Série Lobas Selvagens - Conto UM
 (...) no momento seguinte, seus lábios tocaram os dela. e tudo se fez perfeito e foi pura magia. com o coração acelerado e a necessidade de possuí-la em todos os sentidos que um homem pode possuir uma mulher... 
Respeite a Lei:
LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. 
(Clique no Link e Conheça a Lei dos Direitos Autorais)

♥ ♥ ♥

Dale, Richard não se afastava de Alexis, demonstrando a todos que ela era SUA escolhida, e, portanto, os outro cavalheiros que fossem procurar outa lady para cobrir de atenções. Dançaram várias vezes e depois ele levou sua preciosa dama para beber alguma coisa. Minutod depois precisou se ausentar,pois o anfitrião, o conde de Dale, requisitava sua imediatas presença.

_ Apreciando a noite lady Alexis? Era Edillainne Ravenspur, condessa de Dale.

_ Ah, sim milady, muito.

_ Por favor querida, me chame de Èdilla. Afinal, creio que seremos parentes.

_ Parentes?

_ Pelo andar da carruagem, creio que Richard irá pedir sua mão. E nós somos primos, ele não lhe falou?

_ Creio que não tivemos tempo para conversar.

_ Ah sim, é o Mike,sabe?! Ele conversa demais, kkkk, ainda bem que sabe as horas certas em que as palavras são supérfulas, kkkkkkk, Oh querida, perdoe minha franqueza e familiaridade, mas é que sinto como se a conhecesse desde sempre, só de olhar pra você. Seremos grande s amigas, como irmãs. _ Mas, voltando ao assunto, o Richard ainda não pediu sua mão?

_ Ainda não milady, e, sendo franca ,se, e quando ele pedir, eu entrego a mão, os braços, e por ai vai.

_ KKKKKKKKKK você é divina menina! Agora entendi o porque o cativou. Richard sempre foi um menino muito solitário. O pai só o via como O HERDEIRO. Ele cresceu carente de alegria e leveza em sua vida,e você proporciona exatamente isso a ele. O brigada querida, por fazer meu primo feliz._ falou a condessa de Dale dando um efusivo abraço em, nessas alturas, nossa totalmente desconcertada lady.

Retornando de sua conversa com o conde, lorde Delicious convidou Alexis para um passeio pelos jardins.

_ Parece-me que estamos sempre as voltas em algum jardim não?

_ Será? - Alexis riu.

Adorava a excessiva preocupação de lorde Delicious. Ele era muito fofo mesmo. Caminharam um pouco mais e quando sentiu que estavam protegidos pelas sombras, Richard estendeu a mão para acariciar os cabelos de Alexis. ela o fascinava. Então, puxou-a para si. Um pouco mais perto, e ainda mais e mesmo assim não era o suficiente.... no momento seguinte, seus lábios tocaram os dela. e tudo se fez perfito e foi pura magia. com o coração acelerado e a necessidade de possuí-la em todos os sentidos que um homem pode possuir uma mulher.

Delicious só conseguia sentir.

 _ Oh Alexis _ ele sussurrou movendo os lábios sobre o rosto dela e sua delicada orelha _ Eu quero... Ah, como eu quero...

_ Richard, cale-se e me beije! - Alexis estava perdida naquele mar de inusitadas sensações, e ela sentia-se derreter, como manteiga ao sol.

_ Adoro seu gosto, seu cheiro...

_ Você me enlouquece Alexis, sinto-me enfeitiçado!

A respiração quente de Richard dava arrepios na espinha de Alexis. Ela arregalou os olhos quando ele a puxou para mais perto com uma das mãos, enquanto a outra subia até o decote de seu vestido, deslizando pela pele suave de seu braço, até que seus dedos chegaram ao ponto em que seu coração batia forte contra o peito.

Um último resquício de consciência, trouxe Richard de volta a realidade.

_ Oh meu Deus Alexis, isso quase saiu de controle.

Ela pestanejou.

_ Verdade? - apesar do tom suave, Richard notou a confusão em seu olhar.

_ Querida, não podemos continuar com isto. Por Deus, Alexis, eu a quero. Quero muito, mas não sou um selvagem! Nem pretendo arruinar sua reputação. Acho que devemos voltar. Já devem ter notado nossa ausência.

Apesar da confusão, Alexis não pôde deixar de sorrir.

_ Oh querido, você é um tesouro!

_ Não minha preciosa; você que é um tesouro. E eu tive a felicidade de encontrá-la. E agora que a encontrei, nada nem ninguém a tirará de mim!

Alexis deixou-se conduzir de volta ao salão pensando no significado daquelas palavras. Adorava os beijos de Richard e a sua companhia. Queria estar sempre com ele, perto dele, saber de sua rotina. E odiava todas aquelas ladies empoadas que tentavam atrair a sua atenção. Era tão possessiva quanto ele, que espantava todos os homens que se aproximavam dela.

Corou ao lembrar dos momentos de paixão nos braços de seu delicioso lorde. Era sempre a mesma coisa: bastava eles se encontrarem e aquela tensão pairava no ar; bastava um toque para aquela lava incandescente vir á tona.

♥ ♥ ♥

Naquela noite mal pôde dormir, pensando em Richard, e não foi nenhuma surpresa quando ele apareceu para visitá-la.

Richard também não tinha conseguido dormir, pensando na audaciosa lady que se apoderou de seus pensamentos e de seu coração. E decidiu que iria desposá-la.

Sempre se imaginou preso em um casamento de conveniências, onde sua futura marquesa apenas suportaria cumprir com seus deveres conjugais. Todas as ladies que conhecia eram tolas demais, maçantes demais. Mas, lady Alexis era diferente. Ela era como um cálido raio de sol após um longo inverno. Ele apreciava sua companhia, adorava seu sorriso fácil, sua sagacidade e senso de humor. Vibrava de excitação quando sabia que ela estava por perto.

Não poderia deixá-la escapar! Ainda mais, depois de descobrir todo aquele fogo que compartilhavam . Era um afortunado!

Sorrindo, Richard aproximou-se de onde ela estava lendo, tão encantadora, como uma fada num lindo dia de sol.

_ Olá, minha preciosa!

_ Richard, que bom que revê-lo. Estava com saudades.

_ Eu também querida. Como passou a noite?

_ Oh Richard, você é diabólico! Não acredito que me perguntou isso! Não depois do que houve ontem!

_ Não se ofenda meu coração. Mas, deixemos esse assunto para depois. Preciso conversar com você.

Tentando esconder a preocupação que sentia diante daquelas palavras e expressão grave de Richard, ela simplesmente responde:

_ Sim? È algo urgente?

_Sim. Alexis, quero que saiba que você é muito espacial para mim.

_Oh, não estou gostando nada disso.

_Calma querida. Deixe-me terminar, sim?! Durante toda a minha vida esperei ter um casamento insípido, com uma mulher fútil, sem nenhum calor ou paixão. Então, encontrei você, uma jóia de brilho raro nesse mundo obsoleto, que trouxe alegria á minha existência. Você iluminou a minha vida, a minha alma.

_ Richard, o que está acontecendo?

_ O que está acontecendo, minha audaciosa lady, é que quero te fazer uma pergunta...

_ Oh meu Deus....

_ Alexis, minha preciosa, você quer se casar comigo?

 _ Oh, meu delicioso lorde!Sim, SIMSIMSIMSIM! Pra você minha resposta é sim, sempre! Sempre e pra sempre! 

E selaram aquele momento com um beijo terno. Mas como juntar fogo e pólvora e não esperar explosão? E instantes depois, em um gesto ágil, Richard a puxou com força. Antes que pudesse protestar, ele a beijou com volúpia. 

 Desprovido de qualquer pensamento lógico, Richard apenas sentia, e , enquanto aprofundava o beijo, a inclinava para trás. Com um gemido ele a apertou contra si. 

Se ser beijada por lorde Delicious significava se queimar, Alexis decidiu que receberia de bom grado o fogo! Oh, que fogo! 

Quando começou a beijá-la no pescoço, Alexis percebeu o calor súbito que sentia em seu âmago e o puxou pelos cabelos. 

_ Pare Richard! Alguém pode nos ver! 

_ Então me solte! - relutante, Alexis se afastou. Ficaram um longo tempo imóveis, entreolhando-se sem nada dizer. Richard levantou-se e ajeitou as roupas. 

_Não consigo entender o que você faz comigo._ admitiu ela. 

_ È que sentes tanta paixão por mim, como eu sinto por ti minha preciosa._ disse ele com a voz rouca e suave. _ Agora é melhor eu ir embora. Até amanhã Alexis. 

Incapaz de se sustentar nas pernas, Alexis se largou na poltrona. Ela estava tão tentada a deixá-lo continuar... mais que tudo, queria sentir aquelas mãos grandes, quentes e fortes em sua pele nua. 

"Oh Ceús, perdi a razão", pensou Alexis, momentos depois, "como pude permitir aquela cena em plena sala de visitas? E se chegasse alguém?"

Mas quando estava com lorde Delicious ela não pensava. Apenas sentia uma tentadora vontade de ser imprudente... 


♥ ♥ ♥

Mais tarde chegaram as amigas de Alexis e encontraram a amiga radiante exibindo o anel de noivado. Dannielle logo disparou: 

_Oh meu Deus! Eu sabia! Todo aquele estudo de idiomas só podia dar nisso! Posso ser sua dama de honra? 

_ Uma marquesa! Terei uma amiga marquesa! E aparentada com condessa de Dale!Ai, acho que vou desmaiar! È muita emoção! _ disse Francinne batendo palmas. _ Estou muito feliz por você Lex. Mas é uma pena... perdi a chance de me divertir na Deliciouslândia! kkkkk 

_ E pra quando é o casamento? Ele tem irmãos solteiros? Me apresenta a um deles ? _ disparou Isabelle. 

_ Ai meu Deus! Instaurou-se o caos! _ racionalizou Denni. _ Meninas comportem-se! Deixem de agonia! 

_ Céus! A Izidora! Precisamos escrever e comunicar. Oh meus sais! Como ela pôde viajar num momento desses? 

_ Francinne, a Izidora viajou há 3 meses. Nada estava acontecendo! - explicou Alexis. 

_ Sim, ela está é de esbaldando na França_ disse Mandy 

_ Oui mademoiselles_ veio uma voz da porta. 

_ Izi!!!!!!!!! gritaram todas e esquecendo que damas bem nascidas não corriam nem gritavam, fizeram isso e abraçaram a amiga que acabava de chegar. E foi um mar de tecidos, risos, abraços. Depois de se acomodarem, passaram a conversar. 

_ Izi, conte-nos as novidades_ pediu Mandy 

_ Meninas, a França é esplêndida! Eu A-D-O-R-E-I! 

_ Queremos saber dos cavalheiros. Como são? Anatomicamente falando, é claro. 

_Oh, Dannielle, você inda será a causa de minha morte! 

_ Imagine!Só estava querendo esclarecer uma dúvida. Outro dia li um livro da biblioteca do meu pai, que expressava a teoria de que os franceses vivem mais e.... 

_ Sim chérie tente me enganar, mas saiba que não conseguirá. Você com essa compulsão pelas Ciências Naturais... Oui chérie.. eles são ótimos! E quando eu digo ótimos é porque são de fato.. 

_ Divertiu-se a valer, hein danada??! 

_ Nem me fale Isabelle querida... Já pensou? Eu, lady Izidora de Somerhalder em Paris, e não me esbaldar? Hahahaha ... Aproveitei muito... O Thierry que o diga.. 

_ Quem é Thierry? - indagou Alexis, curiosa. 

_ Ah chérie isso é assunto pra outra oportunidade. Agora diga-me... que história de casamento é essa que ouvi quando fui chegando? 

_ Izi, a Lex vai se casar com lorde Delicious! - comunicou Francinne. 

_ Delicious é? - maliciou Izidora 

_ Delicious em tudo mesmo! kkkk Quando conhecê-lo você vai ver. Aqueles olhos.. aquela boca.. aqueles ombros.. 

_ Hum-hum_Alexis interrompeu os devaneios de Mandy.

_ Mandy querida, acho que você está se empolgando demais com meu noivo, não? - reclamou nossa possessiva e assanhada lady. 

_ Ah, amiga, você já fisgou o delicioso, quero dizer, o marquês. Deixa pelo menos a gente admirar! _ suplicou Mandy. 

_ Admirar é? Sei! falou a desconfiada noiva. 

_ Juramos, não é meninas? convocou Denni. Apenas admiraremos. 

_ Verdade Lex, a gente não tira nenhuma lasquinha _ emendou Francinne. 

_ Até porque sabemos que ele é SEU, SEU, SEU, SEU e só SEU. _ completou Isabelle 

_ Ainda bem que todas sabem disso. Vou pensar no caso de vocês. 

_ E então, quando será o anúncio do noivado? - indagou Izidora. 

_ Semana que vem no baile dos Alvord. 

_ Oh, lorde Alvord é um sonho! - exclamou Francinne. 

_ Fico imaginando como não será o recheio..._ disparou Dannielle, e antes do protesto de suas amigas, apressou-se em explicar_ de um sonho de mashmallows amigas. 

_ Sonho de mashmallows... acho que nunca soube da existência desse tipo de sonho. 

_ Ah, é que eu estava pensando... 

_ Você sempre está pensando Dannielle._ rebateu Isabelle 

_ Mas é que eu pensei em me especializar em química, sabe.... mistura perfeita de substâncias... As outras se entreolharam e cairam na risada.

Conto de:
Continua...
Postado por:

Deixe um comentário