Boa tarde queridos!

Infelizmente as notícias não são boas...

Todos sabem que quando fui contatada pela responsável das edições da LeYa em Portugal fiquei extasiada. Nunca fui muito a favor das parcerias com Editoras, acho que isso nos deixa muito refém delas e acabamos de certa forma inibidos de falarmos a verdade sobre o que achamos de determinada leitura.
 
Mas por conta dos elogios e do oferecimento, vi nesse contato uma forma de poder me dedicar um pouco mais a vocês em relação aos sorteios, porque eles realmente pesam um bocado no meu orçamento. Tudo foi lindo no primeiro mês, chegou um livro como o prometido e claro, fiz a minha resenha, do jeito que sempre fiz, sem ficar puxando o saco da editora e tal.

Alguns dias depois, pouco antes de eu receber meu primeiro exemplar, recebi um e-mail informando que a editora não encaminharia mais os livros físicos aos blogueiros.

Acho que deixei claro que não leio em e-books, nem os forneço mais, pois por causa deles minhas vistas foram embora e cada vez que volto ao oftalmologista meu grau aumenta o que deixa minhas leituras mais lentas e mais cansativas, pois trabalho diariamente, oito horas do meu dia, diante de um computador com tela preta e letras mínimas.

Informei a editora que não poderia ler os e-books e me foi informado que um exemplar para sorteio poderia ser encaminhado. Então pensei que sendo assim poderia ler, resenhar e sortear para vocês. E por conta disso me animei novamente com a parceria.

Como o contato foi feito pela editora, não me foi enviado nenhum termo de parceria ou algo do tipo e acabei tendo a mais bela resposta de que eu teria de ter mais 4.000 seguidores no blog, para ter mais ‘privilégios’ com eles, que só poderia solicitar um exemplar por mês. Até aí tudo bem... é norma deles ok!

Então há dois dias recebi um e-mail me oferecendo o e-book de dois livros, que aliás me interessaram muito, mas como eu só poderia escolher um, informei qual era, solicitei o exemplar de sorteio e recebi uma resposta me dizendo que não me seria enviado o livro físico que se eu quisesse só o e-book.

Resumindo esse desabafo, eu recusei e decidi não pedir mais nada para eles e obviamente jogar as novidades deles na vala comum do blog, como faço quando tenho lançamentos de outras editoras. Nada mais de parceria, nada mais de perder tempo me dedicando em uma postagem bonitinha e coisa do tipo. Quando me forem enviadas, e se me forem enviadas novidades deles postarei nos lançamentos que monto todo mês, onde apresento diversas editoras juntas.

Acho legal me dedicar a uma empresa que está se dedicando a mim, mas não vou passar a mão por cima por causa de um exemplar de livro. Meu dinheiro é pouco, mas dá pra comprar um livro na livraria e uns outros tantos em um sebo.

Vou continuar tentando parcerias com outras editoras, então se você é de uma editora e está lendo isso, saiba que não vou aliviar em uma resenha por causa de um livro. Sou sincera em tudo que posto nesse blog. Tudo que foi resenhado por mim é o meu ponto de vista. Não estou a venda por um kit e/ou exemplar de livro, estou interessada em dar meu ponto de vista sobre o trabalho de vocês não de puxar seus sacos.

Então se buscam puxas sacos, não encontraram um aqui... Renovem suas parcerias com os puxa sacos de sempre e vendam mentiras!

Bons eram os tempos em que não existia isso, a qualidade dos blogs eram muito melhores, as resenhas muito melhores e verdadeiras. Hoje tudo é lindo... tudo é perfeito! E no mundo, nada é perfeito!

Infelizmente, essa é a noticia de hoje. Vou buscar afiliações com alguns sites nacionais, algumas parcerias com editoras que não tenham medo da verdade e tentar por o barco pra navegar.

Não quero que meu blog seja avaliado pelo número de seguidores, quero que seja avaliado pela qualidade do que escrevo, então não posso mudar isso. Espero que compreendam e aguardem!

Beijos

2 Comentários

  1. Olha também tive parceria com a Leya e fiquei decepcionada. Eu sempre quis ter parceria com a editora e no início desse ano consegui. Só deu tempo de solicitar dois livros até que a notícia chegou: a partir de agora só ebooks.
    Eu não achei justo porque se eles pretendiam fazer essa alteração antes de uma nova seleção que avisassem aos novos parceiros.
    Creio também que oferecer um livro é o mínimo que podem fazer pra que você dedique todo seu tempo em função da editora.
    Final das contas: cancelei a parceria.

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Nem precisa aquela coisa que a Novo Conceito e demais editoras fazem de enviar um pro blogueiro e outro pra sorteio, mas ao menos um livrinho pro blogue promover tanto editora quanto ele mesmo.
      Eu simplesmente desisti também!

      Excluir