Um Homem Sem Raízes - Ed: 149
Clássicos Históricos Especial
Nova Cultural

Avalanche, Território do Arizona, 1887.

CONSELHO DO LIVRO DE COMPORTAMENTO DA SRTA. JULIA

"Uma dama não deve, jamais, entregar seu coração a um homem sem raízes!"

Professora de decoro, Julia Bennett escreveu um livro sobre etiqueta. Na verdade foram três volumes! Então, por que a chegada de Graham Corley, aventureiro inconsequente, provocou nela idéias definitivamente impróprias?...

Caçador de recompensas, andarilho, vagabundo... e, agora, noivo contratado pela mulher mais tentadora do território! Ora, Graham Corley tinha uma vida interessante, e ser sócio de Julia Bennett em seu plano ultrajante para garantir sua herança tornava-a ainda mais fascinante! Talvez o bastante para fazer aquele viajante sonhar com o proprio lar!...

PALAVRA DE VICIADA:

Sinceramente, só comprei por que já tenho outros dois livros dessa autora e sou simplesmente apaixonada por eles, apesar de serem contemporaneos... Como nunca havia visto nada dela com conteudo histórico fiquei louca, mas se eu estava esperando coisas como os outros estava redondamente enganada. O livro é bom, me emocionou e tenho de concordar que me arrancou grandes risadas, mas o final... ah! O final! Foi ridiculo!!! Eu recomendo o livro, mas o final... já tá avisada(o)!

O QUE ROLA:

Julia é uma moça muito inteligente e viver em uma cidade pacata, onde ter um QI elevado é sinal de estranheza, não é seu maior sonho. Com o sucesso de seus livros de etiqueta, ela recebe o convite de se tornar colunista de moda em um jornal muito famoso em Nova Iorque, só que para ir ela tem de se casar ou nada feito... Então quando o caçador de recompensas Graham Corley aparece na cidade ela tem uma brilhante ideia: contratá-lo para ser seu noivo durante o periodo de um mês, com casamento de faxada após a confirmação com Nova Iorque e uma anulação claro. Só que ela não esperava encontrar um homem tão atraente e capaz de faze-la esquecer todas as regras morais e de etiqueta...
Graham já estava cansado da vida que levava. Nunca havia tido um lar ou uma família. Não que lhe fizesse falta, mas ele queria sossegar um pouco de sua vida andarilha... e quando a bela Julia Bennett lhe proponhe um noivado de mentira ele decide aceitar em troca de aulas de alfabetização e, claro, para aprender a maneira correta de cortejar uma verdadeira dama.
Seus problemas se unem e seus passados se entrelaçam, E enquanto o relacionamento progride fica cada vez mais dificil para os dois aceitar o que está acontecendo... Julia se culpa por estar prendendo um homem sem raízes ao seu lado e, Graham, se sente mal por não ter nada além dele mesmo para fazer daquele noivado algo verdadeiro.

Um Comentário

  1. http://arismeire.blogspot.com/2011/01/selinho.html
    Passa lá e pega o selinho que coloquei para você :-)

    ResponderExcluir