ED. 335
Clássicos Históricos – Romances do século XIX
Nova Cultural


Inglaterra, 1821.

Um príncipe encantado na vida real!

Regina Bradford tem um único e secreto prazer na vida: escrever histórias de amor nas quais seus sonhos românticos se tornam realidade. Regina logo cativa o príncipe Viktor Kazanov, que assim como ela, também vive preso a um casamento infeliz.
Quando o príncipe é acusado da morte da esposa, encontrada em situação comprometedora com o marido de Regina, esta testemunha a favor dele, na corte, declarando que o réu não pode ser culpado... pois estava com ela noite do crime!
A partir desse instante tem inicio uma aventura que mudara para sempre o futuro dos dois. Ao mesmo tempo que Regina é ameaçada por um perigo invisível, Viktor não pode deixar de escapar a oportunidade de sua vida e criar um final perfeito para aquela historia de amor!

PALAVRA DE VICIADA...

Quer o casamento mais mal fadado que o desses dois? Não existe e se existe minha nossa! Deve ser um inferno! O livro é muito bom... Como sempre a Patrícia Grasso envolvendo as leitoras em um romance sensual e romântico.

O QUE ROLA:

O maior sonho de Regina é ser escritora, mas seu marido não apóia em nada seu sonho. Regina não ama o marido, pois fora vendida pelo pai ao homem em troca do titulo de nobreza e em troca seu marido teve as dívidas pagas. Como não o amava dava graças a Deus que ele tivesse muitas amantes, só assim ele não a procurava no leito nupcial, mas a um pedido dele ela vai passar o final de semana com ele em um castelo no interior com outros lordes e Regina sabe muito bem que ele não fora convidado por ser bem quisto pelos nobres e sim por que sua amante havia interferido a seu favor. Por isso Regina reluta em ir. Não quer ser humilhada na frente de todos aqueles nobre, mas um golpe do destino a coloca frente a frente com Viktor Kazanov o marido da amante de seu irmão.
De uma janela da biblioteca em meio a uma reunião de negocio com os irmãos e os sócios Viktor fica encantado com a bela ruiva ao lado de Samantha, sua cunhada, no jardim. Ele precisa conhecê-la, mas como? Apenas Rudolf poderia apresentá-los. Mas ao descobrir de quem se tratava logo fica fascinado com a mulher forte e decidida que vive um casamento de conveniência como o dele. Logo ele se vê cortejando aquela bela ruiva. Que mesmo encantada com o homem a sua frente reluta em pagar na mesma moeda as traições do marido.
Sabendo da descendência de Regina e o temor de ficar mais mal falada do que já estava, Viktor decide não pressiona-la.
Mas uma trama do destino os põe na bancada do tribunal... O marido de Regina e a esposa de Viktor, são encontrados mortos e o principal suspeito é Viktor. Só que Regina seria capaz de dizer qualquer coisa para salvar o príncipe até inventar que haviam passado a noite juntos, na verdade não era mentira, eles só não haviam dormido no mesmo quarto como iria dizer diante do jure e de Londres...
Enquanto vai escrevendo seu livro as coisas nele escritas vão acontecendo. E como uma reviravolta ela se torna a acusada de outros crimes que foram acontecendo. Seria Viktor capaz de abandoná-la naquele momento? logo agora que se descobrira apaixonada por ele? Seriam as palavras de amor de Viktor verdadeiras? Teria tudo com o que viveram juntos valido nada para ele? Seria ela acusada por um crime que nunca cometeu por seu álibi se omitir?

Bem, resumindo o livro tem mistério, suspense e é claro ROMANCE.

APROVADISSIMO e RECOMENDADISSIMO.






Deixe um comentário