♥ Armadilha para um Marquês ♥ - Ed: 139 
Bestse//er 
Nova Cultural 

Um coração de aço... Um toque de seda... 

Desde o momento em que Lucien Montaine, o marquês de Litchfield, encontra aquela jovem suja e maltrapilha, porém com o porte e os modos de uma rainha, escondida em sua carruagem, ele começa a lutar contra o desejo que ela lhe desperta. Embora cativado pela beleza, inteligência e coragem de Kathryn, ele se recusa a amar uma mulher que tentou enganá-lo...

(Os Melhores de 2009 - Revisado)

Depois que li Inocência Perdida, ficou meio que impossível não comprar tudo que encontrei pela frente dessa autora e ainda busco por mais livros dela. Sim, virei fanática dessa autora! Apesar da temática histórica regencial, Kat Martin consegue abordar a temática com personagens fortes e tratar do enredo com uma certa diferenciação que, não apenas te leva a ver o mundo de séculos atrás, mas também as injustiças da época.

Armadilha para um Marquês, é o segundo livro da série Litchfield que é composta por apenas ele e mais outro. Veja a ordem a seguir:
  • O Rapto de Velvet (CHE* - 337)
  • Armadilha para um Marquês

Em Inocência Perdida, Kat Martin trabalhou com maestria a temática de adoção e aqui, em Armadilha para um Marquês, ela trata de algo muito comum para a época, que é o fato das internações de pessoas sãs em hospícios.

Após fugir do hospício em que fora internada pelo tio, Kathryn se esconde em uma suntuosa carruagem em direção ao incerto. Ao ser descoberta adormecida na carruagem ela se vê frente a frente com Lucien Montaine, o marquês de Litchfield. 

Temendo ser devolvida ao hospício Kathryn esconde sua verdadeira identidade, mas ao ser descoberta descobre no marques um grande amigo. Seu tio está por perto e a única coisa que poderia mantê-la longe do hospital psiquiátrico seria um casamento com o marquês. Tramando ser pega com Lucien em situação comprometedora ela acaba atrapalhando ainda mais a vida do belo marquês, enfiando-o em seus problemas. 

Quando Kathryn força uma situação para obrigar o marquês a se casar com ela, Lucien fica ainda mais dividido entre o desejo e a decepção. Além do mais, ela insiste em se dedicar a uma atividade que ele não aprova, por se tratar de algo totalmente inadequado para uma dama. 

Será que aquela mulher tão meiga, e ao mesmo tempo tão determinada, conseguirá domar a fúria do marquês? Ou os encantos de Kathryn servirão apenas para fortalecer a decisão de Lucien de não se expor aos perigos de um coração apaixonado?

O enredo vai sendo levado dentro dessa temática, Lucien é um cara frio e distante, porém não aprova o que foi feito com Kathryn e decide ajudá-la. Por sua vez Kathryn teme voltar para o hospício e faz coisas sem pensar que acabam magoando Lucien e magoando a si mesma. Encontramos na trama, jogos de poder, dramas pessoais, uma pitada de comédia e claro... um delicioso romance. Eu pessoalmente adorei ter lido algo tão diferente nessa temática regencial em que os romances históricos normalmente vem regados.


♥ Legenda:
* Clássicos Históricos Especial

Deixe um comentário