♥ Desejo Proibido ♥ Ed: 29 - Coleção Primeiros Sucessos - Harlequin

O passado finalmente os havia alcançado...

Diego Laremos jamais esquecera a última noite ao lado de sua esposa, Melissa, cinco anos atrás. Depois de uma forte discussão, ela resolvera abandoná-lo, com a esperança de se livrar de um casamento infeliz. Diego nunca conseguiu perdoá-la, embora se odiasse ainda mais por não tê-la tratado bem. Mas quando Melissa retorna, renova-se a esperança de um futuro juntos. Melissa também se arrependera de ter mentido para seu marido, e agora era hora de lhe revelar os fatos. Por isso tinha de provar-lhe que ela era o amor dele, sua enamorada, e esta verdade poderia libertá-los para amar outra vez...
Desejo Proibido

Se alguém me perguntar sobre qualquer livro da Diana Palmer, mesmo não tendo lido o livro em questão eu diria que é ótimo. Certa vez li que a relação leitor/autor em relação a Diana é de amor e ódio, mas acho que isso também vale para a Nora Roberts. Da mesma forma que não gosto do trabalho da Nora, tenho certeza de que muitos outros leitores, também não curtem o de Diana e é assim que as coisas são. É isso que faz do mundo interessante... as diferenças. A resenha de hoje com toda a certeza é para aqueles amam seu trabalho e consequentemente, para aqueles que não a conhecem terem uma ideia do trabalho da tia Didi. 

Uma característica de todos os livros de Diana são os mocinhos cabeça duras e suas ogrisses que tiram a todas nós do sério, porém Diana consegue dar aquele toque especial e você se vê presa a trama, amando e odiando os personagens, sofrendo com eles, sentindo com eles. Então se seu senso de feminismo é altíssimo sugiro, nunca pegar um livro dela (mesmo porque ler romances não é lá uma atitude muito feminista né?). Se não gosta de homens rudes, machistas, grosseiros e estúpidos não continue lendo minha resenha... Diana Palmer não é para você, tente em outra postagem.

Diego Laremos é como a maioria dos mocinhos de Diana, moreno, lindo, forte e sensual que te tira do sério com sua estupidez, mas que te faz revirar os olhos e suspirar sonhando com um homem como ele para si (sim, no fundo somos todas umas idiotas que querem dobrar o cara mais durão e provar do amor mais puro). Melissa, a mulher desamparada, apaixonada que em um momento de desespero toma uma atitude capaz de mudar a vida dos dois para sempre, apesar de tê-la achado uma monga no inicio do livro, a forma como ela amadurece e aprende a lidar com as situações é bem interessante.

Desejo Proibido é o terceiro livro da série Soldados da Fortuna que é composta pelos seguintes livros:
  1. Lobo Solitário;
  2. Uma Estranha ao meu Lado;
  3. Desejo Proibido;
  4. Aventura Ardente;
  5. Uma Mulher para Amar;
  6. O Último Mercenário;
O livro não tem muita ação, não tem uma trama rebuscada. Trata-se apenas das turbulências da relação de Diego e Melissa. Como se conheceram, como enfim se casaram e como enfim encontraram o amor verdadeiro nos braços um do outro. Apesar do enredo leve, eu simplesmente não consegui parar de ler e quando vi, já tinha terminado e eu me encontrava irremediavelmente APAIXONADA pelo livro.

O livro começa com o estranho reaparecimento de Melissa na vida de Diego. Cinco anos se passaram desde o dia em que sua esposa partira e da mesma forma que a vira da última vez a reencontrara... Melissa sofrera um acidente de avião e precisava da autorização de um parente próximo para uma cirurgia emergencial e pela certidão de casamento encontrada em suas coisas eles entraram em contato com Diego que voou sem demora para ajudá-la. Porém lidar com as duras lembranças do passado são muito difíceis para ele, assim como são para ela. E as coisas só pioram quando Diego se depara com Mat o filho de Melissa (se você achava ele um estúpido no inicio do livro, depois que ele encontra o menino então...)

Diego é quinze anos mais velho que Melissa, então passou a maior parte da vida vendo-a como uma menina deslumbrada e apaixonada por ele... apesar de gostar muito da companhia da jovem, sabia que tinha de mantê-la a distancia não apenas pelo crescente desejo que nutriam um pelo outro, mas também, por ela ser filha do casal que destruiu as chances de seu pai reerguer a fazenda.

Sentira-se traído ao ser pego em uma armadilha feita por sua jovem amante, quando enfim, em um dia de tempestade se rendeu aos encantos da bela e jovem moça de vinte anos se viu obrigado a desposá-la. Só que Melissa não tramou nada, queria se casar com ele, porém queria que ele se apaixonasse por ela também que a amasse, porém ele simplesmente achou que tudo fora tramado e não deixou que ela se explicasse.

Após o casamento ele a larga na finca aos cuidados da avó e da irmã que a maltratam, a ignoram e a tratam como se ela fosse a culpada por tudo... pelo amor dos pais e por aquele casamento forçado. Triste e deprimida ela começa a desconfiar que está gravida e acaba por se acidentar após a volta de Diego que lhe diz coisas horríveis. Desesperada para não perder o filho, Melissa toma uma atitude desesperada... foge.

Cinco anos depois ela está frente a frente com o seu passado e ainda teme contar a verdade e perder o filho, então ela mente sobre a identidade do pai do menino. Diego precisa aprender a confiar, baixar a guarda e se entregar ao amor que Melissa ainda sente por ele. E quando enfim ele dá chance para que ela se aproxime de seu coração, mais impressionado fica com os sentimentos que tem por ela e pelo filho que ele acredita ser de outro homem.

Melissa ainda se sente magoada com as coisas ditas por Diego na noite em que quase perdera o filho e ao descobrir que ele sabe sobre a paternidade teme que enfim lhe tire a criança. Porém ela precisa lutar pelo filho e pelo homem que ama... não pode passar a vida fugindo e não pretende fugir novamente. Com a ajuda da amiga, Joyce, elas decidem conquistar seus amores e vão a luta mesmo, sem saber que a única coisa que precisavam fazer era derreter o gelo do coração deles, pois o amor por elas já estava lá...

Diego e Melissa entram em um consenso, precisam destruir as barreiras do passado e aprender a conviver no presente e ambos estarão dispostos a isso. Pelo bem do filho que tinham e pelo amor que conheciam apenas nos braços um do outro.

Apesar de não ser um romance erótico, como o título indica, a estória dos dois é envolvente, os conflitos, os medos, tudo, você sente na pele. Diego e Melissa são guatemaltecos então temos ruínas maias e guerrilheiros no inicio do livro, tiroteios e uma entrega abandonada antes que tudo vire um pesadelo. Melissa sofre esses cinco anos, sozinha, sem dinheiro, batalhando para dar algo bom para o menino e quando Diego a encontra e vê a situação em que ela vivia por culpa dele, se sente culpado e começa a rever suas atitudes em relação a ela, apesar de todas as ogrisses ele consegue ser um fofo, dizendo coisas lindas que te faz suspirar o tempo todo.

Ambas as personagens amadurecem e você fica louco para saber como terminará esta relação que precisa tanto de confiança, amor, perdão, aceitação e etc. Achei o livro muito interessante e para quem quer uma leitura rápida e envolvente esta é uma ótima pedida.

 book cover of 

Enamoured

7 Comentários

  1. Gostei da premissa do livro, ainda que não tenha um atrama rebuscada ou cenas de ação, se a relação do casal é bem desenvolvida, vale ser lido. Quero ler, aliás, quero ler as suas indicações da "tia Didi" kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkk... eu acho que vc vai se apaixonar tanto quanto eu pelos livros dela... Tia Didi arrasa... Mal posso esperar por suas resenhas dos livros dela... kkkk

    ResponderExcluir
  3. Os livros dela são ótimos mesmo, minha tia que o diga rsrsrs
    Estou com um dela em casa, o tema é quase sempre mesmo...ela adora cowboys e o que tenho em casa é o Aprendendo Amar serie Homens dos Texas.


    bjs

    ResponderExcluir
  4. Ah! Esse eu tenho Roberto... não me recordo se li, é tanta coisa, mas que eu o tenho eu tenho... com certeza deve ser bom é sempre bom msm sendo sempre o mesmo tema... ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi raíssa, realmente estas nossas amadas autoras (Nora e Diana) tem uma relação de amor e ódio. Confesso que os primeiros livros das duas não caem nas minhas graças, mas em geral, eu as adoro!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Adoro livros bem românticos. Já li vários apaixonantes, que você vive cada linha junto com o personagem. Para mim, não precisa ter cenas fortes, apenas "o puro amor entre duas pessoas". E este livro ao que tudo indica é o meu estilo.

    ResponderExcluir
  7. Amo esses livros da Diana ela consegue envolver o leitor, e esses ogros são tão fofos amo todos, e procuro sempre encontrar livros dela, mais não tenho tanta sorte.

    ResponderExcluir