Louca Por Você - Ed. 01 - Universo dos Livros
Atenção: esse livro contém altas doses de romance, situações hilárias, garotos sensuais e o best friend gay mais maravilhoso de todos os tempos... Julie tem dois grandes sonhos: cantar profissionalmente e fazer com que Daniel a enxergue como mulher. Ele é o charmoso dono do badalado bar After Dark e se diz avesso a compromissos, sempre pronto para noitadas casuais. Em uma noite de muito movimento, o estabelecimento se vê sem um vocalista para dar continuidade à programação musical, e Julie é colocada por um dos sócios de Daniel à frente da banda para resolver o problema. Mas a voz e a presença de palco da nova cantora encantam o público... e também o atraente garanhão. Descontrolado de ciúmes, Daniel está disposto a usar toda a sua autoridade para tirar Julie dos holofotes e dar uma chance ao seu verdadeiro amor. Ele só não contava com as investidas insistentes de Alan, o sexy guitarrista da banda, que resolveu fazer de tudo para conquistar o coração da nossa mocinha. Será que o sonho de Julie finalmente vai se concretizar com Daniel ou seu verdadeiro príncipe encantado é o guitarrista sensual?

Louca Por Você
(Este livro é recomendado para maiores de 18 anos)

"- Já te falei: beber sem brindar, vinte anos sem dar. 
Você já está na seca sabe-se lá desde quando.
Espera que eu vou pegar uma água pra te salvar dessa maldição."
pág. 32


Bem... a situação em que me encontro é um tanto quanto complicada, pois não sei como começar a falar desse livro sem parecer a bruxa das resenhas... rsrs... se eu pudesse descrever o livro em duas palavras, com toda a certeza seria: Engraçado e Morno. Vou tentar explicar o porquê sem parecer muito ranzinza. O livro não é ruim, foi uma ótima distração, mas pra mim ainda faltou aquele tempero especial, entendem? Então, não me crucifiquem... você gostando ou não essa é minha opinião.

A autora do livro, Andreia Leal, brasileira que escreve sob o pseudônimo de A. C. Meyer, pretende escrever mais quatro livros principais para a série intitulada After Dark e outras três histórias menores como complemento. É muita coisa e nem sei se vou acompanhar tudo, se George aparecer em todos aí posso até ler os demais, mas enfim... continuemos já vou chegar no George.

O que falar de Julie? 

Bem, para uma mulher de 28 anos ela tem muitas atitudes infantis. Ok, ela era apaixonada pelo cara desde sempre, mas caramba, correr atrás do cara a vida inteira como uma colegial apaixonada foi demais pro meu intelecto. Não sou feminista, sou realmente a favor das mulheres correrem atrás do que querem, principalmente atrás do amor, mas passar a vida inteira orbitando em volta de um cara que cisma em te chamar de irmã, só para conseguir umas migalhas é muita humilhação... não há amor que aguente isso gente! Mas a Julie resiste, pois ela é uma menina de 12 anos no corpo de uma mulher 28.

E vou seguindo.

Danny Boy, é um troglodita típico e eu teria gostado dele (não tenho nada contra neandertais... até acho fofa toda aquela obsessão, mas...), se ele não fosse tão inseguro. Típico cara que não fode, mas também não sai de cima. Não caga, mas também não sai da moita. E não achei a química deles muito boa não (acho que a coisa com Alan era muito mais quente, mas enfim...). O que me leva a dizer que esse é o ponto morno da história.

George, esse sim, faz valer cada segundo gasto lendo o livro. George é o amigo gay que eles tem em comum. Ele é o fiel escudeiro de Julie e a cereja mais suculenta e sensacional do bolo. É divertidíssimo... e sempre que ele abre a boca você chora de rir.

O livro é bem fininho, tem 200 páginas. O classifiquei aqui como inapropriado, mas não sei ao certo se ele se enquadra. Quanto a parte quente da coisa, me peguei pulando várias vezes as descrições porque era sempre a mesma coisa e não mudava muito, como disse, não tinha muita química entre os personagens e ler as transas deles era meio entediante, então eu pulava.

Por ser um livro voltado para a música, havia refrões e mais refrões de músicas intercalando os acontecimentos, que eu também pulava, porque noventa por cento das referências musicais eu não curto, então também não ia procurar a tradução para ver o que estava dizendo naquele momento. Na verdade faço isso com toda e qualquer música que aparece em um livro, nem Tolkien escapou. (uma boa sugestão é por a tradução de uma vez, o autor já disse quem canta e qual música é, então não vejo porque não traduzir. As editoras já traduzem Tolkien, mas eu só leio os refrões músicas inteiras é o ó)

A história é narrada em primeira pessoa e os capítulos são alternados entre Julie e Daniel, sem grande arroubos fazendo do livro aquelas comédias românticas da Sessão da Tarde. Agora vou ao que importa... o que realmente acontece na história.

Julie perdeu os pais muito nova e foi adotada pelos pais de Daniel, que eram amigos da família. Ela sempre sonhou em ser cantora, não estudou, não foi para a faculdade, pois sabia que seu dia iria chegar.

Daniel terminou a faculdade e abriu um bar em sociedade com dois outros amigos. O After Dark é um dos bares mais badalados da cidade e é lá que nossa mocinha trabalha, como garçonete. Ela sonha em cantar, sonha com uma oportunidade, mas não quer sair atrás do sonho dela, pois tem certeza absolta que Daniel é o amor da sua vida e que um dia ele iria ver isso.

Ele não permite que ela cante no After Dark, mas é quando ele viaja que o caos se instaura. Só Julie poderá salvar a noite... e com muito sucesso. Julie, não atrai para si apenas a fama, mas também o quente guitarrista da The Band, Alan, que está decidido a devorá-la sucessivamente todas as noites se ela permitir. Porém, seu coração é do Danny Boy que acaba retornando cedo demais de sua viagem e praticamente perde a cabeça ao se dar conta que a loira gostosa que não saía de sua cabeça era sua pequena Ju.

O caos ta instaurado novamente... ele agora vê Julie como mulher e ver Alan salivando atrás dela o tira do sério. Ele a quer, mas não quer compromisso e tem medo de se apaixonar.... e isso fica claro para todos, até que George tem uma incrível ideia.

Fazer ciumes no Danny Boy. E isso dá certo.

Porém Danny ainda tem seus medos quanto a compromisso. Não consegue baixar a guarda e é quando Julie decide desistir de tudo que ele se dá conta do quanto a ama e correr atrás do tempo perdido é primordial para tê-la de volta, mas ela também tem algo para contar... algo que poderá un-los ou separá-los para sempre.

Apesar de tudo o que disse... o livro é gostosinho de ler é divertido. Se você precisa de algo bem água com açúcar pra ler essa é uma boa pedida e, claro, você garante umas boas risadas também. Se sua ideia é descontrair esse é o seu livro.

Espero não ter sido muito ranzinza... rsrs...

***

Este livro é uma publicação brasileira, não há uma publicação portuguesa para o volume. 

13 Comentários

  1. Não tem porquê ficar com medo, afinal como você mesma disse, é a sua opinião. Eu ainda não li este livro, e não o descarto por hora de uma leitura.
    bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Cara quero muuito deste livro achei ele bastante bonito
    a historia e capa linda !
    Queria comprar este mes mais neste mes não vai dar !

    ResponderExcluir
  3. kkkkk! me estraguei de rir com a citação inicial!!!
    Confesso que sou fã de alguns livros "aguá com açúcar" por assim dizer...as vezes é bom...
    já li alguns...e histórias engraçadas também gosto...já me peguei algumas vezes
    dando gargalhadas dentro do ônibus!kkkk
    Gostei das referencias musicais...adoro quando encontro algum trecho em um livro que estou lendo...
    Claro que uma mulher de 28 anos com atitudes de adolescente irritam qualquer um né! (aqui fala uma mulher de 28 anos!!rsrsrs)
    então acho que essa parte da Julie poderia ser melhor trabalhada...mas enfim...

    E ei!!!! vc não foi nada ranzinza...vc está aqui para dar sua opinião, certo?!
    Eu acho que vou gostar dessa leitura...uma leitura bem tranquila e diferente do que costumo ler...é bom mudar de ares as vezes!!
    :)

    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. LI A RESENHA, GOSTEI MUITO, O LIVROS TBM MUITO BOM, JULIE É LOUCA POR DANIEL , MAS ELE A VÉ COMO UMA IRMÃ POIS FORAM CRIADOS JUNTOS, QUERO MUITO LER ESTE LIVRO.

    ResponderExcluir
  5. Já li várias resenhas sobre este livro, e em cada uma delas tenho mais vontade de ler.
    Sério que faltou um tempero? Mas pelo menos dá para ter risadas com o George né?
    Que bom que tenha refrões de música, acho que deve ser bom, pois ainda não li um livro deste jeito.
    Fazer ciumes no Danny Boy? Deve ser bem legal..
    Ainda irei ler este livro, mesmo que seja bem água com açúcar.. rs

    ResponderExcluir
  6. O livro é bem bobo mesmo... mas dá pra se divertir um pouco...

    ResponderExcluir
  7. Eu to louca por esse livro. rs
    Acho a capa maravilhosa e gostei do enredo também.
    Pena que você achou que faltava algo.. espero que eu não pense assim, pois não gosto quando falta um pouco de tempero. rs Mas mesmo assim minha vontade de lê-lo ainda esta de pé.

    ResponderExcluir
  8. Oiee.
    Não sei porque mas de cara não gostei desse livro, meu santo não bateu com o dele ( e olha que nem tinha lido a sua resenha ainda).
    É sério que a mulher (se é que dá pra chamá-la assim) vive a vida em torno do cara?
    É sério que ele é um bady boy inseguro?
    É sério que eles tem um amigo gay?
    Poxa isso é uma mistura que não tem como dar certo (pra mim).
    Apesar de você ter até falado que o livro é gostosinho de ler, acho que passaria um mês pra conseguir digerir esse, estou passando.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  9. Oie... Mas que trecho é esse no começo? Tem como não achar que é um livro humorado.
    Esse tal de George acho que me apaixonei por ele só pela sua resenha, pena que ele seja gay, mas eu vou dar uma chance a esse livro, pois achei a capa super fofa.

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  10. beber sem brindar, vinte anos sem dar amei, mais pela sua resenha não animei a ler so por causa do george,não sei o porque mais gosto de mocinhas com mais atitude não sei se vou ler tenho outros na frente e esse não cativou nem mesmo pela capa fofa.

    ResponderExcluir
  11. Li a resenha gostei comprei o livro e amei recomendo.

    ResponderExcluir
  12. Li a resenha gostei comprei o livro e amei recomendo.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir