Boa noite queridos!!

Essa semana está bem puxada para mim. Eu recebi esses últimos livros ontem, estou cheia de coisas para partilhar com vocês, porém só consegui vir hoje postá-los para vocês. É tanta coisa para eu resolver que estou meio perdida, ando sem tempo no trabalho e gosto de ler na hora do almoço, pois quando chego em casa, mal consigo manter os olhos abertos. Se não bastasse estou com problemas com meu chefe que esta querendo me trocar de função ou melhor atribuir bem mais coisas do que já faço normalmente e isso não vai me acarretar lucro nenhum, então estou tentando outro emprego. E um emprego nas proporções do meu acho difícil de achar, pois, apesar de não ganhar muito, trabalhar onde estou me dá uma certa liberdade de ir e vir que em uma empresa eu não terei, e isso pode mais uma vez atrasar minhas ideias de retornar a faculdade.

Algumas questões judiciais também tem tirado o meu sono e se não bastasse preciso tirar minha habilitação que tá sempre dando problema. Hoje já foi uma guerra, pois abri mão do meu processo de habilitação A (motocicleta) para poder conseguir fazer a de carro, que aliás só tem vaga em janeiro (estou tentando desde outubro e eles me enrolaram na de moto e já me arrancaram dinheiro suficiente nesse meu fracasso, que será agora deixado para depois). Meu período para tirar a habilitação está se esgotando e eu preciso resolver isso, sem ter de deixar de pagar as contas né? Por isso retirei a moto do meu processo e vou ficar só com o carro mesmo.

Para ajudar ainda mais, peguei uma tempestade ontem, e mesmo tomando todo o cuidado do mundo para não molhar meu exemplar de A Corte do Ar, ele acabou molhando um pouco na parte de baixo e manchando, nada que prejudique a leitura, mas foi algo que me cortou o coração, achei a capa dele a coisa mais perfeita do mundo, a menina dos meus olhos, meu queridinho... :'(

Sei que muitos de vocês nem vão ler isso, mas eu estava precisando desabafar. Pra vocês terem uma ideia de como ando na correria, que desde janeiro que não arrumo meu cabelo, não pinto, não corto... estou simplesmente um caco e com vergonha de mim mesma. Acho que a única coisa que tenho feito que me dá prazer ultimamente é ler e postar aqui para vocês, que realmente lêem o que eu escrevo. Sei que todos tem problemas, sei que existem pessoas com problemas maiores que os meus, porém eu só posso resolver os meus ou me preocupar com eles. Escrevi tudo isso não apenas como um desabafo, mas para que entendam qualquer tipo de atraso ou sumiço por aqui.

Enfim, para me alegrar um pouco esta postagem com livro novo.Esta é a minha última remessa desse mês e talvez do ano... realmente preciso comprar estantes novas e esse mês terei de abrir mão do único luxo que tenho que é comprar livros. Se sobrar algum trocado talvez eu vá no sebo, porém comprar livros nessa altura do campeonato são a última coisa que tenho pensado... rsrs...

Esses eu comprei na promoção da MODO, lembram? Aquela que eu indiquei aqui e tudo o mais? Então, eu cheguei na Josiana Veiga pelo Twitter, em um sorteio que ela estava fazendo, não me recordo ao certo, da primeira edição de A Insígnia de Claymor, não procurei por resenha nem nada, simplesmente fui me fiando no que ela mesma publicava nas redes e fui me interessando.

Quando enfim eu ia comprar, ela anunciou que publicaria pela MODO e que estava retirando o livro do Clube dos Autores, fiquei mortificada, mas resolvi esperar... de cara achei a nova edição lindíssima, e quando a MODO anunciou que para cada livro comprado eu poderia escolher outro da lista de graça, fiquei doida. Corri para comprar.

Eu também ainda não tinha uma parceria com a Adriana Vargas, porém sempre fiquei namorando os quotes que ela lançava no Facebook, então resolvi unir minha curiosidade com o agradável e selecionei os dois. Vozes do Silêncio foi uma escolha meio que pessoal, pois tenho sangue cigano correndo em minhas veias. Além de ter algumas coisas sobre magia cigana, que achei diferente, sem falar na capa linda e super minha cara ... rsrs...

Que as capas da MODO não lindas é um fato. Todas elas o são, porém nada me preparou para o belo trabalho de edição feito por eles. Todas as páginas em que se abre um novo capítulo há uma marca d'água relacionada a temática do livro (acho que dá para ver melhor os olhos da cigana em Vozes do Silêncio).

Estou simplesmente encantada com o trabalho de edição da editora e espero ficar ainda mais encantada com o conteúdo de ambos... Abrirei o ano com As Insígnias de Claymor, então fiquem de olho ;)


Peço que me desculpem o palavrório todo... rsrs... e espero vocês aqui nas resenha vindouras ;)

Beijos ~Raíssa

3 Comentários

  1. Eita.. imagina quando eu tirar a minha entao. Aqui na minha cidade estao a 4 meses sem liberar a habitação do povo.
    Achei essa capa meio estrainha



    xx

    ResponderExcluir
  2. Ganhei Vozes do Silêncio e não vejo a hora de dar uma folguinha para eu poder ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir