(Esta postagem contém Spoiler's)
A Magia do AmuletoA Magia é algo que está na vida de todos nós, independente dos nossos credos ou religião. Ela existe e está a nossa volta.

Eu conheci a Cristina e a Márcia em 2009, não me recordo ao certo como chegamos a manter contato pelo Orkut, mas elas haviam acabado de lançar o seu pedacinho de Magia no mundo literário e me presentearam com um exemplar de seu primeiro filho de papel. Apesar das controvérsias da vida e das situações que aparecem nela nossa amizade continuou firme, mesmo que a distancia.

Nos reencontramos novamente no Facebook e recebi a bombástica noticia de que o livro já tinha uma segunda edição, por conta de problemas com a editora anterior...

Enfim, muitas outras novidades vieram a tona, da ultima vez que havíamos conversado, elas estavam trabalhando no segundo livro, sequencia de A Magia do Amuleto, só que agora com o retorno de nossos contatos fiquei fascinada em saber que a magia da Amazônia virá em forma de uma bela trilogia.



Adorei as notícias, adorei saber que o segundo romance sai agora em 2013, e adorei ainda mais saber que a  magia se tornou uma trilogia. 

Como estou repostando, algumas resenhas de 2009, decidi revisar a resenha que já fiz sobre o trabalho delas e brindar vocês com um pouco da Magia do Amuleto.

Logo no prólogo já derramei lágrimas, pois acredito que não há uma situação tão ruim quanto a de uma mãe vendo seu filho ser criado longe dela.

Confesso que comecei a ler meio ressabiada, já que não curto muito romances ambientados aqui pelas paragens do Brasil, mas que esse livro surpreendeu e eu não consegui mais largar... Diferente de muitos romances que já vi por aí, A Magia do Amuleto é um épico surpreendente.

A Magia do Amuleto, conta a estória de uma jovem índia, chamada Yana, que vive em uma tribo habitada por índias guerreiras, algo como as 'amazonas' da mitologia. Não é permitida a entrada de homens na ilha, eles só aparecem na tripo apenas para um ritual de procriação, não me recordo bem o nome que as autoras deram, e retornam nove meses depois apenas para buscar os rebentos do sexo masculino.

Rodrigo é capitão de um navio espanhol que singra as águas da Amazônia em busca das diversas riquezas das terras mágicas do Brasil. Seu navio naufraga e ele é resgatado, junto com seus homens, pelas índias da tribo de Yana.

A jovem índia já havia tido visões sobre o surgimento de um bravo guerreiro de cabelos claros em seu tribo e quando o vê ela sabe que seu destino está traçado. Ela tem suas obrigações, como filha da líder da tribo, ela tem de assumir seu posto como a nova sacerdotiza e se entregar ao homem escolhido por sua mãe na noite do ritual para selar a paz entre as duas tribos.

Seus cuidados para com Rodrigo, viram mais do que simples cuidados. Há magia entre eles... há algo diferente... forte que os une.

Uma única noite mágica, uma única noite amor, onde Yana e Rodrigo burlam as normas do ritual, eles descobrem nos braços um do outro algo além do físico, algo além do que eles imaginavam sentir.

Eles se amam... foram marcados pelo destino. Rodrigo quer levar Yana consigo, mas ela fica dividida entre seu amor por ele e suas responsabilidades como nova líder.

Eu falaria muito mais sobre o livro, mas acredito que já tenha dado spoiler's suficientes. Peço apenas que não venha reclamar dos meus spoiler's, foi avisado que eles existiriam...
Ganhei o meu belo exemplar das autoras, e posso dizer que tenho em mãos uma primeira edição autografada. Babem! ;)


A Magia do Amuleto 

Na Amazônia no séc. XVII, uma aldeia constituída por mulheres é invadida por conquistadores espanhóis. Aprisionados, eles vêem seu destino entrelaçado ao das guerreiras. Com a liberdade, seus antigos valores serão questionados, e suas vidas sofrerão uma profunda mudança. O tempo passará... Batalhas serão travadas, a morte se espalhará, culturas desaparecerão. Mas o caminho da devastação perderá o sentido para quem se deixar envolver pela Magia do Amuleto.

♥ Você pode adquirir o seu exemplar à 15,00 no PagSeguro: AQUI
♥  Leia fragmentos do livro: AQUI

2 Comentários

  1. Como posso não me emocionar cada vez que leio suas palavras de incentivo ao nosso primeiro trabalho no gênero romântico? Fomos agraciadas por termos encontrado pessoas tão especiais ao longo do nosso caminho na escrita,assim como vc!!!Raíssa obrigada por acreditar em nossa Magia, pois só assim ela se torna possível...Bjs no teu core encantado!

    ResponderExcluir
  2. Raíssa, obrigada por todo esse apoio, pessoas como vc nos fazem acreditar...
    bjsss, Márcia

    ResponderExcluir