♥ A Mão de Celina ♥ Ed: 01 - Editora Os Dez Melhores
Quando perdemos uma pessoa para a morte, a perdemos para sempre. Era no que acreditava Edu depois de enterrar Celina, sua jovem esposa, vitimada por um câncer galopante. No entanto, bastou conhecer sua nova namorada, Jana, para descobrir que os mortos também podem voltar. Alguns para contar o que existe do outro lado; outros para mostrar que os caminhos da vida e da morte não somente se cruzam, como são exatamente os mesmos. Se da morte só conhecíamos o nosso próprio medo, agora chegou a hora de dar a mão para Celina, e deixar que ela nos conduza por este labirinto sombrio e íngreme que desconhecemos, que tememos, mas pelo qual somos fascinados. O mundo dos vivos e dos mortos é o mesmo mundo. E Edu irá entender que, quando perdemos uma pessoa para a morte, não a perdemos para sempre. Há quem volte para contar. E há quem volte para fazer ainda mais.
A Mão de Celina

Esse é o primeiro livro que recebi da nossa editora parceira Os Dez Melhores. Confesso que não coloquei grandes expectativas e de certa forma não me decepcionei. Como leitura de entretenimento o livro é uma ótima pedida. O livro tem uma história morosa, o desenvolvimento lento e sendo sincera, a sinopse é bem mais emocionante que o desenrolar em si,  isso faz com que criemos certas expectativas sobre o enredo que não há, mas tirando isso tenho de dar a cara a tapa e confessar que quando Celina resolver dar o ar da graça ficava olhando para a os ambientes escuros meio com medo de ver alguma coisa e tal, mas essa esquentada na trama só ocorre nos últimos capítulos e já já vocês saberão o porque.

A Mão de Celina não é o primeiro livro do autor gaúcho Jeremias Soares, sua primeira publicação foi O Sobrado da Rua Velha e seu trabalho é voltado para o suspense e terror. Apesar de não ter me abalado na primeira metade do livro com nada que fosse realmente assustador, ele conseguiu me prender com os segredos de Jana e a relação de Edu e Celina. O livro é narrado por Edu, nosso protagonista, em um diário onde, ele consegue intercalar as histórias, a sua com Jana, a sua com Celina e seus próprios receios de forma que a trama vá se desenrolando. Outro ponto que achei positivo é o fato da história se desenrolar em território nacional

O livro começa de cara com Edu tentando o suicídio... sentindo que havia perdido cinco anos de sua vida sofrendo o luto por seu primeiro e grande amor, Celina. Ele é um personagem sem sal, o que deixa Jana e Celina como as reais cerejas do bolo. Edu conheceu Celina, quando ainda era um adolescente e o amor puro e verdadeiro que nutriam um pelo outro durou exatos quatro anos. Por volta dos vinte anos Celina é acometida por estranhas dores de cabeça e logo é diagnosticada com um tumor no cérebro que vai devorando sua vitalidade e seu otimismo aos poucos.

Jana entra na vida de Edu, resgatando-o do salto insano que ele pretendia fazer do prédio onde trabalham. É uma moça estranha, um tanto reservada que teve uma vida complicada e tem muitos segredos, porém seu resgate e o beijo que dá em Edu, faz com que ele volte a ver a vida com outros olhos. Apesar de Jana ser o oposto daquilo que Celina foi um dia, Edu vê nela sua chance de amar novamente e não vai descansar até conseguir ficar com ela, só que há um problema... O romance tinha tudo para dar certo caso Celina resolvesse assombrar aquela relação.

Inicialmente a alma de Celina tem ciumes de Jana faz algumas aparições e marca presença em determinados momentos para atrapalhar a relação, mas algumas coisas acontecem para que ela mude de ideia quanto a relação de Edu e Jana. Mas é quando o casal resolve marcar uma inesperada viagem para a Europa que Celina, realmente decide dar as caras e quase tira a vida de Jana, pondo um fim naquela estranha relação.

Edu entra então numa tremenda fossa, tanto ele quanto Jana sentem-se ressentidos pelas interferências de Celina, mas nenhum deles conhece o verdadeiro motivo para todas aquelas atividades paranormais vindas da ex fantasmagórica. Só no finalzinho mesmo é que vamos saber o que levou Celina 'Gasper' (alusão ao filme Gasparzinho para quem não conhece) virar Celina 'Malévola'.

Como já disse, a história só começa mesmo a dar uma maior vazão depois que o autor já contou a história de cada uma das personagens e só se torna realmente assustador mais pro final. Como estou acostumada a um tipo de suspense um pouco mais ágil, senti bem a diferença, mas nada disso tira o grande 'que' da trama que, acredito eu, tenha mais o intuito de nos mostrar a importância da superação pessoal do que realmente assustar. 

Para quem tem medo de livros de terror ou suspense, ou quer iniciar a leitura da temática, sem perder os cabelos da cabeça e o sono no meio da madrugada é uma boa pedida.  A leitura é rápida e de fácil entendimento, então acredito que o livro seja ideal para quem está começando a ler. O público infanto juvenil vai adorar uma coisa mais 'adulta' nessa pegada e aprender algumas coisas bem legais com as estórias de vida apresentadas a nós no decorrer da trama.

Espero que tenham gostado. Se você gostou do livro clique aqui e veja como adquirir o seu.
'A vida não conspira sempre a nosso favor. Precisamos competir com ela algumas vezes.' - fragmento de A Mão de Celina

Deixe um comentário