♥ Indesejadas ♥ Ed: 01 - Grupo Autêntica: Selo Vestígio
Crimes brutais marcam um verão sueco. Suécia, meados de um verão chuvoso. O inspetor Alex Recht e sua equipe, auxiliada pela analista criminal Fredrika Bergman, começam a investigar o que parece ser um caso clássico de disputa familiar pela guarda de uma criança. No entanto, quando a menina é encontrada morta no extremo norte da Suécia, com a palavra “indesejada” escrita na testa, o caso se transforma rapidamente no pior pesadelo da equipe de investigadores.
Indesejadas
"Os fãs de tramas policias que se preparem para as quase quatrocentas páginas de puro mistério e muito sadismo encontradas nesse turbulento livro." - Raíssa Nantes
Esse é o primeiro livro que resenho em parceria com o Grupo Autêntica, e de cara fiquei curiosa para ler após ler a sinopse. Há muito não lia nada de um dos estilos literários que mais amo e fui arrebatada pela leitura dessa trama que me pregou peças o tempo inteiro. Fiquei encantada com o cuidado da que a editora teve na publicação do livro, amei o padrão utilizado pelo selo Vestígio para manter as capas de sua coleção sempre parecidas, parece brincadeira, mas isso dá um visual incrível na estante e para aqueles que adoram um bom suspense policial, investir no selo é uma ótima escolha... enfim, não quero que pareça rasgação de seda, mas realmente gostei muito da capa cinza e dourada deu um efeito incrível e todos os livros do selo tem esse mesmo padrão. Talvez o único erro da editora seja não por orelhas nos livros, isso deixa a capa mais frágil e a manipulação faz com que o plastiquinho que tem sobre a capa dê uma soltadinha nas bordas e isso é bem incomodo pra quem tem muito cuidado com o livro. (ok. parei!)

Voltando ao livro. Indesejadas é o primeiro livro da série policial intitulada Fredrika Bergman & Alex Recht, atualmente a série tem mais três livros (além desse que resenho) publicados no exterior, com a quarta publicação editada este ano (2014). Indesejadas é a única obra da autora sueca, publicada no Brasil por enquanto... os demais estão por vir.

Eu não fazia ideia de quem era Kristina Ohlsson, até ter esse livro em mãos e ao saber que ela é, além de escritora, analista estratégica da policia sueca fiquei ainda mais curiosa para saber como iria se desenrolar essa estória.  A autora tem ganhado muitos elogios pela veracidade com que relata toda a trama e não é por menos. Kristina consegue te amarrar a trama, não apenas com sórdidos assassinatos, mas com os problemas pessoais e familiares de seus personagens. Ela não escreve sobre policias incrivelmente inteligentes, ela escreve sobre pessoas que buscam solucionar problemas diariamente, tanto no trabalho quanto em casa e ela vai descortinando isso para balancear a trama. De certa forma seu estilo de escrita não se torna cansativo ao leitor, ela consegue te deixa encafifado com o caso, sem fritar seu cérebro, deixando tudo subentendido de forma que nem você, leitor, faça ideia do que está acontecendo. O foco da trama, além do principal, é o problema que Fredrika tem em ser aceita pela equipe, mas todos tem sua importância no desenrolar desse maravilhoso desfecho.

A trama já começa nos dando um vislumbre da mente do assassino e isso já nos permite criar uma imagem sobre ele, mas é apenas quando uma jovem e bela mãe e sua filhinha entram em um trem que tudo começa. A pequena Lilian desapareceu e cabe a Alex Recht e sua equipe descobrir onde está a menininha esquecida no trem.  Tudo os leva a crer que o pai da menina é o principal suspeito, mas  Fredrika não está certa disso.

Ao contrário dos colegas de trabalho, Fredrika não fez o curso para ser policial, ela é uma 'civil' como eles costumam dizer e sua mente mais analítica e a forma fria como lida com as situações fazem dela motivo de piada e descredito entre os demais companheiros de trabalho, mas ela está certa de que algo não se encaixa naquela história. A mãe da menina não contou tudo e isso a deixa incomodada... Até que a criança desaparecida é encontrada em outra cidade, mudando o rumo da investigação.

Será que o pai de Lilian poderia ser seu próprio carrasco? Ou não? 

Uma busca nos e-mails do homem comprova que ele não poderia estar sequestrando a menina no momento em que cometia outro crime... o de pedofilia. Agora eles tem dois doentes mentais para encontrar, o pai de Lilian e o homem que a sequestrou. A equipe encontra-se, então, em um beco sem saída, outra menina desapareceu, uma mulher foi morta e uma cúmplice é encontrada totalmente desfigurada. Eles tem então mais uma criança encontrada morta com o dizer 'Indesejada' em sua testa e eles tem de correr contra o tempo... 

Quem é esse homem? 
Qual ligação ele tem com as mães dessas crianças? 
Onde tudo o que foi descoberto se encaixa?
Por qual motivo esse doente comete esses crimes?

Para saber você terá de embarcar nessa eletrizante história. Como disse, os fãs de tramas policiais irão adorar. O livro é cheio de reviravoltas, tudo te leva a crer que o que está acontecendo tem uma ligação e, em um virar de páginas tudo muda, novas pistas, novos mistérios... mas não espere apenas uma sequencia de investigações, prepare-se para conhecer o íntimo de cada um dos membros dessa excelente equipe de investigadores, seus dramas e seus motivos para estar ali.

E então? Preparados para descobrir o que levou uma mente doente sequestrar e matar inocentes criancinhas? Prepare-se, pois nem a fria Fredrika, foi capaz de se manter gélida diante desse caso...

book cover of 

Unwanted

Aos leitores portugueses, sinto informar, mas este livro não foi publicado em Portugal ainda.

5 Comentários

  1. Oi Raíssa, não li sua resenha em detalhes pois estou no meio da leitura, tensa é verdade, mas me controlei. Foi bom saber que é uma série, esta informação eu não sabia.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. LI A RESENHA, livro INDESEJADAS (POLICIAL ) MAS CHEIO DE MISTERIO. QUE LEVOU A MENINA? QUEM A MATOU E PORQUE APARECIA SEMPRE A PALAVRA INDESEJADA? ESTOU CURIOSA..............

    ResponderExcluir
  3. Nção acredito que ainda não tinha comentado essa resenha!! recebi no e-mail a nwes...li e me fascinei...jurava que já tinha comentado...ontem quando vi a postagem no face que lembrei...
    Então...o que falar dessa resenha né??NECESSITO desse livro!!!rsrsrsrrs
    Desde que vi ele nas novidades do mês,me apaixonei...é super o meu estilo de livro...deu pra perceber né??rsrsr
    achei a história fantástica e estou mega curiosa pra saber o que houve com a criança...
    Quando estão investigando um crime...encontram outro...nossa...pensa na adrenalina que deve ser esse livro!
    Nem preciso dizer que estou participando da promoção que tem esse livro como um dos prêmios né!!rsrs

    Adorei mesmo! Sua resenha está impecável!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nenhum livro policial, mas este me chamou atenção. Com certeza há muito mistério, quem poderia matar essas criancinhas? Imagino como a Fredrika deve ter se sentido com problemas ao entrar na equipe não tendo feito nenhum curso como os demais. E as novas vítimas, todas com a palavra indesejada na testa? Com certeza estou ansiosa para iniciar a leitura!

    ResponderExcluir