♥ The Innocente ♥ Ed: 01 - JBC
Ash J. Right é condenado à pena de morte injustamente e é executado em cadeira elétrica. No Céu, é recepcionado por Angel, anjo à serviço da “Commitê Angelical”, que diz ser possível a volta à vida se Ash cumprir com a missão de “servir” os humanos. A missão seria “servir” outras pessoas inocentes que estão no corredor da morte injustamente, como o próprio Ash, e as salvá-las da execução! Ainda balançado pelos sentimentos de quando estava vivo, começa a missão de Ash em busca da ressurreição…!
The Innocent

Comprei esse mangá por um motivo, eu queria muito ler um mangá, fazem uns cinco anos que não leio nem umzinho e estava sentindo falta. Milhares de mangás na banca eram continuações de algum outro e isso foi decepcionante, porém, escondido entre os hentais da vida com umas japinhas tão peitudas e magras que deviam andar curvadas por conta do tamanho das peitolas, achei The Innocent.

Achei o desfecho muito rápido, mas os desenhos são lindos, sim, lindíssimos (acho que foi por essa razão que comprei ele assim que pus os olhos). A gráfica pecou um pouco na montagem do exemplar, mas nada disso tirou o encanto da história. Não vou dar uma de muito entendedora, pois não sou, simplesmente leio, tenho meus títulos preferidos e termina aí.

A história deste mangá começa de cara com o Comitê Celestial dando a Angel a missão de resgatar Ash, um detetive que foi levado a cadeira elétrica injustamente. Como inocente ele tem o direito de purgar a alma dos pecados anteriores, salvando outro inocente da cadeira elétrica.

Angel tem de fazer com que ele cumpra sua missão, pois ela mesma precisa de um bom resultado nessa empreitada para reaver suas asas novamente, porém conseguir fazer com que Ash faça as coisas como devem ser feitas é quase impossível. 

Ash é diferente de todos, é egoísta, prepotente e tem uma sede de vingança imensa e poderá colocar tudo a perder para ambos e só resta a Angel ajudá-lo antes que ele destrua a própria existência sem ter mudado nada na vida do inocente que precisava da sua ajuda.

Eu me divertir em certas partes, realmente gostei muito da trama que foi bem inovadora para mim, uma pena ele ter terminado tão rápido, acho que eles poderiam ter trabalhando um pouquinho mais, mas ainda assim recomendo àqueles que querem uma boa distração.

4 Comentários

  1. Gosto de mangás, e achei esta capa muito bonita. Um comentário bem pertinente em relação as japinhas dos mangás... rsrsrsrs
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. "[...] escondido entre os hentais da vida com umas
    japinhas tão peitudas e magras que deviam andar
    curvadas por conta do tamanho das peitolas [...]".
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk rindo até agora rsrsrsrs

    Eu nunca comprei mangá e.e não vende aqui onde moro.
    Mas comecei a ler online "Blood Lad", já que vi
    o anime e gostei bastante.

    Gostei bastante da história, vou ver se acho online
    hehehe e indicar para um amigo que ama essas coisas.

    A capa é linda ^^

    Beijos
    Babih Hilla.

    ResponderExcluir
  3. HUUUUUUM, adoro anime, mangás *----* me chamou a atenção *-----* gostei gostei *----*

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkk... Ainda bem que vocês entenderam a piada com os Hentais...

    Também gosto mt Stella, pena que é dificil achar com uma história única... :/

    ResponderExcluir