ED. 397
Clássicos Históricos
Nova Cultural


2º Livro – Irmãs Royle

Londres, 1815

Ela pensou que ele estivesse sozinho.

A última coisa que o conde MacLaren deseja é uma esposa. Por isso, ao acordar e descobrir uma beldade de cabelos loiros deitada em sua cama, ele se comporta como qualquer outro homem faria, aproveitando-se da deliciosa situação. Então sua família irrompe quarto adentro, e a atrevida jovem anuncia que é sua prometida. E Maclaren se vê prestes a ser fisgado para sempre! A tímida e recatada Anne Royle nunca fez algo tão insano em toda sua vida. Ela entrou no quarto do conde, não com o intuito de seduzi-lo, e sim de encontrar um documento que poderia revelar a verdade sobre sua descendência. Agora, porém, seu mundo virou de pernas para o ar, e ao mesmo tempo que entra em pânico só de pensar na noite de núpcias, Anne se vê ansiando por esse momento, de uma maneira que nunca imaginou ser possível...

PALAVRA DE VICIADA...

Esse foi uma indicação de Sirlene e quando vi no sebo aqui da minha cidade tive de comprar para ler e não me arrependi. Pois, o livro, alem de uma trama deliciosa a comedia é sensacional. E claro depois que eu li corri logo para comprar o primeiro que é ainda mais legal.

O QUE ROLA:

Anne é a gêmea do meio e por não ser tão bela quanto as outras irmãs ela tem um fator ao seu favor... a invisibilidade, mas não por ela ser invisível, mas por ela conseguir passar despercebida em meio as pessoas. Ela é capaz de retirar um copo da mão da pessoa que o segura sem ser vista. E como o plano das irmãs em descobrir a verdadeira identidade dos pais ela é escolhida para entrar no quarto do conde MacLaren e encontrar as famosas cartas que o príncipe de Gales, o suposto pai delas, havia escrito para a amante, a suposta mãe delas.
Só que Anne não passou assim tão despercebida no baile do conde MacLaren, pois o próprio conde a viu demonstrar suas façanhas para as irmãs e para piorar quando acha que ele não a está mais vigiando ela sobe para o quarto dele... Só que ela não estava sozinha como pensara e ao se ver nos braços do belo conde ébrio não esperava que todas as damas que estavam no baile a pegasse nos braços dele e pior ainda na cama dele... E sem outra alternativa MacLaren a pede em casamento... e em meio as investigações e intrigas que ligam o passado das três jovens um forte desejo une os dois e um amor ainda mais forte os une para sempre... E o amor seria duradouro se não fossem as evidencias de que as irmã Royle realmente sejam as filhas bastardas do regente e que forças reais estivessem a espreita para impedir aquela perigosa descoberta...

RECOMENDADISSIMO!!!




Deixe um comentário