Bom dia, Corujinhas!

A viagem de Lilith continua e dessa vez a resenha é de uma leitora do blog. A Érika Rufo, leu e resenhou o nosso livro viajante e já me enviou sua resenha para que eu pudesse dividi-la com vocês. Vamos conferir?
Lilith, Meu Amor da Escuridão♥ Lilith, Meu Amor da Escuridão ♥ - Ed: 01 - Sollo
Quando chega a noite, meio à escuridão, ela surge linda, faminta de almas... 
Zaphyr, gótico e devoto agente funerário no distrito de Piraputanga, passa seus dias, embalsamando cadáveres da pequena cidade em que vive, escondendo os segredos que permeiam sua vida, um deles, o corpo do pai, embalsamado, escondido no quarto - meio que encontrou para se livrar da solidão. Frequentador de cemitérios nos momentos de reflexão, ele passa a ser assombrado pela inesquecível presença de Lilith, um demônio que lutará até o fim para roubar, não somente seu coração, sobretudo, sua alma.

A trama de Lilith, Meu Amor da Escuridão se passa em Piraputanga, distrito de Aquidauana, um local místico e cheio de mistérios e lendas fantásticas.

É lá que mora Zaphyr, um jovemgótico de 20 anos, que largou os estudos e cuida sozinho da única funerária da cidade, desde que seu pai morreu. Elepouco sai de casa tendo como única companhia os cadáveres da funerária e um blog onde conhece Y, uma garota com quem mantém um romance virtual.

Zaphir está apaixonada por Y e não vê a hora de poderem se encontrar e ficarem juntos para sempre, mas eis que surge na sua vida Lilith, a deusa da escuridão,tomando conta de seu corpo e sua alma e fazendo com que ele esqueça Y. Mas quando tudo parece perdido para Zaphir seu vizinho bate à sua porta pedindo para que ele cuide do cadáver da sua bela sobrinha albina Isa, que se suicidou.

Foi o primeiro romance gótico que li e gostei bastante da história. O início é um pouco lento, mas lá pela metade do livro a história engrena e é impossível parar de ler, tanto que terminei o livro em poucas horas. O amor que surge entre Zaphir e Isa é muito bonito, não tem como não se encantar e torcer por eles. Lilith é assustadora e suas aparições foram muito bem narradas pela escritora, dando arrepios a cada vez que ela aparecia.

Achei a capa muito bonita, A diagramação do livro é boa, encontrei alguns erros, mas nada que atrapalhasse a leitura. O que mais me incomodou foi o fato das letras serem quase grudadas no miolo do livro, fazendo com que se tenha que abrir muito o livro para poder ler.

O final é um pouco confuso e precisei ler mais de uma vez para entender o que aconteceu. Mas garanto que ele é muito macabro e guarda muitas surpresas!!
Algumas pessoas dizem ver na praça, próximo ao cemitério, a imagem de um casal vestido de preto, andando de mãos dadas. Mas se quiser comprovar a veracidade, passe uma noite no povoado. Boa sorte!

Um Comentário

  1. Oi Raíssa?
    Adorie a resenha da Érika, eu ainda não li nenhum livro da autora, mas isso eu já havia dito, que bom que a Érika gostou, estou louca para ler esse romance gótico.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir