu o livro a pedido de fãs. ** Please Abbi, não faça mais isso**

Eu teria terminado a série no livro anterior, deixando a entender que eles haviam ficado bem, que iam se casar e fim. Enfim... para quem já leu os dois primeiros volumes não custa nada ler esse aqui também.

Leia as resenhas dos livros anteriores:

book cover of 

Forever Too Far
Apenas Paixão Sem Limites, primeiro volume da série Too Far, foi publicada em Portugal.

14 Comentários

  1. Aí Raíssa, Rosemary Beach é uma das melhores séries que li, love, Rush, gosto de todos os casais, mas Rush e Blair são meus preferidos, Amor sem limites é lindo, hot, romântico e dramático, tudo num só livro, parabéns

    ResponderExcluir
  2. Oi Raíssa, também senti que ficou faltando algo neste livro, mas ao contrário de você,não acho a Blaire tão sensata assim. Ela não enfrenta a Nan, não dá uma chega pra lá nesta louca e isso me irrita muito. Concordo que Rush é um idiota por se deixar enganar pela irmã, e mesmo quando ele a internou, achei que ficou faltando um "stop" de verdade nela, de ambos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Oiee.
    Eu tenho os dois primeiros livros e já comprei o meu exemplar de Amor Sem Limites, estou ansiosa para ele chegar *-*
    Desde o primeiro livro eu amei o casal e li o livro suuper rápido, li me um único dia e fui correndo ler o segundo.
    Gostei muito de como a autora conduziu a história dos dois, achei uma leitura bem leve e flui rapidamente.
    Pra mim a trilogia é muito boa, recomendo!
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente, eu estava morrendo de medo de você ter gostado deste livro... Ri alto com o "começou a sair irmão da cartola"... Até a Blaire ganhou um de brinde... kkkkkkkkk Livro fraco na minha opinião, aliás, série fraca que poderia ter sido resumida em um único livro. bj

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei dos livros anteriores Ivi, foram realmente bons, na minha opinião, mas esse aqui foi totalmente desnecessário ao meu ver... ficou sem pé nem cabeça, a autora fez uma bagunça do caramba para introduzir outros enredos e acabou enfraquecendo o romance em si... foi decepcionante :/

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Ola! Raíssa tudo bem??
    Infelizmente este livro e pra maior de 18 anos!
    E ainda não tenho esta idade!
    Pelo comentários percebe-se que a numero bastante de fãs
    que curtiu esta serie! Certamente por ser otima, mas isso
    por motivo de força maior kkk só poderei conferir
    quando tive mais de 18 anos, que tristeza!

    ResponderExcluir
  8. Rush (suspirando). Sempre que vejo esse nome eu suspiro, pois ele é o amor de outra vida minha.
    Mas eu amei esse livro, tanto quantos os outros, mas eu concordo com vc, teve muito lenga, lenga com a infeliz da Nam e foi meio morno sim.
    Eu já tinha lido ele em PDF, só falta eu comprar ele em estado físico.

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho os dois primeiros mas ainda não tive a chance de começar, tinha outros livros na frente e acabei emprestando minha prima, mas vi vários comentários positivos e minha vontade de lê-los ta grande, minha mãe leu e amou, quero amar eles também. :l rs

    ResponderExcluir
  10. Depois de ler a sua resenha eu fiquei meio que : "quem é essa Nan ? De que planeta ela veio ? Será possível encontrar um ser tão desprezível assim no planeta terra ? Isso e muito mais você verá no Globo Reporter kkkkkk

    Enfim Ra , eu gostei muito da sua resenha e achei ela super descritiva . Ainda não iniciei a leitura dessa série , mas mesmo assim me joguei de cara nos seus spoilers, porque de qualquer maneira não são livros que eu queira ler tão cedo , e quando eu decidir que é a hora já vou ter esquecido de tudo mesmo kkkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Oiee
    Eu não me dou bem com o Rush e a Blaire,sou muito mais Della e Woods mesmo.Vou ler essa série dele só pra me manter informada sobre Rosemary Beach.E essa irmã do Rush ela deve ser um dos personagem mais odiáveis que eu já vi,e eu concordo o Rush é um babaca em certos momentos por acreditar no que ela diz.E só pode ter sido pressão de todos os lados mesmo pra Abbi criar uma história assim para o casal.

    ResponderExcluir
  12. Morno é pouco para esse volume da serie,Primeiro fiquei meio contra o Rush certo ele ama a irmã mais se ela da um grito ele sai correndo deixa acoitada da Blaire para lá, depois achei que o pai dele fosse ser um saco mais o cara era super legal(quero um desse para mim) e o irmão da Blaire espero que seja outro livro.No geral?Louca para terminar a serie

    ResponderExcluir
  13. Adoro romances, e esta série é uma que não li, ouvi tanto sobre essa continuação a pedidos, que ficou bem chata, e que várias pessoas preferiam ficar sem essa continuação, que foi desnecessária, mas não li os livros da série, e pretendo ler então quero ter minhas conclusões. Realmente quando se faz algo a pedido sem ter planejado, a maioria das vezes sai muito ruim.
    Beijos Raíssa.
    ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  14. Oi Raíssa !

    Acredita que ganhei a trilogia em um sorteio essa semana? Fiquei mega feliz porque eu já tava doida pelos livros logo nas primeiras resenhas que li dele!
    Pelo que vi o Rush e a Blaire são o casal perfeito mas que vive cercada de gente tentando atrapalhar, eu mesma já odeio a Nan só de ler a opinião do pessoal em relação a ela.
    Engraçado, você é a primeira pessoa que eu vejo falando bem da Blaire, a maioria dos comentários que eu li é que ela nesse último livro deixou a desejar, e que não soube impor o que queria !
    Bem, to empolgada pela leitura, vamos ver se vou gostar ..
    Difícil dizer qual capa é mais bonita, então fico com as duas ;)
    Beijão :*

    ResponderExcluir